quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Substituto de Tia Neiva



Tia Neiva deixou como seu “substituto” o Doutrinador, desde que este tenha muitos amor no coração! Assim ela afirmou categoricamente.

Porém, tenho absoluta certeza que, ao propor esta afirmação ela não indicava diretamente a mediunidade específica, mas sim, direcionava aos que possuem a Doutrina em seus corações! Seu substituto não é “um” Doutrinador elevado hierarquicamente às condições de comandar a Doutrina, seu substituto é qualquer médium, Doutrinador ou Apará, que leve a Verdadeira Doutrina em seu coração!

Será “o” Doutrinador que entenda que somos evangélicos, que nossos princípios são os deixados pelo Divino Mestre em sua mensagem de Amor, Humildade e Tolerância. Será aquele que se emociona, que carrega viva a magia do contato espiritual e torna-se capaz de racionalizar o sofrimento sem tornar-se indiferente ou soberbo.

Será o Apará que entregue-se à Mensagem de Amor de nossos Mentores de Luz e sinta verdadeiramente que eles apenas apontam o caminho, sem envolverem-se em nossas mazelas. O Apará que deseja cumprir sua missão sem julgar a ninguém, nem a si mesmo.

Jamais será o Doutrinador que pela pretensa hierarquia toma decisões na personalidade e crê em um poder temporal acima do espiritual.

Jamais será o Apará que manipula as mensagens em benefício de algum interesse seu ou de outrem.

Tia Neiva apontava o caminho! Mostrava com seu exemplo vivo a conduta esperada dos médiuns que lhe acompanhavam. Esperava que estes pudessem tornar-se exemplos a serem seguidos, e assim, “novas Tias Neiva”. Ninguém substitui ninguém, mas novos exemplos devem surgir, para lançar novas sementes e colher novos frutos.

Com isso não espero que “alguém” seja nosso exemplo, pelo contrário! Espero que todos nós, que cada um de nós, se esforce para poder ser um exemplo.

Temos ainda muitas falhas... Ainda perdemos muito a paciência, julgamos, demonstramos grandes faltas de amor. Mas... Estamos a caminho! Nos esforçando para um dia estarmos perto daquele exemplo de Mãe amorosa, forte, convicta em sua fé e em tudo que tinha nas mãos.

Seguir homens? Não! Despertar o Doutrinador de cada um de nós, independente de sua mediunidade, sim!


Kazagrande

0 comentários:

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.