sábado, 23 de agosto de 2014

Ação e Reação, ou vingança?


“Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra”. Mateus 5:39

Aí está algo que o homem natural não consegue fazer: oferecer a outra face ao seu agressor. É uma questão de natureza. Seria o mesmo que esperar que um abutre rejeitasse a carne, para comer alpiste. Algo realmente impossível. Assim também é o homem natural, que é movido por impulsos nervosos e instintos primitivos. Às vezes nem precisa que o tapa seja literal, basta um olhar torto, ou que alguém lhe atravesse o caminho, para desencadear uma reação animalesca. Não é isso que acontece no trânsito? Uma simples fechada pode até gerar uma morte. Alguns até conseguem evitar as vias de fato, ficando apenas na esfera das agressões verbais, por questões de etiqueta social, mas, "engolir sapo", "levar o desaforo pra casa"? Pensam: Oferecer a outra face, isso jamais. É sinal de fraqueza, de covardia.

Meus irmãos e irmãs, não é aceitável que um médium, conhecedor da Escola do Caminho, siga intolerante e vingativo! Pelo Divino Mestre já não vivemos mais o “olho por olho; dente por dente”. Deixemos a linguagem da violência, da ignorância. Devemos absorver o conhecimento de que a raiva não é compatível com o que professamos em nossos Templos, e que violência só gera violência.

Vejo nas redes sociais a expressão de muitos sentimentos (entre nós, Jaguares) que fogem por completo de tudo que vivenciamos em nossa vida espiritual. Agressões, ameaças veladas, e muita, mas muita mesmo, “síndrome de vítima”.

“Sentir-se agredido” é muito diferente de ser agredido verdadeiramente. Mas a “síndrome de vítima” faz com que tudo pareça pessoal e agressivo. Não podemos avaliar os sentimentos dos outros! Não sabemos o que se passa em suas mentes, em seus corações, assim, por vezes “nos sentimos agredidos” sem que existisse uma intenção do outro, e pior, geramos uma reação desmedida!

As reações, que alguns dizem ser uma “lei cósmica universal”, são nossa absoluta responsabilidade, e é aí que entra o “dar a outra face”, citado por Jesus. Reagir negativamente somente potencializa o lado negativo de tudo, ao passo que a reação positiva, anula o negativo. Isso sim é uma “lei universal”.

Deixemos de buscar justificativas para nossas reações negativas. Elas não passam do sentimento mais primitivo do ser humano: vingança! Vingança não é reação, vingança é “terra no coração”.

É normal irritar-se, chatear-se, quando tudo não sai como desejamos. Mas porque não questionar a si mesmos? Porque não avaliar o real motivo? Não buscarem nossas imperfeiçoes e nos íntimos sentimentos que moveram nossas atitudes que naufragaram?

Sejamos conscientes! Questionemos a nós mesmos e paremos de choramingar à Espiritualidade respostas que estão dentro de nós!

Não deu certo? Não reaja negativamente! Busque as respostas em você mesmo, antes de sair culpando os outros! Somente reagindo positivamente é que anulamos o mal.

É difícil? Difícil foi a missão do Divino Mestre que mostrou, como encarnado, a possibilidade de poder semear o bem, sempre!!!


Kazagrande

2 comentários:

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.