terça-feira, 26 de agosto de 2014

Do nosso Templo...


Nosso Templo é pouco comum, na verdade creio que é único em suas características, no que dizem respeito ao Corpo Mediúnico.

Em solo boliviano, terra que nosso amado Pai Seta Branca encarnado pisou, formado por pessoas de nacionalidades diversas, já contamos com brasileiros, bolivianos, argentinos e africanos... por enquanto. Os brasileiros são de diversas regiões do Brasil, formando uma miscelânea cultural inimaginável em outros Templos e até mesmo na maioria das reuniões sociais que sempre primam em agrupar pessoas de uma mesma origem.

Ah, também existe outro fator que caracteriza nossa missão por aqui: entre os brasileiros, quase todos são estudantes de Medicina, serão Médicos e Médicas, do corpo e do espírito! Médiuns com cultura, conhecimento e que terão condições financeiras de ajudar também materialmente na obra do lugar onde estivem.

Do lugar onde estivem... Podemos concluir que em seu devido tempo, cada um seguirá seu caminho. Retornando para suas cidades de origem, seus países e carregando uma sementinha do Ministro Anavo.

Por isso não devo, e nem posso, me apegar a ninguém. Recebo a prova do amor incondicional, amando verdadeiramente cada um que chegar e sem sofrer com sua partida. Lembro com saudade, mas sem qualquer tristeza, daqueles que já partiram levando a sementinha do Templo de Cochabamba: Laís, para Santa Catarina; Caleb para o Ceará; Fabinho para a Paraíba; Vinícius para Goiás; Leila para o Paraguai...

Outros Adjuntos poderiam dizer “eu não sou barriga de aluguel para ficar formando médiuns para os outros"... Eu, porém fico extremamente feliz em cumprir esta missão! De espalhar sementes do Ministro Anavo por tantos lugares, assim como espalhar estes pequenos escritos que chegam tão longe.

Este editorial na verdade visava parabenizar nosso primeiro Médium Médico formado: Dr. Hendrick Vieira, que se formou neste ano, e ontem, dia 25/08/2014 recebeu a notícia de que foi aprovado no Exame Nacional de Revalidação de Títulos Estrangeiros, tendo assim seu título aceito no Brasil e podendo solicitar seu registro no CRM (falta o exame prático na verdade, mas este ele tira de letra).

Sei que este Ajanã em breve seguirá seu caminho, ao lado da futura Drª Maiara Xavier, que deverá receber sua titulação junto com minha esposa. Hendrick e Maiara logo serão “papais”, formarão uma bela família, terão todo o conforto que a profissão que conquistaram merece e talvez até percamos contato... mas sei... Tenho certeza: Os Mantras de Luz de suas Iniciações estarão presentes para sempre e aquela sementinha do Ministro Anavo irá florescer onde quer que se encontrem.

Parabéns Mestre Hendrick, parabéns Dr. Hendrick! Conquistaste teu espaço, cumpriste mais uma etapa da jornada que teu espírito escolheu: Médico de Homens e de Almas!

Kazagrande e Nilma

1 comentários:

Salve Deus, lindo depoimento

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.