sexta-feira, 17 de julho de 2015

FELICIDADE


Meus irmãos e minhas irmãs,
Salve Deus!

É chegado o momento de semearmos a felicidade em nossas vidas. Somente como exemplos da vida cristã, felizes com a missão que assumimos, é que poderemos sermos perfeitos instrumentos para aliviar a dor dos que nos cercam, dos que nos são confiados, dos que nos são enviados e dos que confiam e nós.

É a hora de entender a necessidade do equilíbrio da triplicidade de nosso ser, e pararmos de gerar conflitos pelo extremismo em um único prato da balança da vida.

Precisamos aprender a nos disciplinar, a coordenar e aproveitar melhor o nosso tempo. Saber dividir seu tempo de maneira justa, entendendo as necessidades que implicam a triplicidade de nossa existência, é um dos primeiros passos.

Vamos dar atenção a nossa família! Aos nossos amigos, aos relacionamentos que na maioria das vezes foram programados por nosso próprio espírito. Reservar um tempo, com qualidade, para dar atenção a estes seres que fazem parte de nossas vidas e que nos amam!

Vamos dar atenção ao trabalho material e à saúde de seu corpo físico! É preciso que lutemos pelo conforto e pela tranquilidade material, de maneira a estarmos em perfeito equilíbrio também! Alguns precisam de muito pouco para sentirem-se realizados... outros já precisam de muito mais! Não importa qual é seu caso, o que importa é que se sinta em equilíbrio físico e material.

Vamos trabalhar espiritualmente praticando a verdadeira caridade! Ir ao Templo esquecendo-se das mazelas da personalidade e para dedicar-se ao próximo.

É triste ver como tantos se debatem na missão pelos desequilíbrios na vida material, pelas dívidas, pela falta de um emprego digno... e desta maneira levam ao templo somente as próprias necessidades, esquecendo a missão que assumiram cumprir.

É triste ver como tantos irmãos e irmãs, esclarecidos, conhecedores da verdadeira vida, e da implacável escada evolutiva, ainda vão ao Templo rogar pelos seus relacionamentos, para encontrarem-se com uma “alma gêmea”.

Nada nos faltará no cumprimento de nossa missão se estivermos verdadeiramente em equilíbrio. Quando passemos a dividir nosso tempo com qualidade em cada prato desta tríplice balança.

Se precisa de um emprego, pagar suas dívidas, conforto... Não vá para o Templo ficar chorando para os Mentores. Parta em busca das soluções materiais na vida material! Acredite que você é um ser protegido. Conta com a assistência de tantos Mentores e com o conhecimento a ser compartilhado. Desperte, sinta-se privilegiado como é, faça suas orações e, com o padrão elevado, atraia para você todas as boas oportunidades do dia, todas as boas pessoas que precisam lhe encontrar. Tenha fé também no seu dia a dia, fora do Templo. No Templo não tem emprego ou dinheiro para emprestar, no Templo tem Trabalho Espiritual.

Se precisa encontrar um relacionamento tranquilo de amor, ou harmonizar o convívio que já existe, passe a ser mais afável. Fale de coisas boas, permita que pessoas boas sintam prazer em estar ao seu lado. Permita que as pessoas que lhe conhecem observem seu comportamento equilibrado, seu sorriso, sua esperança seu desejo de servir e vencer. No Templo não tem namoro ou fórmulas mágicas para atrair o amor, no Templo tem caridade espiritual. Quem pode atrair ou afastar pessoas boas, ou despertar o sorriso de quem ama, é somente você!

É hora de despertar! Sinto-me repetitivo ao escrever isso, mas ainda falta tanto e para tantos... Elevem seu padrão! Desperte a cada dia com mais vontade de viver e vencer. É preciso trazer para seu campo mental tudo o quê deseja com bondade, para que seja plasmado espiritualmente e por fim possa materializar no físico.

Todos os dias agradeça aos Mentores, mas agradeça também a si mesmo! Valorize suas qualidades e eleve seu padrão para que elas sejam notadas pelos outros.

É possível! Sim, eu perdi tudo, uma e outra vez... Mas estou aqui, e sou feliz!


Kazagrande

5 comentários:

Sábias palavras! Salve Deus!

...É a hora de entender a necessidade do equilíbrio da triplicidade de nosso ser, e pararmos de gerar conflitos pelo extremismo em um único prato da balança da vida"...

Grande sabedoria transmite esta frase,nos jaguares não devemos perder o nosso tempo, com extremismo, preocupados em qual lado se posicionar. Devemos sim é trabalhar fazendo a caridade ao encarnados e desencarnados , Que sem ter os nossos conhecimentos doutrinários padecem os males de seus carmas,padecendo todas as mazelas deste mundo. E nosso único lado deve ser o do Pai Seta Branca e nossa dedicação em cumprir nossas missões, nossos compromissos feitos a Jesus e acima de tudo prestar a verdadeira caridade com amor, tolerância e humildade.Lembrando sempre que somente o amor é capaz de nos evoluir.

Salve Deus !Que Jesus leve a compreensão aos vossos corações, de suas verdadeiras missões,e do comprometimento em assumir os compromissos, feitos a Jesus e ao Pai Seta Branca .Para que possam partir deste planeta levando a certeza de voltar pra casa, a certeza de chegar até Deus.O amor verdadeiro é a única arma que temos para nos defender e realizar a verdadeira caridade. Somente um coração repleto de amor ,tem a capacidade de espalhar amor.

Salve Deus querido mestre! Sabia que encontraria "aqui" o que eu precisa ver, ler, ouvir.
Vou dormir com essas palavras e acordar com elas. E com isso, buscarei resgatar com mais vontade e empenho as forças necessárias para alcançar a minha vitória.
MUITO OBRIGADA! Mais uma vez e sempre... Que DEUS PAI TODO PODEROSO abençoe a você, sua família e todos os meus irmãos jaguares.
Um abraço fraternal.
Ninfa Grega Lua

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.