sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Vibrando no Adjunto


Meus irmãos e minhas irmãs,
Salve Deus!

Muitos dos e-mails que recebo são de Mestres e Ninfas que reclamam a respeito de seus Adjuntos. Talvez protegidos pelo anonimato encontrem este canal para um desabafo a respeito de tudo que não consideram correto, ou simplesmente pelas suas diferenças de pensamentos.

Sempre procuro aconselhar que não julguem, afinal nossa Mãe Clarividente sempre alertava que o maior desajuste é o julgamento!

Entendo que muitos, sob a sua ótica e com apenas uma das versões presentes, poderiam ter razão.

Porém nossa Doutrina opera em comunhão com a Espiritualidade e, portanto, recebe uma projeção energética-espiritual de maneira decrescente, é o que chamamos de “Força Decrescente”.

Para que entendam bem: Nossa maior hierarquia física era Tia Neiva – Koatay 108, o topo desta pirâmide. Temos nossos Trinos, as Raízes do Amanhecer, que representam a base da sustentação hierárquica e trouxeram as heranças para a formação do Adjunto Koatay 108.

Ao Consagrar Centúria o médium entra para um Adjunto Koatay 108, que representa a topo da Pirâmide de Forças em um Templo do Amanhecer. Passa a emitir na “Ordem” do Ministro daquele Adjunto e na “Linha” daquele Mestre que o representa.

As forças que manipula partem dali! Vamos refletir... O quê acontece se rompemos a sintonia com nosso Adjunto? Como fica nossa emissão, ou mesmo nossos pensamentos no momento em que estamos emitindo especificamente o nome do Adjunto? Será que estaremos partindo em busca das forças que nos competem ou estarem “interrompendo” o canal por nossa vibração baixar ao recordar do Mestre?

Nossa emissão traz toda nossa procedência, somente é eficaz quando estamos em real sintonia com todos seus termos e “vivendo” cada pedacinho das frases que pronunciamos.

Vamos um pouco mais longe... O que acontece com um componente que vibra contra seu Adjunto? Simples! Choque energético! O desequilíbrio torna-se inevitável! Por vezes a vida material começa a desmoronar... Outras vezes o lado emocional pesa tanto que mal se pode controlar as reações... Ou ainda, espiritualmente passamos a deixar de alcançar todas nossas possibilidades... A força decrescente está interrompida! Salve Deus!

Entendo que muitos podem ter grande motivos para entrarem em choques com seus Adjuntos, mas separem o Mestre, do homem! Procurem entende-lo, respeitar e manter viva a esperança de compreender para poder ser compreendido!

Lembrem que estamos juntos na Doutrina por algum motivo que ainda não desvendamos, e muitos de nós possuem cobranças pesadas entre si. Um Adjunto é aquele que necessitou reunir um povo para melhor reajustar com todos, considerando sempre que por vezes ele é o maior devedor, e em outras vezes... o maior cobrador!

Estamos todos a caminho! Nos entendendo ou não, pois o quê nos uniu foi uma Doutrina Crística, um compromisso firmado ainda nos Planos Espirituais.

Abandonemos as fofocas manipuladoras, os grupinhos e principalmente o desequilíbrio causado pelo julgamento! O maior desajuste é o julgamento! 

Que nosso reajuste possa sempre ser por amor!

Um fraterno abraço,

Kazagrande

10 comentários:

Quando aprendemos a não julgar, E aprendemos a amar nossos irmãos como viemos para ama los, tudo fica mais fácil. É as energias limpas começa a invadir o nosso ser a nossa alma. Quem já aprendeu a não julgar é a amar consegue ver a beleza que interior que existe em cada irmão da doutrina e de pessoas que tsambem não pertence a doutrina. ESTAMOS aqui para aprendermos a AMAR , PERDOAR para EVOLUIR, se não nos esforcarmos, se preferirmos continuar com o coração endurecido com certeza a nossa vinda será perdida.
Ninfa Lua Tagana.

Bom dia,
Meu mestre sempre e em toda parte tem pessoas que vibram positivamente ou negativamente,infelizmente não reconhecem que a maior prova é lutar contra sua própria LÍNGUA.
Bom Início de Semana.

Salve Deus Mestre...

o senhor tem razão... fico doida quando vejo um médium procurando ooutro jaguar para ficar falando do adjunto. Sei que ele nao é perfeito, mas foi o pai que me ajudou a encontrar este caminho. se nao fosse ele nao tinha nem templo e num sei como seria minha vida.

tem uns que nao concordam com algg e saem falando pelos cantos em vez de ir procurar etender as atitudes, espero que leiam o que o snhor escreveu. Ninfa Sol Aganara

Salve Deus ! !E quando e ao contrario? O Adjunto vibrando em cima do seu povo?

Salve Deus! concordo em não julgar mas queria tirar uma dúvida, e quando o adjunto vira as costas pra hierarquia como continuar seguindo? estaria certo trocar um trino pro outro? sendo que os dois são o topo da pirâmide? muitas confusões na região norte precisamos de esclarecimento

Salve Deus!

Romper a hierarquia é romper a Força Decrescente que nos sustenta. Cada Trino foi deixado, por Tia Neiva e Pai Seta Branca, com uma missão específica.

Desejando perguntar mais, envie um email para kazagrande@bolivia.com

Um fraterno abraço,
Kazagrande

salve deus , e quando o adj. preferi da valor ao mediun sem conduta( q bebe , q usa drogas ) , do q da valor pra os que tão na conduta , COMO SERÁ Q A ESPIRITUALIDADE VER ISSO ?

Eu só tenho a agradecer pelos esclarecimentos. Como não temos palestras, precisamos muito desses seus esclarecimentos é assim que tiramos nossas dúvidas. Obrigada
Ninfa lua Ariana

Como dizia meu Ajunto, é Preciso abandonar a velha estrada, e viver literalmente o que pregamos... Do que adiante falar de amor, de tolerância e humildade a um espírito se falamos da boca para fora... Um Adjunto não é perfeito como ser humano, mas o que nos liga a ele é sempre o trancedental, e essa herança, essa bagagem, devemos sempre respeitar... Valeu Kaza!!!

Meste ótimo! Como sempre sus palavras aclaram ainda mais meus medos. Um abraço de irmão!

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.