segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Recordando os que partiram


No Dia de Finados muitos trazem à lembrança aqueles que já realizaram sua passagem para os planos espirituais.

Para nós, que seguimos uma doutrina espiritualista, é o momento de permitir a saudade, mas jamais a tristeza! Temos a consciência de que a vida continua e que, cada um, estará inevitavelmente continuando sua jornada pelas sendas espirituais.

Recordar com carinho e amor, fazer sua prece, permitir as boas lembranças dos momentos vividos, levará esta energia de consolo e fortalecimento até aqueles que fizeram parte destas recordações.

Entristecer? Não! Por quê? A vida continua! Um universo interior será desvendado e os frutos da caminhada terrestre serão colhidos.

Ao permitir a tristeza além da natural saudade, igualmente estaremos enviados estas pesadas vibrações aos que terminaram sua missão encarnada. Corremos o risco de atrair estes espíritos e até mesmo atrasar suas evoluções por conta de apegos ainda não superados.

Ao passo que, se oramos, relembramos bons momentos e sorrimos com saudade de espíritos afins, estas vibrações de amor sempre irão alcança-los nas horas precisas.

“Na vida ninguém é de ninguém”... recordando Tia Neiva. Cada um deverá seguir sua caminhada livre dos apegos. Até mesmo o grande amor de nossa vida não estará acessível se o nível evolutivo for diferente.

Neste dia temos nosso Retiro em honra e guarda até as 17:30, sem os trabalhos normais, apenas com a manutenção dos faróis da mesa (segundo orientação da carta de Tia Neiva). Caminhamos com respeito, não provocamos alvoroços e levamos a sério o sentimento de todos que podem estar sofrendo com suas saudades e apegos.


Kazagrande

1 comentários:

Salve Deus! Suas palavra sempre fortalecem a nossa caminhada!!!

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.