quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Povo Delano


No dia 30 de Agosto de 2014, pela primeira vez o Templo de Rio Branco – AC, recebeu a Corte de Consagrações da Doutrina do Amanhecer.

Tive a grata oportunidade de estar à frente desta realização que pode levar a Centúria a este povo do Templo mais distante geograficamente dentro do Brasil.

Depois de 09 anos da fundação do Templo pelo Adjunto Ravan, movimentamos uma corte com 15 médiuns (02 de Santa Cruz de la Sierra – Bolívia, 06 de Cochabamba – Bolívia, 02 de Manaus, 02 de Brasília, 03 de Porto Velho).

Poderia ficar horas escrevendo sobre as emoções vividas... sobre os encontros e reencontros, sobre a magia dos Rituais, a energia fantástica que envolveu a todos nós... Mas esta postagem é para agradecer a este povo do Acre e Rondônia, a oportunidade que tive em poder servir.

Entendo que a função de Subcoordenador, ou Coordenador Regional, é somente para poder auxiliar ao Adjunto da casa. Para promover as Consagrações possíveis, para instruir, repassar a experiência vivida, e, acima de tudo: servir!!!

Eu, minha Ninfa e a pequena Corte que nos acompanhou nesta missão, fomos muitíssimo bem recebidos! A simplicidade, a humildade, o carinho e o respeito, tanto do Adjunto, como de sua Ninfa e de todo povo, permitiu que nos integrássemos com tranquilidade, afinal, somente fomos para poder ajudar! Seja no Ritual ou na louça a ser lavada!

Tudo transcorreu da maneira como aprendi: Com sintonia, alegria, fraternidade e muita, mas muita vontade de estar juntos!

Os Devas foram perfeitos! As Samaritanas impecáveis! O povo acolhedor! A seriedade nos trabalhos devidamente equilibrada com a alegria nos momentos de comer, tocar violão, fazer o “corujão” (o primeiro virou “Bom Dia Acre”... terminou as 9:30 da manhã!).

Parabéns ao Mestre Wesley, Adjunto Delano, pela receptividade e amizade.

Parabéns a Ninfa Lene, pela simplicidade e dedicação incondicional!

Parabéns a todo este povo, verdadeiros Filhos de Seta Branca, que desejam a união e o fiel cumprimento da missão que nos foi confiada!

Obrigado de coração pela oportunidade!

Que o sentido vibrante de união em nossa Doutrina, semeado por Tia Neiva, permaneça em nossos corações e os templos “irmãos” de Cochabamba, Rio Branco e Porto Velho continuem compartilhando a emoção e o encanto da Doutrina do Amanhecer.

Um fraterno abraço,


Kazagrande e Nilma

1 comentários:

ola senhor kazagrande gostaria de saber se tem cm eu adquir comprando ou por downloand o livro OS SIMBOLOS NA DOUTRINA DO VALE DO AMANHECER muito obrigado desde ja

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.