sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Os valores familiares e a Doutrina


Tia Neiva nunca cansou de repetir: “Em primeiro lugar a família”.

Nesta afirmativa residia a recomendação da necessária harmonia familiar.

Nem sempre é fácil, eu sei! Mas nossas atitudes devem estar sempre direcionadas para poder obter um consenso, uma convivência melhor.

Os reajustes familiares normalmente são os mais duros, mas ao mesmo tempo podem ser o melhor caminho para a evolução de nosso espírito.

Nossos valores familiares dentro da Doutrina pregam a necessidade em sermos verdadeiros em nossas atitudes, palavras e pensamentos. Assim, é preferível um casal separar a se tornar “inimigo íntimo”. É preferível sair de casa e ir construir sua própria vida, do que viver em eterno conflito com os pais.

Tudo pode ser respondido com bom senso e verdade! Afinal as colunas do respeito e da confiança são impossíveis de remendar!

Os que assumem papel de liderança dentro de nossa Doutrina devem dar o exemplo. Seja em uma convivência harmoniosa ou em uma separação sem tantos traumas.

Entendo que o karma familiar pode ser bastante pesado, porém aprendemos que ninguém, nem o mais endividado dos espíritos vêm a este mundo para ser infeliz. Podemos cumprir nossos reajustes e ainda sermos felizes sim! Existem situações em que a “paz” não depende somente de nós, depende “do outro”. E neste ponto novamente reside o bom senso... Não afirmamos sempre que quando “um não quer, dois não brigam”? Então nestes casos, em que nos esforçamos para manter o equilíbrio, mas todos nossos esforços são infrutíferos e seguimos em um ambiente que nos faz mal e prejudica a todos em volta, o correto é procurar seu caminho!

Nossos Mentores jamais exigem que continuemos em situações falidas. Às vezes podem dizer “meu filho, você tem um reajuste com sua parceira”, mas nunca irão dizer que você tem que continuar ao lado da pessoa para que o reajuste se cumpra.

Todos assumimos o compromisso de reajustar por amor, por tolerância... Jamais pela dor! A dor somente ocorre quando as partes envolvidas, ou uma delas, não entende, não aceita ou simplesmente não consegue superar  as diferenças que houveram em um passado distante.

Meus irmãos e minhas irmãs! É preciso recordar que nosso primeiro reajuste é a família! Esforçar-se para evitar o escândalo que tanto nos distancia da missão, que denigre a conduta e abala a moral.

Pregamos valores em que nossas crianças frequentam o Pajé e casais estão juntos para o trabalho espiritual!

Somente pelo exemplo do casal é que os filhos encontram o caminho dentro da Doutrina!

Nem sempre é possível, eu sei, mas estes são nossos valores! E jamais a permissividade, a conivência, a traição, a mentira e a dissimulação!

Preguemos valores e jamais consideremos “normais” atos que fogem do que Tia Neiva pregava e que escandalizam e denigrem a Doutrina do Amanhecer.


Kazagrande

6 comentários:

Com certeza! Seria muito bom se os jaguares colocassem isso em prática!

A doutrina do Amanhecer é essência divina! Os humanos é que fazem parte dela.

Salve deus, esta foi uma das maneiras que nossa mãe kotay 108 usou para nos esclarecer como nos conduzir e sermos felizes.

Salve Deus! Lindo texto Mestre. É para ler e refletir e aplicarmos em nosso relacionamento familiar. Como o Senhor frisou, nascemos para sermos felizes, reajustar no amor e não na dor. Simplesmente maravilhoso.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.