O Iniciado que deixa a Doutrina...

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014


Meus irmãos e irmãs, Salve Deus!

Nestes últimos meses tenho publicado diversos trechos de Mensagens de Pai Seta Branca. Ao mesmo tempo tenho procurado ouvir gravações de Tia Neiva que não foram editadas em forma de “cartas”.

Nestas lembranças o mais forte é sempre o sentimento de “mãe” que impera, sempre que escuto sua voz gravada. No meio das reuniões, ela para, cumprimenta um médium que chega atrasado, preocupa-se com outro se tomou seus medicamentos, brinca com algum, chama à razão outro... Enfim, fica claríssimo seu sentimento de mãe, onde ela, em meio a uma mensagem espiritual, deseja abraçar a cada um dos presentes e distribuir seu imenso amor!

Ter um filho ingrato é mais doloroso que a mordida de uma serpente!”. Esta frase de Shakespeare, nunca foi repetida por ela, mas acredito que assim ela sente quando um filho, que ela acolheu sob a égide dos nossos mistérios da Iniciação Dharma Oxinto, a mesma de Nosso Senhor Jesus Cristo, abandona a Doutrina pela falta de suporte doutrinário. Abandona por incompatibilidade com seus irmãos. Abandona porque não entendeu sua missão dentro do Vale.

Não falo daqueles que “passam” pela Doutrina... Daqueles que iniciam suas aulas, por vezes emplacam e trabalham um tempo e, depois de manipulada a energia que necessitavam para sua evolução, partem para seguir suas vidas, curados espiritualmente.

Falo daqueles que penetram nos Mistérios da Iniciação. Que fazem seus Juramentos e assumem um compromisso perante Nosso Senhor Jesus Cristo.

Não podemos jamais permitir que se banalize a Iniciação! O médium deve estar preparado para dar este passo! Uma Iniciação fica marcada em nosso plexo por 10.000 anos, não foi assim que aprendemos?

Vamos dividir nossos conhecimentos! Informar, ensinar, passar a experiência vivida! Não precisamos de fariseus doutores da lei... Precisamos de missionários desprendidos que compartilhem o conhecimento e auxiliem aos aspirantes a compreender a simplicidade da essência da Doutrina: Amor, Humildade e Tolerância!

A Iniciação tem um Mantra Sagrado que revela toda a verdade da vida a ser assimilada! Nestas simples palavras, que temos o compromisso de repetir nos três horários Iniciáticos, está toda a sabedoria a ser vivenciada neste plano físico!

Mas por que um Iniciado deixa a Doutrina?

Estaríamos perdendo a magia consagrada que Tia Neiva nos deixou? Estaríamos tão envolvidos em disputas de poder temporal que envenenamos a pureza do iniciante sincero em suas intenções de servir?

Como Filho Adotivo de Koatay 108 não posso admitir estas perguntas!!!

A Doutrina do Amanhecer segue encaminhando milhares, milhões de espíritos. A simples presença de um par, Doutrinador e Apará, já permite a realização de trabalho de valor incalculável. Pode salvar uma vida! Pode resgatar um espírito há séculos acrisolado no etérico terrestre.

A grande nave da Doutrina do Amanhecer segue seu curso e continua cumprindo a jornada de encaminhar, doutrinar e emanar!

Vocês podem dizer que não podem alienar-se... Salve Deus! Nunca nos alienamos, apenas compreendemos que devemos mergulhar na Individualidade e nela não existem os problemas deste plano. Somos espíritos experientes, com toda uma consciência transcendental a ser despertada e que nos trará a compreensão do Juramento a ser respeitado.

Mestre, eu não suporto nem olhar para determinado Mestre ou Ninfa, saio de sintonia até em ouvir o nome dele”...

Salve Deus! Jesus nos disse:

Perdoa o teu irmão não só sete vezes, e sim setenta vezes sete”.


Kazagrande

Mensagem de Pai Seta Branca – 23

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014


Meus filhos, eu só peço que cada um, dentro de vossas Individualidades, busque o equilíbrio de vossas mentes e a harmonia de vossos corações.

Meu filho Jaguar, leve a vossa missão aos quatro cantos deste planeta, aos aflitos e desesperados e àqueles que se encontram neste plano sem nenhuma esperança.

Esta é uma das missões mais bonitas que já se teve neste plano! Saibam conduzi-la com amor em vossos corações.


Pai Seta Branca – 31/12/2002

Mensagem do Trino Ajarã e da 1ª Aponara

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Meus irmãos Presidentes,
Minhas irmãs Aponaras,
Salve Deus!

Chegamos ao final de 2014! Um ano de grandes desafios para todos nós e também de muitas vitórias.

As dificuldades em nossas vidas foram superadas com o trabalho espiritual de todos nós que vibramos na verdadeira sintonia da obra de Pai Seta Branca.

As Estrelas realizadas em Teresópolis, onde nos reunimos realizando em conjunto tantas Consagrações, com certeza, trouxeram o alívio de nossos destinos kármicos traçados por este ano de grandes reajustes. O Aramê do Povo Aluxã, e outras oportunidades em tantas Iniciações e encontros, também deixaram clara a nossa união em torno do ideal de amor e trabalho de nossa Doutrina.

Passamos por mais este ano e vencemos! Vencemos nossas dores e estamos prontos para um novo despertar em nossos caminhos. 2015 trará os frutos de nossa dedicação a esta missão.

Adjuntos! Mestres que não medem esforços para levar a Doutrina do Amanhecer às regiões mais distantes. Dedicam todo o tempo disponível para somar em prol da Espiritualidade. Acolhendo a tantos que chegam sem esperança, com os pés feridos e sedentos de uma oportunidade Crística.

Aponaras! Ninfas que inesperadamente assumem uma grande família! Passam a serem as conselheiras, as “mães” de tantos que vibram com suas palavras de afeto e carinho.

Sim, não canso de repetir: Sou um Trino feliz! Feliz ao ver que tantos entendem este ideal de servir e doam suas vidas para atender aos que lhes são confiados. Feliz ao ver o Doutrinador, a missão de minha mãe, se expandindo e trazendo o consolo que ela sonhava!

Nair! Minha companheira e Ninfa, que está ao meu lado em todas as portas estreitas que, como vocês, também eu passo. Somos felizes porque ao olharmos para os senhores e senhoras, nosso coração se sente repleto de forças para continuar esta caminhada, servindo a todos que nos forem encaminhados.

Gostaríamos de uma vez mais realizar uma grande reunião neste fim de ano, mas entendo que é ainda mais importante reunir forças para seguir com a jornada mais adiante. Por isso, registro esta mensagem de gratidão! Gratidão pela presença de vocês em nossas vidas!

Um Feliz Natal e um 2015 repleto de muita força para os novos desafios e vitórias.


Trino Ajarã e 1ª Aponara

Gilberto e Nair

Mensagem de Pai Seta Branca – 22

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014


Os Grandiosos Cavaleiros Águia já se encontram entre vós! Trazendo uma nova etapa em vossos destinos.

O Meu filho Jaguar tem um compromisso universal, jamais se esqueçam disso!

Mais do que nunca eu vos peço a Conduta Doutrinária, o Padrão Vibratório e o  Amor em vossos corações.

Cuidado com as velhas estradas, com as velhas tradições! O Karma de cada um de vós está sendo acelerado na Individualidade e na condição de cada um. Mas, meus filhos, vós não estais sozinhos!

Não esqueçam que Jesus abençoou a cada um de vós com o juramento e com o compromisso!


Pai Seta Branca – 31/12/2001

Pai João – A Peneira – parte 02

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014


Venho lhes pedir uma vez mais para que não julguem jamais aos seus irmãos! Ninguém sabe o quê se passa na consciência de cada um. Não se pode determinar o certo e o errado apenas pelo que acreditamos ser certo. Quantas vezes cada um de vocês já mudou de opinião? Lembrem de vosso passado recente! Porque se pudessem recordar das outras vidas teriam tanta vergonha que não poderiam enfrentar sequer vossos familiares. Deus dá o dom do esquecimento para nosso benefício! Mas também desperta nossa consciência para podermos entender que as falhas do próximo não são diferentes daquilo que ocultamos em nossos pensamentos.

Nosso Amado Jesus falou que não pecamos apenas por ações, mas que nossos pensamentos igualmente nos fazem culpados. Disse isso porque a cada pensamento uma energia se desprende e vai de encontro aos nossos desafetos, provocando a dor, o mal-estar e por vezes alimentando um cobrador que pode passar a ter forças para provocar uma desgraça. Meus filhos, não aumentem seus karmas! Não alimentem vibrações! Vocês são Iniciados de uma Corrente Fidalga como Neiva dizia, não envergonhem seus mentores com julgamentos sabendo tudo que passa em suas cabecinhas.

Meus filhos, tanto falam na peneira a que me referi há muito tempo...

Uma peneira não é apenas para separar as impurezas, na maioria das vezes separa a matéria mais bruta, que ainda pode ser aproveitada, mas que não está no ponto de passar para uma nova etapa. Todos estão a caminho e isso é o que mais importa. Alguns grãos de farinha não passam na peneira porque ainda não foram bem refinados, mas ainda são farinha e ainda serão aproveitados. Cada um no seu tempo.

Não tem um tempo para a tal peneira acontecer. Ela já está presente, pois todos já receberam os ensinamentos. Quem entende e desperta segue para a próxima peneirada, os outros ainda ficam se remoendo com seus destinos kármicos.

Seta Branca afirmou que os restos kármicos seriam prescritos pelo vosso trabalho. Mas não tem como deixar de lado as dívidas provocadas por sentimentos que ainda não dominaram.

Por isso, meus filhos, abandonem o julgamento, a maledicência, a fomentação de pequenas maldades, recordando sempre que o negativo de hoje será o mal de amanhã. A energia emitida jamais se perde: ou atinge seu alvo, ou volta para quem emitiu.

***********
Obs.: A parte 1, da gravação está muito danificada, aos poucos vou tentando recuperar.

Kazagrande

Mensagem de Pai Seta Branca – 21

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014


Meus filhos, chegou o momento de mais harmonia, tolerância, consciência e conduta doutrinária!

Vocês estão sendo conduzidos dentro de uma hierarquia, dentro de uma Força Decrescente!

Por isso tenham em vossos corações a certeza de que o compromisso que cada um que assumiu comigo, será cobrado a partir deste momento pela Espiritualidade!


Pai Seta Branca – 31/12/2000

Quem fala o que quer, ...


Entendo que mentalmente quase todos completaram a frase:... ouve o que não quer!

Porém, em nossas vidas não existe uma verdade absoluta que possa ser traduzida por um simples dito popular. E esta frase, tão verdadeira, por vezes acaba tornando-se falsa.

Explico: Ultrapassamos um tempo em que as bobagens eram tão rapidamente criticadas, para chegarmos a um tempo em que ninguém mais fala besteira, todos se acreditam como donos da verdade. Parece que não queremos aprender nada, usando como desculpa “estou no meu direito de falar”, ou com uma expressão mais atual “tô nem aí” para qualquer um que pense de maneira diferente do que eu penso.

Podemos observar claramente pelos comentários que encontramos nas redes sociais. Embora aqui nas páginas, grupos e sites do Exílio do Jaguar, 99,9% dos comentários sejam produtivos, ao prestarmos a atenção a outros grupos de assuntos vemos que fica cada vez mais difícil tomar uma posição. Cada lado “grita” e repete sempre as mesmas coisas. Argumentações vazias, sem conhecimento real das situações ou comentários anteriores. Interpretações duvidosas de quem sequer esteve presente... só “ouviu dizer”. Parece que a ordem do momento é atacar, e quanto mais rápido melhor!

Não estou falando de “lado de doutrina”, porque para mim isto não existe! Falo de nosso dia a dia, das opiniões cheias de “verdade” a respeito de pessoas e situações. Do futebol à política, todos se tornam “experts” no assunto e dominam a pretensa verdade.

Sei que ultimamente tenho abordado muito o tema “verdade”, confesso ser uma reflexão pessoal a respeito de tudo e a observação do quanto cada verdade é extremadamente “pessoal”. Do ponto de vista pessoal, usando os sapatos do outro, todos realmente “estão certos”. Por esse motivo falei, estes dias, da “inutilidade das discussões”.

Vemos pessoas, claramente em desequilíbrio, tentar impor seus pensamentos sem qualquer tipo de reflexão fora de seu pequeno mundo, sem olhar pelo prisma alheio  e tentar compreender as posições dos outros (repito: vale para qualquer tema). Damo-nos conta de como é difícil as pessoas se colocarem no lugar das outras e abdicar dos julgamentos, veneno tão nocivo para nossa evolução.

Observamos gente manipulada por aqueles que possuem uma “verborragia mais eficaz”. Mudando suas opiniões a respeito do pensam e sentem, uns pelos outros, ou por determinadas situações, apenas por envolverem-se em uma energia  eloquente.

Outros brigando por pontos de vista limitados e sem perspectivas além de sua própria observação reduzida.

Por este motivo dificilmente comento qualquer texto conflitivo, por melhor que esteja esclarecido. Não há porque gerar vibrações daqueles que não entenderão da mesma maneira que nós. Assim é melhor para nosso bem-estar mental e espiritual.


Kazagrande

Mensagem de Pai Seta Branca – 20

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014


Graças a Deus meus filhos! Eu vos peço muita compreensão, muito amor em vossos corações!

Vós recebestes todas as armas em vossas mãos, para que, em um só pensamento, em um só coração, saberem como usá-las.

O Jaguar tem muito por fazer, arregacem as mangas meus filhos queridos! Semeiem e plantem tudo que Jesus nos ensinou: o Amor, a Humildade e a Tolerância!

Alertai! O Jaguar tem tudo e tire toda a terra de vossos corações!

Enquanto tantos choram, vós podeis sorrir, por terem tudo em vossas mãos.

Não deixem escapar aqueles que vêm ao vosso encontro pedindo uma palavra de conforto, pois, com uma simples palavra vós podeis ajuda-los!


Pai Seta Branca – 31/12/1999

Mensagem de Pai Seta Branca – 19

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014


Vós, meus filhos, estão acabando de resgatar os últimos resquícios kármicos.

Tenham Conduta Doutrinária, Amor, Humildade e Tolerância.

Não se esqueçam de que, de vós,  emana uma Força que atinge todo este Universo!


Pai Seta Branca – 31/12/1998

Vou Consagrar Centúria


Mestre, sou Ninfa Lua e no próximo dia 18/06 farei a minha Consagração de Centúria. O quê vou receber? Mais força, energia, espiritualidade?

Sim minha irmã! Você irá receber tudo isso: novas forças, novos preparos para poder manipulá-las, mas principalmente mais responsabilidade e compromissos.

Ninguém mais poderá lhe corrigir, ou chamar sua atenção. De maneira que deverá saber executar todos os seus trabalhos com compromisso e perfeição!

O quê ainda não souber, deverá buscar o conhecimento por conta própria. Terá um compromisso com seu Adjunto e o Ministro, e ele com você! Passará a ter nele o referencial necessário para seus trabalhos e fonte para sanar suas dúvidas.

Evoluir em conhecimento, dentro de nossa Doutrina, é uma missão pessoal. Muitos ficam completamente satisfeitos com o quê aprenderam e executam suas missões dentro do que lhes foi ensinado, sem preocupar-se em “saber mais”. Outros, porém, com a mente mais aberta, desejam compreender exatamente o quê estão fazendo e por que.

Nossa Doutrina oferece todas as respostas que desejar. Nunca fiquei sem resposta aos meus questionamentos, e passei por todos eles, chegando mesmo a afirmar que o dia que não encontrasse em nossa Doutrina, respostas coerentes, eu deixaria meu colete.

Leia o Acervo deixado por Nossa Mãe Clarividente, releia e encontre coisas novas, pois assim se passará. O conhecimento não vem de fora para dentro, é despertado em nosso espírito e confirmado pela intuição e pelo Acervo Mágico que temos nas mãos.

Sempre falo da Magia das Cartas de Tia Neiva, porque a cada nova fase vivenciada, a cada experiência adquirida, ao reler, encontramos “algo” que parece que não estava ali antes.

Centurião é o médium completo. Preparado e conhecedor das Leis e Chaves do Amanhecer. Através da Centúria o médium verdadeiramente deve tomar consciência de sua missão. Passa a ter a responsabilidade de conhecer nossas leis, e saber conduzir-se em um trabalho, seja comandando ou comandado. Soma-se a isso a responsabilidade de também externar a sua conduta.

Quando falo em externar sua conduta, significa que não apenas dentro do Templo se deve buscar o equilíbrio, a humildade, a tolerância e o amor. O conhecimento implica em assumir nossos atos, e buscar verdadeiramente, 24 horas por dia, a própria evolução. É compreender que terá que aplicar na prática diária o comportamento que já deve estar tendo dentro do templo. Por este motivo, nunca se questiona “quem é a pessoa” quando ingressa na Doutrina. O conhecimento vai libertando cada um de sua ignorância inicial, e aquele que antes poderia estar na marginalidade, com o tempo, vai compreendo a incompatibilidade do que realiza no templo, com o quê possa estar fazendo de errado fora dele.

Através de nossas ações é mudamos nossa vida! Todos os dias devemos pedir o devido auxílio para zelar pelos nossos pensamentos, palavras e ações.

O Centurião perde o direito ao julgamento do próximo, passa a ser juiz de si mesmo! Tia Neiva já afirmava que “o maior desajuste é o julgamento". Julgamento é uma palavra bastante abrangente, se refere até mesmo para aqueles momentos em que acreditamos estar sendo vibrados. Esta simples preocupação já gera uma vibração, e aquele que a recebe, muitas vezes está isento, assim aquela força volta para sua origem, fazendo mal justamente ao seu emissor.

Nossa forma de avaliação só pode basear-se nas coisas práticas. Verificando pelos frutos... É pelo fruto que se conhece a árvore.

As Consagrações e Classificações implicam primeiramente em MAIS RESPONSABILIDADE E COMPROMISSO.

Parabéns pela Centúria! Que seja seu verdadeiro despertar como médium! Que sua Individualidade prevaleça sobre a personalidade transitória e dentro do Templo seja o seu verdadeiro eu. Assim, gradativamente, permitirá que seu espírito siga a jornada proposta e termine feliz e realizada mais esta passagem terrestre.

Kazagrande

"A Centúria significa para o Apará um portal de desintegração aos mundos ainda desconhecidos, é mais uma chave com mil conhecimentos”.   Tia Neiva

Mensagem de Pai Seta Branca – 18

terça-feira, 2 de dezembro de 2014


Filhos, lhes peço uma vez mais: Tenham Conduta Doutrinária!

Tenham em seus corações o amor, a humildade e a tolerância.

Filhos, caminhem! Caminhem com a Bandeira Rósea do Amor hasteada em seus corações! Caminhem com Conduta Doutrinária, unidos e harmonizados!

Cuidado com vosso padrão vibratório!

Nada de mal acontecerá vós, pois jamais deixarei que toquem sequer um fio de cabelo de vossas cabeças.

Meus filhos, se mantenham harmonizados e dentro da Conduta!


Pai Seta Branca – 31/12/1997

O que é a verdade?


Certa vez ouvi que uma lenda antiga dizia que a verdade foi enviada por Deus ao mundo em forma de um gigantesco espelho. E quando o espelho estava chegando sobre a face da terra, quebrou-se, partiu-se em inumeráveis pedaços que se espalharam por todos os lados.

As pessoas sabiam que a verdade era o espelho, mas não sabiam que ele havia se partido. E por essa razão, as que encontravam um dos pedaços, acreditavam que tinham nas mãos a verdade absoluta, quando na realidade possuíam apenas uma pequena parte.

Mas... Quem poderia ter a verdade absoluta?

A verdade absoluta só Deus a possui e a vai revelando ao homem na medida em que este esteja apto para conhecê-la.

Assim é que os inventores, os cientistas, os pesquisadores, vão descobrindo a cada século novas verdades que se acumulam e trazem o progresso da humanidade.

É como se fossem juntando os pedaços do grande espelho e conseguissem abranger uma parcela maior.

Desta maneira a verdade é conquistada graças aos esforços dos homens e não por uma revelação bombástica sem proveito para quem a recebe.

Onde estará a verdade então?

Nosso egoísmo, nosso apego, nosso orgulho e vaidade, não nos permite enxergar onde estaria a verdade, mas ela está em toda parte, latente, dentro e fora do mundo e é, muitas vezes, confundida com a ilusão.

Adormecida em nossa consciência, desperta em faíscas levando ao encontro com a Individualidade. A verdade se sobrepõe a nossa personalidade.

“A verdade vos libertará!”. Sim! Liberta nosso espírito completando nossos pensamentos e intuições. Vibra nos átomos, cresce pelo espaço e nos permite o contato do verdadeiro inteiror (microcosmo) com o “nossa casa” (macrocosmo).

A verdade é o Senhor em nosso íntimo, é Deus!

Assim podemos entender porque o Divino Mestre se calou quando Pilatos lhe perguntou:

- O que é a verdade?”.

O trabalho espiritual, a verdadeira caridade, a Lei do Auxílio, nos aproxima cada vez mais da verdade! O contato com a Individualidade a desperta!


Kazagrande

CONVITE - ESTRELA EM TERESÓPOLIS 02/12/12

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014


Meus irmãos e minhas irmãs,
Salve Deus!

O Adjunto Anavo, Mestre Kazagrande, tem a honra de convidar a Mestre Sol e Mestre Lua, Ninfa e Ninfa Lua, para a Escalada Oliban do dia 02 de dezembro (terça-feira).

O Comando estará sob a responsabilidade do Adjunto Garboeiro, Mestre Leopoldo Elear, primeiro Rama 2000 e primeiro Comandante Janatã do Ministro Anavo.

É um momento de grande emoção para este pequeno Adjunto ver chegar ao mais alto patamar de Comandos, um componente tal leal e comprometido com a missão.

Conto com suas presenças e vibrações em favor do Adjunto Garboeiro.

Um fraterno abraço,
Kazagrande – Kazagrande Adjunto Anavo

Mensagem de Pai Seta Branca – 17


Meus filhos, mais do que nunca será cobrado de vós a Conduta Doutrinária! Nunca esqueçam, com quem estiverem: a vossa Conduta Doutrinária!

Eu só vos peço: Conduta Doutrinária!

Que tenham muito amor, o amor incondicional em vossos corações. Que tenham a tolerância e a humildade em ajudar aos que vierem junto a vós.
Jamais, meus filhos, vocês caminharão sem minha mão sobre vossas cabeças. Nunca se esqueçam disso!


Pai Seta Branca – 31/12/1996

Lições de 2014... Nós aprendemos?


Meus irmãos e minhas irmãs,
Salve Deus!

Chegamos ao último mês do ano de 2014!

Um ano difícil para a maioria dos Jaguares. Repleto de encontros, reencontros e desencontros. Duras provas, complexos reajustes e inesperadas rupturas, trouxeram a necessidade de despertar ainda mais!

Sim, o ano 2014 foi um ano de grandes lições para os que souberam perceber a intenção da Espiritualidade nos conduzindo por portas estreitas e choques aparentemente inevitáveis.

Não há duvida que tudo fez parte do preparo para o ano de 2015, ano do Jaguar! Ano em que os que aprenderam as lições, enfrentaram seus reajustes e cumpriram a meta kármica do pesado ano que passou, poderão estar mais “livres”, com menos “peso” e mais preparados para a missão do ano que deslinda.

Tivemos nosso karma acelerado, nos libertamos de cobranças e reajustes que poderiam passar daqui a alguns anos, tudo rapidamente. Claro que foi difícil!!! Mas nos deixou em melhores condições para estarmos mais preparados para o cumprimento da jornada em 2015.

Ainda não terminou... Faltam trinta dias da etapa final. Alguns, que já entenderam os porquês das dificuldades, das lições espirituais, já colherão os frutos neste Natal e Ano Novo; outros, ainda arraigados em seus questionamentos, pensamentos e justificativas, terão novas oportunidades, pois as “tempestades” vão e voltam, se não aprendemos.

Caminhemos! Observemos atentamente nossas recordações deste ano e procuremos compreender os porquês sem nos justificar, sem colocar as culpas nos outros. Uma lição só existe para que as modificações em nosso caráter sejam reais. É preciso despertar a Individualidade e trazer para a personalidade atual a experiência de nosso espírito.

Certa vez, em um Angical, havia um Mestre em dificuldade para poder encaminhar seu cobrador. O irmãozinho insistia que ele o havia traído, que havia quebrado seu juramento, o mestre, inconsciente da Individualidade, preso nos meandros de sua personalidade, queria discutir, justificar seus atos... Atos de uma encarnação que ele não recordava! Salve Deus! Como seria possível insistir que está certo sem ao menos estar mergulhado da Individualidade? Continuando preso aos conceitos de uma única encarnação?

O irmãozinho não “subiu”, é claro! Continuou acompanhando o Mestre e quem sabe está até hoje realizando sua cobrança somada à oportunidade perdida.

É preciso aprender a pedir perdão, assumir as próprias falhas mesmo que não tenha a consciência delas, pois se a cobrança aparece é porque ela é de direito!

Cobra quem tem direito, paga quem deve!

Ainda resta tempo neste fim de ano! Vamos rever as passagens, extrair os ensinamentos e estar prontos para um 2015 de muito trabalho espiritual e SUCESSO para os que venceram 2014, carregando experiências positivas de tudo que tiveram a oportunidade de vivenciar e aprender.


Kazagrande

Saudades de Jaguar

domingo, 30 de novembro de 2014



Ah! Esta saudade intraduzível que invade nossas mentes de espíritos distantes de  casa. Comprometidos com nossas missões, com nossas juras transcendentais e com nossos reajustes.

Ah! Esta saudade de algum lugar que não recordamos, de pessoas que não sabemos se conhecemos.

Ah! Este amor contido que deseja ser revelado, traduzido, sentido, vivido.

Assim é o coração do Jaguar! Que se sente apaixonado e ao mesmo tempo não identifica o objeto desta paixão.

Somos espíritos exilados! Distantes de casa e dos que amamos. Assumimos uma missão de amor e por amor, mas nem sempre conseguimos ocultar uma certa melancolia proveniente deste exílio.

O lar distante, a alma gêmea em algum ponto do Universo vibrando por nós...

Não podemos nos afligir, baixar o padrão, nos entregar... Devemos vestir a capa de super-homem e seguir adiante! Cumprir nosso papel, criteriosamente escolhido para esta passagem pelo grande palco terrestre.

Somos protagonistas de nossa própria jornada e o sorriso da plateia que nos rodeia será a aprovação de nossa encenação, garantindo o regresso ao camarim e a nossa vida real.

Todos, todos os grandes missionários um dia sentiram-se muito pequenos para o papel desempenhado. Sentiram a melancolia de não poder ver os rostos da plateia e assim saber como verdadeiramente está sua jornada.

Até mesmo Tia Neiva tinha seus momentos em que a “Neiva” preocupava-se pelos filhos, pela solidão, pelo sentimento de estar ao lado de um grande missionário, como o Trino Tumuchy, e ainda assim ser incompreendida...

Este seu irmão igualmente exilado lhes entende e sabe exatamente o quê se sente nestas horas. Quisera poder parar tudo e transporta-me até cada um de vocês, para dar-lhes o fraterno abraço que eu mesmo necessito nas horas minhas de solidão.

Mas ainda falta!!! Ainda temos muito o quê fazer neste palco, nesta apresentação, nesta jornada, nesta missão!

Mereceremos, nas horas corretas, um pouco do bálsamo de amor das vibrações de nossos seres queridos, de nossa família espiritual.

Nos desprenderemos do corpo, em nossos sonhos e chegaremos até nossa alma gêmea, recebendo um pouco do consolo e uma frase: “falta pouco!”.

O tom poético é mera intuição!

Do irmão em Cristo,
Kazagrande

As pessoas que passam em nossas vidas

sábado, 29 de novembro de 2014



Um grande amor, ou paixão, um melhor amigo ou amiga, companheiros de jornada e até mesmo familiares... Porque muitos apenas passam por nossas vidas, tornam-se marcantes naqueles momentos, e depois desaparecem sem deixar sequer saudades? Até mesmo as lembranças parecem ficar meio apagadas...

A escada da vida, e da evolução, é fatal! Já nos alertava Tia Neiva de que, ao encontrar um grande amor ou um grande amigo, que não o perdêssemos de vista no trilhar da jornada. Ficamos para trás... Ou deixamos para trás.

As sintonias mudam, os passos avançam, ou se estagnam, e as pessoas se perdem. A ligação, quando exclusivamente vibracional, se rompe no próximo passo.

Alguns deixam uma lembrança que jamais se perde com a distância física e, no reencontro, parece que o adeus de anos passados, foi apenas um “até logo” do dia anterior. Assim identificamos a verdadeira ligação espiritual! Quando no reencontro sentimos que foi “ontem”. Parece o tempo não ter passado.

Outros, no reencontro, parecem nunca terem feito parte de nossas vidas.

Caminhemos juntos! Abracemos nossos amores, familiares e amigos. Auxiliemos a cada um a nos acompanhar e aprendamos com os passos que vemos os outros avançarem. Assim, somente assim, não nos perderemos nesta escada e deixaremos a vida física para o reencontro, no porto da grande viagem, como se fosse apenas um “até logo”.

Kazagrande
 
Kazagrande : Página no Facebook | Siga pelo Twitter | Também no Celular
Copyright © 2013. O EXÍLIO DO JAGUAR - All Rights Reserved
Tecnologia e Modelo by Kazagrande Templo Anavo do Amanhecer Cochabamba
Bolívia Valle del Amanecer