sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Detalhes do “LIVRO DE LEIS”


Meus irmãos e irmãs, Salve Deus!

O respeito por nossas Entidades, pelos Mentores que realizam o atendimento nos Tronos, deve ser absoluto! Porém, existem “invenções” por conta de uma pretensa “segurança no atendimento” que abandonam a magia do amor que deve existir na união de Doutrinador e Apará na prática da caridade nos Tronos.

Observo e recebo questionamentos por e-mail, a respeito da postura do Doutrinador ao receber a Entidade. Vemos, infelizmente com certa frequência, atitudes que beiram a falta de respeito, por exemplo:

O Doutrinador convida a Entidade e logo após o convite, em pé, atrás do Apará, coloca a mão na frente do Mentor e pergunta quem está presente. Não satisfeito com esta falta de cortesia, ainda fala “Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo” três vezes e pede para a Entidade responder. E para finalizar: “Graças a Deus, vamos atender os pacientes?”.

Salve Deus! Meus irmãos, não estamos diante do Apará!!! É o Mentor que está ali!!! Uma Entidade de Luz, que se reveste de uma densa roupagem de atuação neste plano, para poder prestar a caridade. É preciso carinho, respeito, agradecimento!

Considero uma falta de respeito ficar atrás de uma pessoa e perguntar seu nome, diante de uma Entidade de Luz então...?! Mas, para dirimir de maneira cabal qualquer dúvida podemos recorrer ao Livro de Leis:

Trabalho de Tronos – item 02 – subitem 2.7 – 2.8 – 2.9 – 2.13 (Livro de Leis, última edição, capa preta, revisado pessoalmente pelo Trino Araken)

     2.7 - Logo que a entidade se manifeste, o doutrinador volta a sentar-se, colocando suas duas mãos espalmadas sobre o TRONO, deve saudá-la:
    GRAÇAS A DEUS. EM NOME DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, COM QUEM TENHO A HONRA DE TRABALHAR? ...
   2.8 - A entidade se identifica e o doutrinador deve, também se apresentar, dando seu nome. Caso haja algum assunto a ser tratado com a entidade, o doutrinador deve deixá-lo para depois de atender os pacientes. Somente no caso de a entidade começar a fazer um trabalho de desobsessão do doutrinador, devem os dirigentes aguardar que termine, sem apressar seu andamento, para que, depois, possam ser atendidos os pacientes.
   2.9 - Há casos, também, em que a entidade recomenda que não sejam atendidos pacientes, e aproveita sua chegada ao Trono para equilibrar ou tratar de seu aparelho...
     2.13 - O doutrinador deve estar sempre atento ao trabalho, mantendo uma atitude cavalheiresca com os pacientes, evitando intrometer-se entre o Apará e o paciente...

Salve Deus! “o doutrinador volta a sentar-se, colocando suas duas mãos espalmadas sobre o TRONO” . Respeito! E mais o doutrinador deve, também se apresentar Cortesia! E ainda observem: Somente no caso da entidade começar a fazer um trabalho de desobsessão do doutrinador...  Ou seja, não sabemos em que condições chegou nossa aura para aquele atendimento! A Entidade, antes de começar qualquer atendimento, avalia a aura do Doutrinador para verificar se não existe a necessidade dele receber primeiro uma desobsessão, para que possa estar em condições ideais de trabalho!

Também o Apará pode necessitar de atenção, o aparelho pode necessitar ser reequilibrado ou mesmo ser verificada a impossibilidade de realizar atendimentos naquele dia! “Há casos, também, em que a entidade recomenda que não sejam atendidos pacientes, e aproveita sua chegada ao Trono para equilibrar ou tratar de seu aparelho”.

Não existe isso de dizer “Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo” e pedir para a Entidade responder! De onde tiraram isso??? A recomendação é que OBSERVEMOS se a Entidade não realiza a saudação por três vezes, para que fiquemos atentos a uma possível interferência, nada mais!!!

Não me estenderei mais neste item, para não perder a compostura, pois considero uma falta de respeito com o Mentor e com o Apará, o Doutrinador que não senta ao lado da Entidade para preparar-se para o atendimento! Obviamente não para consultar, as consultas, estas sim, devem ser deixadas para depois dos pacientes, se ainda houver necessidade.

Ainda no Livro de Leis, Trabalho de Tronos – item 02 – subitem 2.16 (Livro de Leis, última edição, capa preta, revisado pessoalmente pelo Trino Araken)

    2.16 -Terminado o trabalho, o doutrinador, sentado ao lado do Apará, agradece a Entidade, e espera que ela desincorpore.

Claríssimo! Sentamos e agradecemos sentados, ao lado da Entidade, pela oportunidade de trabalho! Como que você concebe se despedir de uma visita nas suas costas? Nem precisa comentar, basta usar o bom senso.

Perdoem-me se fui duro nesta explanação, mas quando chegamos ao Livro de Leis, torna-se inquestionável!

Entendo que muitos aprenderam errado, mas a partir do esclarecimento a responsabilidade dobra.


Kazagrande

13 comentários:

obrigado kazagrande por fazer parte da minha vida que deus esteja sempre em sua mente

Falou e disse mani Velho Salve Deus

Muito esclarecedora essas informações sobre o trabalho de tronos. A culpa disso tudo acontecer é pela má formação de doutrinadores, muitas rituais são ensinados as pressas. Presidentes de templos têm que estar atentos a isso. Sou doutrinadora há pouco tempo e fui ensinada a fazer o agradecimento a entidade de pé. Instrutores estão precisando de uma reciclagem você não acha?

Boa colocação! Parabéns pela explicação!

Salve Deus. Obriga tia neiva por ensinar esses filhos queridos em suas jornadas.

Aqui se faz doutrina na essência. Graças a Deus!

Salve Deus meste!
Acredito que ninguém ira se aborrecer, mais sim agradecer pelo zelo que tens pela doutrina, sua missão e pelo cuidado ao retratar essa realidade aos seus irmãos de doutrina.

Vivendo e aprendendo, essa eu não sabia, inventam cada uma! Preto Velho é amor humildade e tolerância, somos tão insensíveis assim para não perceber a imensa diferença de um Espírito de Luz! Preto Velho é lágrima nos olhos, transbordando de compaixão por nossos aís! Preto Velho é consolo, bálsamo curador que revigora nossa infeliz caminhada, Preto Velho é sabedoria! Salve os Pretos Velhos benditos!

Graças a deus meu irmão que ainda existe pessoas como vc que segue arrisca os ensinamentos que nossa mãe deixou.salve deus.

Salve Deus! Mestre kazagrande, é necessário agir com a razão. Tenho notado a descompostura por parte de muitos doutrinadores. Eu mesmo já presenciei Arcanos adentrar sanday e desincorporar Ninfas para levar para outro trabalho. Salve Deus!

Salve Deus

A onde há O Amor, há a compreensão


"Pai João de Enoque"

Salve Deus

A onde há O Amor, há a compreensão.


"Pai João de Enoque"

Obrigado pelo esclarecimento, e muito útil, mas como alguém disse os doutrinadores ás vezes vêm de um mau ensinamento, não por maldade, mas sim por desleixo de quem tem essa responsabilidade de ensinar, eu não sou doutrinador, mas tem cada absurdo que so visto, enfim SALVE DEUS e que Jesus nos abençoe a todos.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.