Pular para o conteúdo principal

MENSAGEM NATALINA - 1


Salve Deus!

Meus irmãos, nesta data em que a sociedade através de alguns de seus representantes religiosos escolheram para celebrar o nascimento de Cristo a psicosfera da terra adquire um outra tonalidade, quando irmãos se cumprimentam e se vêem como emanações de amor de Deus Pai-todo-poderoso, através daquele que se reduziu de sua majestade para nos ensinar o caminhar.

O maior presente é tê-los aqui, a vibrar, a brilhar; assim como os três Reis Magos de Luz que atravessaram o deserto, naquela era de medo e escuridão, para saudar a presença do Divino e Amado Mestre Jesus, sabendo eles que Este seria o brilho constante no coração daqueles que enxergam através dos olhos da simplicidade e do perdão.

As luzes que ora vos chegam são remanescentes de Tua própria claridade. O ouro, um presente tão lembrado, foi apenas em pequena quantidade, a representar o Sol e a Luz daquele que vos rege, e a sua importância cósmica não permitira grandezas de valor material. Tão desprendidas, Senhor! Foram tuas obras; éramos apenas andantes e nos tornastes em caminheiros, assim como Tu! Não ensinastes nada aquém do amor, e tuas dores foram a redenção do Espírito!

Pouco temos a buscar, pois o encontro de nossas almas edifica a coragem dos que já foram guerreiros, conquistadores, imperadores, para transformar todo um reinado de expansão física em um único objetivo: o nascimento de Cristo dentro de cada um! Este é o retorno que não há dia nem lugar, apenas a bem-aventurança dos que não mergulham nos egos transitórios e não precisam mais do combate que não seja à sua própria imperfeição.

Jesus, tu que permitistes amar e ensinar, mesmo que muitos já não podem mais te enxergar, somos vossos fiéis representantes, faça-nos merecedores de tocarmos em tuas sandálias!

Nesta época de festas, troque o verdadeiro presente com seu irmão, permitindo-se ver através dele; que suas falhas, suas dúvidas e incompreensões sejam a fortificação da tolerância e compaixão; nem mesmo o mais forte aço poderemos levar conosco, ele também se reduzirá ao mínimo para fazer parte do todo. Benditos sejam os teus frutos da sabedoria, em haver transitado pelo bem e pelo mal sem ter a necessidade de julgar-se conhecedor absoluto da vida!

Trago-vos o incenso e juntamente minhas orações para que neste Natal continuem a receber o Cristo em suas forças, e Ele estará presente toda vez que suas palavras se fizerem em verbo por nós. Salve Deus!

Mestre Lua Mago
Anderson Augusto

MAIS ACESSADAS

SERÁ CULPA DA ESPIRITUALIDADE?

Quem manda sou eu?

Negócio na Internet funciona???

Recordando