sábado, 12 de novembro de 2016

Nas margens do Titicaca eu chorei


Remontar os séculos, reviver as heranças... Nas margens do Titicaca eu chorei!

Chorei pela história não contada, perdida entre lendas e mistificações.

Chorei ao sentir o espírito livre e desperto, aberto além dos mistérios da mente e atento a tudo que verdadeiramente o cerca.

Não foi triste e nem alegre, apenas consciente do tanto que existe a ser feito e quanto já foi abandonado em outras civilizações.

Como é grande nossa responsabilidade! Muito grande para se perder em banalidades do físico, entre fofocas, maledicências e improfícuas divisões. Ainda nos perdemos em busca de um poder temporal que não é regido pela Espiritualidade.

Mesmo com tanta responsabilidade, nossa missão é tão simples: Amar e Curar! Nada mais verdadeiramente importa, pois não nos trará evolução. O poder não evolui, o quê evolui é a nossa capacidade de amar. Se perguntássemos a cada nova atitude: Estou amando? Ou simplesmente: Meus atos, palavras e pensamentos estão fazendo o bem? Saberíamos exatamente como agir, como sermos felizes!!!

Para muitos a felicidade ainda está ligada diretamente ao “ter”, pois eu afirmo: você terá!

Para outros ainda existe a necessidade de ter alguém ao seu lado, e novamente afirmo: você encontrará!

Tudo o quê precisamos para bem cumprir esta missão, estará em nossas mãos, sim: é possível!

Não escrevo com a mente sonhadora, mas com a experiência de quem viveu e sabe que despertar o espírito lhe traz tudo para sua felicidade. Já somos Jaguares, e temos o poder de plasmar nossos pensamentos em realidade. As palavras proferidas tem um poder incalculável na realização de nossos sonhos e no cumprimento desta jornada.

As chaves são: o equilíbrio de nossa tríplice balança e o padrão vibratório!

Ser Doutrinador, ser Apará, ser Médium!!! Despertar o poder adormecido, a herança abandonada por não saber amar... Aprender a amar!!! É o quê basta! Não importam opiniões e posições. Está em nossas mãos e pronto! Cumpra sua jornada, Jaguar! Desperte para sua missão e seus caminhos se abrirão. Não se envolva em energias que não fazem parte do que deve ter aprendido. Disputas, intrigas e questionamentos são inúteis. Vá ao Templo para trabalhar e depois volte para sua casa. Forme seu lar e traga felicidade aos seus familiares. Dedique-se no seu trabalho material ou abra sua mente para as oportunidades que chegam naturalmente, não importa quão pequenas ou “humilhantes” possam parecer.

Sei que não sou a voz solitária que clama a beira da lágrima da Estrela Candente, somos muitos e aos poucos vamos despertando, cada um no seu tempo. Sei apenas que meu tempo chegou e não posso mais brincar.


Kazagrande

15 comentários:

Somente pelo amor !! Nada mais

Palavras de Grande importância para abrirmos nossos olhos espirituais, assim como abrirmos nossos corações para o verdadeiro Amor, o Amor incondicional. Salve Deus.

Salve Deus!
Trabalhar com amor, cumprir a missão que nos foi confiada.
Que 2015 seja o ano em que o Jaguar se desperte e enxergue a verdadeira essência de nossa Doutrina. Que 2015 seja um ano repleto realizações espirituais. Salve Deus!

Escolhas da vida (Reflexão de início de mais um Ano)
Por que é tão difícil fazer escolhas? Por que não simplificamos as coisas?
Resposta?
NÃO SEI!!!!
Seria tão fácil se escolhessemos viver felizes, nos proporcionando aproveitar ao máximo a simplicidade que a vida nos oferece.
Ter uma família, uma casa para morar, um emprego, está bem espiritualmente e estando bem espiritualmente tudo ao seu redor flui de maneira à só ajudar nos problemas pertinentes aos seus resgates e reajustes que essa vida nos proporciona. Mas invés disso parece que temos a necessidade de endividarmos mais o nosso espírito com as perturbações que causamos a essa vida. Entramos de cabeça nas ilusões materiais e nos deixamos levar nas facilidades que essa vida nos oferece, é um emaranhado tão grande e brilhante que ofusca a nossa mente chegando até a nossa alma.
Aí vem as vaidades, dívidas, inveja, egoísmo, orgulho,...., pensamos mais em TER do que SER. Somos uma fachada reluzente parecida com aqueles arranha-céus espelhados, bonitos, onipresentes, inabaláveis, mas por dentro frio, duro, amargo, recheado de pessoas iguais a ele, preocupadas com seu exterior.
A aparência é tudo! Quando digo aparência me refiro à pessoal e a das coisas que podemos ter para usar e também mostrar (porque não?). Lutamos contra a ordem cronológica da vida, não pensamos em envelhecer saudáveis com aquelas famosas ruguinhas do tempo, magros porque optamos em comer menos, beber menos e se exercitar mais. Pensamos em envelhecer sem rugas, magros através de remédios e dietas malucas e se exercitando freneticamente para recuperar o tempo perdido na nossa bebedeira e comilança que passa despercebida. Mas hoje temos recursos materiais para alcançarmos uma velhice com rostinho e corpinho de trinta anos atrás, custe o que custar, nem que para isso custe o que mais as pessoas vaidosas estimam, que é a própria vida. É a famosa guerra psicológica que a sociedade e a indústria da beleza nos impõem.
Não existe um parâmetro de importâncias para vivermos melhor, não há uma escolha entre o certo ou errado, do material ou espiritual, do ser ou do ter. O que importa é vivermos tudo o que a vida tem a nos proporcionar, ultimamente tenho notado que a importância material tem se destacado mais, sei que estamos nessa vida para viver até esgotar as nossas expectativas, porém o que não sabemos é se precisamos disso tudo para ser pessoas melhores ou felizes. Vivemos a margem de um estereótipo de ser humano que necessita mostrar ao seu semelhante que “eu sou melhor porque tenho mais e posso mais, se você quer ser como eu, tem que me acompanhar”, é um efeito cascata que passa tão sutilmente por nós que não percebemos e logo estamos tentando ter e mostrar aos outros uma essência que realmente não é nossa. Ou será que é...?
A minha escala de importâncias nessa vida mudou drasticamente e por isso ando em conflito comigo mesmo, será que estou certo? Será que tenho que acreditar que não vou Continua...

Continuação...
conseguir ser uma pessoa melhor nessa encarnação? Será que é porque sou ser humano, e por isso passível de erros? Acho que é mais cômodo pensar assim e curtir a vida da melhor forma possível, sem pensar nas conseqüências que posso causar aos meus próximos, aproveitando ao máximo tudo que de material essa vida possa me proporcionar e esquecer que essas conseqüências causam mais carmas e desajustes, que com certeza não afetará só a mim?
Mais uma vez respondo: NÃO SEI!!!!
Porém sei que tenho uma escolha a fazer nessa vida, decidir se continuo lutando contra um todo ou se me deixo levar pelo que seria teoricamente mais fácil, pelo menos tenho essa opção nessa vida, a de escolher a melhor maneira de viver. Será que a melhoria interna? Tentando viver de forma mais espiritual, dentro da moralidade do meu “EU” espiritual, já que hoje sei que o espírito é eterno, pode ser a melhor? Procurando saciar esse pedaço de carne que é passageiro, mas, levando conseqüências inimagináveis para a eternidade. Ou vivendo de forma moderada e cumprindo um papel de resgate ao que nem sabemos que viemos resgatar (graças a Benção Divina de Deus de nos dar o esquecimento das nossas vidas passadas), para que a nossa jornada evolutória seja justa e que possamos viver melhor em sociedade. Ou pensar na melhoria externa e viver a vida dentro da vaidade que esse planeta nos impõe, da necessidade de ter e não ser, receber a vida como uma dádiva de Deus e pensar que a vida é uma colônia de férias e que só o que importa é o que nos é dado aqui. Aproveitar a vida ao máximo cu$te o que cu$tar e quem sabe nesse processo acabar, “por acaso” resgatando o que veio resgatar. Até porque somos seres humanos e sendo assim passíveis de erros e é claro que Jesus vai entender, que os erros são necessários para um aprendizado mais completo.
O mais difícil disso tudo é escolher em errar e não cometer mais o mesmo erro ou errar e continuar cometendo o mesmo erro, sabendo que sempre teremos um Perdão Divino ao nosso favor. Sei que hoje escolhi ser uma pessoa melhor, a minha meta é não descer mais nenhum degrau na escala da minha evolução espiritual, não cometer os mesmos erros do passado por não saber Amar, o mínimo que posso fazer hoje é não fazer nenhum espírito encarnado e desencarnado sofrer por causa das minhas atitudes impensadas.
Aos encarnados tento ao máximo seguir os preceitos Crísticos de Amar, Tolerar e ser mais Humilde e também Perseverar, até porque não é fácil conviver com as facilidades que a encarnação nos proporciona. Jesus é um exemplo de perseverança, com todo seu Amor conseguiu que esse planeta entrasse em uma transição de Provas e Expiações para um planeta Regenerador de Espíritos. E para os desencarnados a Caridade Espiritual a quem nem conhecemos, sem rótulos, sem esperar nada em troca, por simples Amor Incondicional aqueles que sofrem por causa de outros irmãos que por não saberem amar destruíram as esperança de evolução espiritual dos seus irmãos. São aqueles espíritos que estão acrisolados no ódio, na vingança, na raiva e até mesmo no Amor por não conseguir se distanciar da Família encarnada que se formou e por isso sofrem muitos e muitos anos esperando a oportunidade de sentirem o Amor verdadeiro de um Jaguar e conseguirem perdoar e se perdoarem e chegar a Deus Pai todo Poderoso e a seu Filho Jesus Cristo, nosso Mestre Caminheiro.
Salve Deus!!!! Meus irmãos...
George Tavares (Adj. Regente Tagor) Aracaju-Se

Salve Deus!

Pois é meu irmão...
O tempo de brincar já passou, agora a caminhada será cada vez mais consciente para todos aqueles que realmente estão comprometidos com nossa verdadeira missão, com o nosso verdadeiro sacerdócio...
Graças a Deus!

Salve Deus! Interessante Mestre o que diz no final, que é o que digo todos os dias ultimamente ao meu "EU" : chega de brincadeira, a hora é AGORA! Salve Deus e Graças a Deus por me abrir a Consciência e o Espírito a tempo, sinto que estou no tempo limite para cumprir minha Missão e que assim seja com muito Amor.

É como diz nosso Pai João de Enoque:" quanto mais se trabalha, mais trabalho tem" Conscência é Tudo!

Estou muito Feliz por ter feito essa escolha, muito grata a Deus pai celestial por ter me mostrado o caminho. Salve Deus

Salve Deus graças a Deus.
-[Ave luz uma carta de amor]
Itaberaba-ba

Salve Deus,estive na última consagração em Aracaju, tive a oportunidade de conhecer o mestre kasagrande,foi o momento de luz um grande prazer.Obrigado Mestre por suas postagens de conhecimento e esclarecimento,que o pai Seta Branca o ilumene sempre.

Que lindo! Tão terno na essência Divina... continuemos

Salve Deus. Meus irmãos sou um Jaguar Mestre luz, observador desta nova era . Agradeço ao Mestre Kasagrande pelo seu belo trabalho, tenho observado com os olhos que existem bons médiuns levando ao seu sol interior o Amor, a Tolerãncia e a humildade, eu vos digo que mesmo com muitas dificuldades na vida façam a vossa caminhada até que as forças vos faltem cumprindo o juramento que fizesteis na Pira Altar Divino, e lá á frente recebereis a recompensa, ao contrário daqueles que são Jaguares não passando de pacientes de uniformes vestidos com os coletes cheios de títulos emproados de vaidade, poder, arrogância e o pior ainda, fazendo maldades aos irmãos da Doutrina ignorando que aqueles espíritos maldosos das trevas com quem fizeram os pactos lhes farão a cobrança arrastando-os com eles para o Umbral... tristes caminhadas... Que os nossos pais Seta Branca e a nossa Divina Mãe Yara nos protejam sempre e a esses filhos que não se comportam bem eu lhes peço que não sejam mais um fardo pesado para a nossa queria Divina Mãe Yara. Ela não merece esse sofrimento. A todos, desejo Boa sorte para as vossas caminhadas, Origado pela vossa compreensão. SALVE DEUS.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.