domingo, 11 de outubro de 2015

Templos Aleso – União dos Jaguares!


Homenagem ao Mestre Valteilton
Salve Deus!

Ontem me emocionei com um Pequeno parágrafo escrito pelo Adjunto Aleso, Mestre Valteilton, transcrevo aqui:

“Salve Deus! Meus Mestres, estamos vivendo momentos precisos em nossas vidas kármicas e missionárias. Não dá mais para ficar um para um lado e outro para outro lado... Somos Jaguares Filhos de Pai Seta Branca! Os Templos Aleso e o Reino Central estão a disposição de todos os Adjuntos e seus componentes, sem distinção ou discriminação. Sejam todos bem vindos!!! Adjunto Aleso, Mestre Valteilton”.

Meus irmãos e minhas irmãs, Salve Deus!

Este pensamento de abertura, de amor ao próximo e principalmente de união entre todos nossos irmãos e irmãs Jaguares, deveria nortear a todos os Adjuntos!

Proibir? Discriminar? Tolher? Não aprendemos isso com o grande exemplo que temos em nossa Doutrina, Tia Neiva! Aprendemos, ou deveríamos aprender a amar a todos nossos irmãos. Receber todos que nos procurem, e principalmente acolher com carinho quem busca uma Casa de Pai Seta Branca para cumprir sua missão. Não importa de onde veio ou a qual “sigla” está filiado! Importa que seja permitido encaminhar espíritos cumprindo sua missão.

Entendo que quando alguém é impedido de cumprir a missão a pessoa (não posso dizer “ o mestre” nesta hora) que o impediu, assume a responsabilidade pela tarefa não cumprida pelo “impedido”. É Lei da Razão apenas.

Rendo aqui minha sincera homenagem ao Mestre Valteilton! Sei e compartilho sua fidelidade ao Trino Ajarã, mas este compromisso não lhe impede de abrir as portas de seus Templos para todos que ali procuram um lugar para cumprir sua missão!

Meu irmão! Também aqui, nas distantes terras que nosso amado Pai Seta Branca encarnado pisou, seguimos este direcionamento: Todos são bem vindos!

Nunca peço nada aos homens, porque meu compromisso é com a Espiritualidade. Sigo ao Pai Seta Branca que acredito ser o mesmo em todos os Templos, mas sinceramente gostaria que ver mais Adjuntos tomando a mesma atitude: abrindo as portas para todos que os procurarem, sem distinção, sem discriminação! Cumprindo apenas o que nossa Mãe Clarividente, Tia Neiva, nos ensinou: Doutrina é união, se dividiu não é Doutrina!


Kazagrande

4 comentários:

O verdadeiro Missionário não separa povos."ninguém é de ninguém". Despertem as suas Consciências Divinas,se permitam a condição de aprendizes que são. Salve Deus!

Salve Deus! Não importa que seja A ou que seja B somos todos filhos do mesmo Pai e da mesma Mãe. Vibremos pela Unificação de nossa doutrina na missão que a nos foi confiada. Salve Deus!

Salve Deus meus irmãos! Tivemos a oportunidade de ouvir o mestre Valteilton, na reconsagração de adjuntos do templo aleso de Aracaju/SE no dia 11/10/2015, proferir este discurso o qual ainda acrescentou que nós jaguares daquele continente também nos sentíssemos a vontade para visitar outros templos e nos confraternizar com nossos irmãos. Que Deus Pai Todo Poderoso em sua infinita grandeza e misericórdia continue a acrescentar muita disposição ao nosso querido adjunto Aleso para que ele prossiga transformando esses momentos difícieis em oportunidades para nos aproximar muito mais da tão sonhada e esperada unificação desta bendita doutrina de Pai Seta Branca!

Príncipe Maya lua mestre Manuel Luiz de Sales Santos.

Salve Deus! Aqui job templo Javeiro de Royalston Ma USA também seguimos o mesmo pensamento todos são bem vindos e responsáveis por seus passos na Terra devemos sempre acolher e juntar tudo o que e a favor do amor incondicional
Somos todos filhos do mesmo Pai e um dia quando voltarmos para casa entenderemos que nossa escola na Terra foi cheia de emoções mas que escrevemos nosso livro com dignidade
AMOR HUMILDADE E TOLERANCIA

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.