terça-feira, 24 de junho de 2014

Inesquecível: Um trabalho de Estrela Candente


Milhares de médiuns se posicionam para dar início ao Coroamento. Sem qualquer stress ou reivindicações de posto, lentamente a desordem do começo da fila vai tomando forma. Em poucos minutos forma-se um cortejo que, olhado do alto, parece uma enorme cauda felina... de jaguar!

A chegada aos esquifes mergulhada no silêncio interior de cada Individualidade dá o necessário tom solene do sublime momento que se aproxima.

As mãos são unidas, o mantra da Iniciação é emitido, e Indú Rei vem a nós!

Mergulhados nos esquifes os Doutrinadores e Doutrinadoras impregnam com sua energia o receptáculo de Luz que abrigará espíritos milenares. Formas hediondas, muitos sem qualquer consciência de suas antigas condições físicas e espirituais, são preparadas para este momento e trazidas pelos Cavaleiros e Guias Missionárias.

São espíritos que não teriam em nenhum outro portal do planeta a possibilidade de retornarem ao Caminho Crístico. Somente ali encontrarão a Paz!

Os Doutrinadores e Doutrinadoras se levantam, abrem o receptáculo com a “puxada” e iniciam a limpeza e doutrinação. Camadas espessas de energia pegajosa são removidas e, ao final da curta apresentação, a pequena fagulha da centelha Divina volta a brilhar no plexo daquele irmão. Um gigantesco portal é aberto e uma poderosa Amacê é posicionada para recebê-los em sua forma original. A primeira parte da missão está cumprida!

Então, elegantemente o Sol convida a Lua sob a força incomensurável das águas. Este povo bendito, de heranças tão antigas e evolução tão distante de nossos padrões de explicação mental, vem trazer a desimpregnação do ambiente e dos médiuns, permitindo que outros trabalhos sejam realizados e os médiuns recebam de acordo com sua sintonia.

Obrigado Tia Neiva por trazer até nós esta grandeza!

Obrigado Tio Beto por unificar médiuns de lugares tão distantes para o ideal de servir a Espiritualidade em uma sintonia e respeito profundo pela obra de sua mãe, de nossa Mãe!

Jamais poderei esquecer as Estrelas dos dias 12/04 e 19/06/2014. Que muitas outras possam ser realizadas e que sua vida física seja longa, sua acolhida fraterna e nossa resposta seja o amor pela Doutrina do Amanhecer!


Kazagrande

1 comentários:

Salve Deus! Infelizmente não tive como ir, mas consegui sentir a energia deste grandioso trabalho em suas palavras!
Obrigada, pai, padrinho, estava precisando disso!

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.