Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Ah… Não é minha culpa!

Quantas vezes tentamos desculpar nossos erros e falhas de caráter com frases curtas ou justificativas que insistimos serem aceitáveis?
Dizer: Não é minha culpa... Foi sem querer... Não foi de propósito... Ou ainda partir para justificativas insólitas, não vai aliviar a dor do ofendido!
É preciso verdadeiramente assumir a falha e suas consequências. Precisamos ter a consciência de que justificativas não aliviam o coração magoado. Somente pela nossa sincera atitude de arrependimento e consciência da falha cometida, é que podemos pleitear o perdão.
Meus irmãos e minhas irmãs, Salve Deus!
Ainda estamos encarnados, mas em preparação constante para nosso regresso à pátria espiritual. Uma das nossas maiores preparações é entender que seu espírito não poderá usar máscaras. Nossa aura vibra na cor que está a verdadeira sintonia de nossos pensamentos. Não tem como esconder!
Muitos ao desencarnar surpreendem-se no etérico ao lado de seres que não condizem com a vida que levaram na Terra. Certa vez ou…

Espíritos Maus

Existe gente completamente malvada? Existem espíritos maus? Não!
Salve Deus! Analisemos primeiramente os encarnados:
Meus irmãos e minhas irmãs, observamos nos mundo pessoas que parecem dedicarem-se a fazer maldades. Alguns de forma aberta, provocando situações que agridem e ferem os outros de maneira pública. Outros de maneira dissimulada, semeando seus venenos e trazendo dor aos que se aproximam.
Temos bandidos, marginais, e tantas denominações de malfeitores que parecem viver exclusivamente para maltratar a humanidade.
Mas... Serão estas pessoas nascidas para a maldade? Será sua essência a expressão do mal?
Bem... Eu acredito em Deus como a fonte da criação! Entendo que um ser inteligente jamais criaria algo para trazer, ou provocar a dor. Entendo também que a criação de um espírito é a Doação Divina de uma célula do Pai. Sendo assim, somente se Deus fosse “Mau” é que teria “células” que traduzissem sua maldade e formassem assim espíritos malvados, que encarnados, seriam humanos malvados…

Livre-se da Inveja e Vibrações

“Mestre, por que tantos Jaguares vibram negativamente uns nos outros? Sinto que me invejam o tempo todo, posso estar por baixo, mas sempre tem alguém pensando que tenho demais...” (Trecho da carta de um irmão nosso)
Meu irmão, Salve Deus!
Permita-me responder com meu próprio exemplo, pois aprendi a lidar com as vibrações de inveja, perdoar e orar pelos que ainda não entendem o “Caminho Natural” que conduz a própria felicidade.
Nosso pequeno Templo em Cochabamba, cidade para onde me mudei desejando dar total assistência  à formação deste novo povo e Casa do Pai, segue de uma maneira muito mais rápida que poderia esperar. Em apenas três meses de existência já havíamos preparado nossa primeira viagem ao Brasil para realizar a Iniciação de novos médiuns. Um ano depois formamos uma grande família que segue unida apesar de tantas personalidades diferentes. Queremos mais, queremos chegar a um Templo Iniciático com todos os trabalhos.
A inveja, a cobiça, o ciúme e a maldade alheia, infelizmente s…

Solidão

A solidão é um sentimento onde vivenciamos uma profunda sensação de vazio e isolamento. A solidão é mais do que o sentimento de querer uma companhia ou querer realizar alguma atividade com outra pessoa, não por que simplesmente se isola, mas por que os seus sentimentos precisam de algo novo que as transforme.
Dominar o negativismo nos momentos de solidão e transmutá-los em reflexão positiva é uma árdua tarefa. Normalmente, ao sentir-se só, o ser humano tende inicialmente a pensar em decisões impulsivas que o liberem imediatamente da angústia. Fazem escolhas erradas, rendem-se ao passado e procuram acreditar que é “melhor estar mal acompanhado do que só”.
As correntes vibracionais de irrealização e de obsessão sentimental podem também ser alimentadas nestes momentos, e a energia, que “paira ao nosso redor”, esperando a baixa do padrão vibratório, pode entrar em nosso campo energético e trazer de volta a lembrança de pessoas que vibram em nós a espera de uma oportunidade obsessiva.
Mas, a …

Prevendo o futuro

Uma das nuances marcantes da mediunidade de Tia Neiva era a CLARIVIDÊNCIA. Clarividência: Ver com clareza!
Tia conseguia ver, e perceber, os enredos kármicos projetados na aura das pessoas, e com isso vislumbrava também o futuro que se projetava para aquele paciente ou mesmo médium. Digo vislumbrava, porque o futuro é construído a cada dia! De acordo com nossas decisões, atitudes e oportunidades evolutivas, o futuro vai se modificando.
Temos um “roteiro de viagem”, programado por nosso espírito em conjunto com nossos Mentores, porém, encarnados, nossas decisões nos levam a desvios do caminho naturalmente traçado, e com isso, o “futuro” traçado neste planejamento vai sendo alterado, adiantado ou atrasado.
Tia afirmava que não gostava de fazer “profecias”, de prever o futuro. Dizia que somente fazia as previsões de início de ano, tão esperadas e muitas vezes divulgadas em programas de televisão, por conta de seu transcendente. Seu espírito de Profetiza do Templo de Delfos, trazia um charme…

A vida de “ponta-cabeça”

- Mestre, minha vida está um caos total! Estou em Desenvolvimento como Apará e não consigo incorporar. Meu casamento está mal, a vida material desestruturada, não tenho tempo e nem cabeça para nada. Não vejo soluções... Por favor me ajude! (resumo de um e-mail de 08 páginas com a descrição de todos os problemas enfretados por nossa irmã).
Parte da resposta:
Salve Deus!
Espero que coloque-se tranquila para ler este e-mail... Espere um momento em que possa estar em sintonia, livre dos afazeres e preocupações e busque a voz de seu espírito, para que leia em sua individualidade.
Minha irmã... Realmente sua vida está de ponta-cabeça. Tudo em desequilíbrio: emocional, material e espiritual!
A boa notícia é que você se deu conta disso! Identificou que existe este desequilíbrio e que precisa mudar.
Não é hora de procurar culpados, e muito menos de sentir-se culpada. Simplesmente porque culpas não resolvem nada. É preciso que tenha coragem de mudar... mudar TUDO!!!
Vamos por partes... Seu espírito …

PAI JOÃO - Julgamentos

     Pai João de Enoque     
Meus filhos, o maior desajuste é o julgamento! Assim já lhes ensinou vossa Mãe Clarividente e hoje venho para trazer a disciplina para os que não olham o que estão fazendo e ficam se preocupando com o quintal do vizinho.
Meus filhos é fácil julgar, não é? Mas como vai doer quando nos dermos conta de que aquilo que condenamos pode fazer parte de nosso futuro, do futuro de um ente querido...
Pare para ouvir a voz do seu coração e não se envolva com os que se dizem vítimas apenas com as palavras. As palavras podem lhe confundir, e tomar partido significa mergulhar no julgamento.
Nunca conseguimos saber exatamente os dois lados de uma história. E por mais que se possa colher todas as informações dos atos físicos, o ser encarnado não pode ver o que espiritualmente está acontecendo. Muitas vezes uma grande injustiça é o melhor reajuste possível para aqueles espíritos endurecidos.
Meus filhos, vossa Mãe Clarividente tantas vezes alertou para os grandes dramas da histó…

Dominando os pensamentos

Grande parte dos problemas pelos quais sofremos são criados a nível mental. Na verdade a maioria sequer existe ou chega a existir.
Temos uma tendência infelizmente natural a imaginar e fantasiar coisas negativas que não existem, conjecturando negativamente a respeito de nosso futuro e das possibilidades de “algo dar errado”.
Porém, não existe nenhuma necessidade de ficarmos sofrendo por antecipação, ou mesmo ficar remoendo pequenas situações que nos incomodam no dia a dia. Principalmente quando estas situações envolvem outras pessoas, pois “vibrar” no outro, consciente, ou inconscientemente, tem um custo! Afinal, a energia emitida jamais se perde, ou  chega ao seu destino ou retorna a sua origem... Vamos refletir sobre isso!
Não sabemos os reais motivos que levam uma pessoa a ser desagradável conosco. Quantas vezes você mesmo já foi “julgado” por atitudes ou palavras que falou em um momento difícil? Não sabemos dos dramas pessoais e dos enredos kármicos dos que nos cercam, por tanto, é s…

FANTASMAS DO PASSADO

Meus irmãos e minhas irmãs, Salve Deus!
Será que vale a pena prender-se ao passado? Sofrer por recordações ou pessoas que fizeram parte de nossa vida?
Para responder estas questões olhemos por um lado doutrinário primeiro: Por que tantos espíritos ficam presos no plano etérico? Por que temos tanto trabalho encaminhando a irmãozinhos que por vezes insistem em seguir sofrendo, ao invés de seguirem o caminho evolutivo, de irem em busca de suas verdadeiras jornadas?
A resposta é “APEGO”.
Tudo a que nos apegamos nos faz sofrer! Prender-se aos sentimentos do passado, aos bens perdidos, e até mesmo aos seres amados distantes, pode gerar uma séria obsessão traduzida pelo APEGO.
É o apego às tristezas, aos sentimentos de perda e vingança que resumem o acrisolamento no Etérico. Se não aprendermos, ainda na vida encarnada, a nos libertarmos de tudo que não nos faz bem, mesmo Iniciados em uma Doutrina Crística sem igual, como a Doutrina do Amanhecer, ainda estaremos sujeitos a ficar vagando em um plano…

Aprendendo a Agir

Em nossa vida experimentamos todo tipo de situações que provocam todo tipo de emoções, e nada é por acaso!
A cada nova experiência que se apresenta, decisões e escolhas igualmente precisam ser tomadas, para continuarmos no caminho traçado por nosso espírito e cumprirmos o que nos foi destinado.
Por vezes períodos de “trégua” nos conduzem a certa comodidade e invariavelmente não aproveitamos corretamente a paz temporária. Temporária... Sim! Porque assim como as tempestades, a paz não dura para sempre neste caminho físico. Logo novos desafios irão se apresentar e com eles novas decisões e escolhas, de maneira a burilar nossa personalidade e testar nosso caráter espiritual, que se forma pelo agregar de experiências.
Somente pelas “crises” é que somos chamados a reavaliar nossas posturas e estimulados a crescer. O conformismo e o comodismo dos períodos de paz pouco são aproveitados pelo espírito, que necessita aproveitar da melhor maneira possível seu tempo por este plano físico.
É preciso sa…

Não desanimar nunca!

Em nossa caminhada dentro da Doutrina do Amanhecer esbarramos com todo tipo de situações e muitos desanimam porque, devido ao fascínio inicial, acreditam que ao encontrar “o caminho” a vida será sempre mais fácil e as pessoas mais dóceis.
Porém a vida somente será mais fácil se absorvermos verdadeiramente os princípios Crísticos de Amor, Humildade e Tolerância, e compreendermos os limites existentes onde o Amor é incondicional, mas exige consciência para distinguir quem amamos. Sim, devemos amar a todos! Sem considerar se são bons ou maus, feios ou bonitos, se nos fazem bem ou mal. Sagacidade ao distinguir as forças que nos rodeiam, porém sem por isso criar sentimentos negativos em relação às pessoas.
Também temos que  considerar que a humidade é algo que brota de dentro de nós com naturalidade e não pode ser falsificada pelas aparências. Ser humilde é ser manso, mas sem esquecer que nossa força reside na capacidade de reagir positivamente. Desarmamos quem nos agride ao demonstrar uma r…

Amar… Tão fácil… Tão difícil…

Como é fácil amar ao belo! Amar aos que já de cara agradam nossos olhos e por vezes encantam multidões. Amamos pessoas que nos adulam, sejam com verdades ou mentiras. Amamos aos que nos fazem bem, e também a aqueles que visualizamos que nos podem proporcionar algo de bom. Amamos, na maioria das vezes, a nossa família. Amamos até mesmo ídolos da moda, que nem conhecemos a personalidade e provavelmente sequer veremos face a face.
Tudo isso é tão fácil! Até os bandidos fazem isso, não é? Bandidos também têm amores, famílias e ídolos. E os amam! Que mérito teremos se fizermos apenas os que todos fazem?
É preciso ir além! Despertar o “Amor Incondicional”! Amar sem impor condições! “Amar ao anjo e ao demônio, com a mesma intensidade, porém sabendo distinguir as duas forças”. Nossa!!! Como é forte esta frase de Pai Seta Branca! Mas é o que praticamos em nossos trabalhos. Recebemos espíritos dominados pelo mal, com tal intensidade, que eles mesmos se creem como demônios... E ali estamos para am…

Ansiedade

Um dos sentimentos que maior dano provoca em nossas vidas, e de maneira quase “natural e imperceptível”, é a ansiedade.
Com maior ou menor intensidade, todos os seres humanos são vitimados por este sentimento extremamente negativo e que tão pouco damos atenção. Esta mesma emoção tem um mecanismo que desvia de tal maneira nossa atenção que nos impede de verificar seus estragos.
A ansiedade pode ser considerada como “medo de viver o presente” e mergulhar nas preocupações com o incerto futuro, ou em um turbilhão de desejos de nossa personalidade.
A pressa, estranhamente aliada ao “deixar para depois”, formam uma ansiedade catastrófica que nos imobiliza nos momentos de insegurança. Inicialmente desenvolvemos o hábito de viver apressados.
Acordamos e nem esticamos o corpo direito, pois a cabeça já está no banho, escovar os dentes, fazer café... Chegamos ao banho e nem nos damos conta de nossos corpos, não aproveitamos este momento de dedicação ao físico, pois a cabeça já está no trabalho ou no…

Tolerância de Preto Velho

Após umas três horas no atendimento de pacientes dos Tronos, sentei-me ao lado de Pai Zé Pedro das Águas para tomar sua bênção, na intenção de terminar o trabalho:
- Meu querido filho, você ainda pode atender mais um paciente?
- Claro meu Pai!
- Então levanta, que é hora de verificar se você vai poder levar os seus bônus deste trabalho que realizamos.
Levantei-me e um paciente, com cara de poucos amigos já estava a caminho de outro Trono, parou e resolveu ficar ali mesmo.
- Salve Deus! Meu irmão, este é Pai Zé Pedro das Águas, diga seu nome e sua idade por favor.
- Eu já sei o caminho Mestre!  - falou com certa arrogância, já estendendo as mãos.
Mudando por completo sua maneira empertigada falou com toda suavidade ao Preto Velho:
- Salve Deus, meu pai! Minha vida está um caos, por favor me ajude a sair desta situação que me encontro e que o senhor já sabe bem qual é. Só quero poder ter condições materiais de poder trabalhar espiritual sem me preocupar com o sustento.
- Salve Deus, meu filho q…