sexta-feira, 19 de junho de 2015

Um novo começo!!! - MT


Saudades! Nunca fiquei tanto tempo longe de casa em mais de vinte anos de convívio familiar!

Também nunca fiquei tanto tempo sem escrever!

Meus irmãos e irmãs,
Salve Deus!

Creio que a maioria sabe das últimas atividades que desenvolvi e que justificam minha ausência nestas últimas semanas, e aproveito para poder registrar alguns detalhes desta caminhada que podem interessar a todos.

Parti para o Brasil, mais precisamente para Teresópolis-GO, onde em 04 de junho participei da reunião com o Trino Ajarã. Oportunidade em que pudemos tratar de muitos temas referentes ao futuro de nossa doutrina com total liberdade de exposição de idéias. Cabe agradecer aos Mestres Valteinton, Carlos Magno, Wilson, Lourival, Alberto e ao próprio Trino Ajarã, por esta oportunidade de relevante convívio.

De lá, ao lado de meu “padrinho de honra”, Mestre Alberto Mourão, seguimos para o Mato Grosso, onde fiquei até as consagrações dos dias 13 e 14.

Jamais participei de Rituais tão precisos e com tanta harmonia! O povo do Mato Grosso nos recebeu com grande alegria e entusiasmo no início de uma nova fase para a Doutrina neste Estado. A presença do Trino Ajarã coroou esta jornada dando o necessário apoio às mudanças e elevou o padrão de todos.

Observar as realidades dos Adjuntos que se deslocaram com seu povo, sentir a satisfação de todos por sua caminhada e, fundamentalmente, conviver com irmãos verdadeiramente interessados em “fazer doutrina”, renovou meu espírito!

Sim meus irmãos: “fazer doutrina”! Falar desta missão que nos é confiada sem medos, sem pensar em “concorrências e interferências”. A verdadeira Doutrina do Amanhecer não encontra espaço para vaidades e competições! Somos irmãos e nossa missão é encaminhar espíritos! Por isso nosso assunto é somar, e não dividir!

No Mato Grosso não haverá mais concorrências. Não abrirão Templos próximos e não serão autorizados novos Templos sem a concordância plena  dos Adjuntos da região. Jamais um Mestre em desequilíbrio poderá ser encaminhado para “abrir outro templo” pelo simples fato de estar em desacordo com seu próprio Adjunto! Temos uma força decrescente e ela deve ser respeitada.

No Mato Grosso não haverá interferências. A figura do Coordenador da Região serve somente para auxiliar onde for solicitado. O Adjunto é soberano em seu Templo! Ele e somente ele conhece as dificuldades passadas para a formação de seu povo, para a conquista de seu espaço! A mim cabe apenas colocar-me a disposição para somar, jamais para interferir.

Novas figuras serão formadas nesta mesma linha para somar com os Adjuntos: Instrutores para formação de futuros Adjuntos, para manutenção do Realinhamento, para Comandantes, para instrutores, para representantes da Lança Vermelha, para Recepção, para Devas, para orientação jurídica e temporal... Também Ninfas que recebam material completo de suas falanges e tenham a responsabilidade em repassar e instruir.

Em breve convocaremos reuniões com os Presidentes e Aponaras, repassando a cada um todo material de instrução. É preciso que os Adjuntos tenham em mãos o Acervo da Clarividente e as Aponaras entendam a grandeza de suas missões e conquistem o espaço e respeito  que merecem!

Meus irmãos e irmãs do Mato Grosso... Falavam muita coisa negativa a respeito desta região e de vocês: mentiras! Tudo que precisavam era que alguém chegasse falando de “Doutrina”, nada mais!

Obrigado de coração! Pelo calor humano, pela recepção, pelo carinho e principalmente por poder ver que aí temos e teremos a Doutrina do Amanhecer!
Um fraterno abraço,


Kazagrande

2 comentários:

Com muita alegria, sinto com o retorno deste ícone de Jaguar do Pai ao nosso país, do qual sou grande admirador e fã incondicional. Adoro o Exílio e todo o seu conteúdo. O nosso Kazagrande é muito sábio e exemplar, é um modelo a ser seguido por todos nós.
Nós do Templo Delumo de Afonso Cláudio-ES, temos a esperança de recebê-lo um dia em nosso Casa do Pai. Salve Deus! Adj Roujano K 108 Leondenis Jose de Mattos.

Salve Deus!
Mestre por favor me tire uma dúvida. De acordo com as leis do amanhecer, qual distância deve existir entre um templo e outro?

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.