quarta-feira, 29 de maio de 2013

Texto Novo: Além das Aulas de Apará


Mestre: Comecei agora minhas aulas de Desenvolvimento, sou Apará. Tenho muitas perguntas sobre como funciona minha mediunidade, poderia me esclarecer algo além das aulas?

Meu irmão, Salve Deus!

O Apará tem ao seu dispor um canal direto de comunicação com nossos Mentores. Quando mediunizado, entorpece seus sentidos físicos e entra em contato com a Espiritualidade.

É o portador do Segundo Verbo, da Voz Direta!

É o médium cujas energias se concentram no plexo solar, na região umbilical. A energia ectoplasmática ativa o plexo solar acima da tônica normal, produzindo toda uma série de fenômenos, que resultam neste contato direto com a Espiritualidade.

O sangue afluindo com maior pressão nessa região, empobrece a irrigação cerebral e, com isso, amortece os principais sentidos. A força do plexo solar é transmitida aos plexos vizinhos, proporcionando um espectro amplo de ligação com os chakras.

Quando chega ao Vale do Amanhecer, o Apará apresenta incômodos na parte inferior do corpo, principalmente no aparelho digestivo, rins, bexiga e outros órgãos energizados pelo plexo solar e circunvizinhos.

É muito comum, também, apresentarem incômodos na coluna.

Como conseqüência direta desses males, ele sofre cronicamente de dores de cabeça, tonturas e sintomas semelhantes.

Psicologicamente os sintomas são de fobias, alucinações, insegurança, irritabilidade, emotividade exagerada e até histeria.

A primeira medida, no seu desenvolvimento, é fazê-lo sintonizar com o seu Mentor. Ele é a garantia do equilíbrio do médium.

Convida-se o aspirante a se concentrar, de olhos fechados, de pé, e a respirar profundamente. Mediante a aplicação das mãos, da cabeça para baixo, sem o tocar, o Doutrinador magnetiza o aparelho. Esse trabalho deve ser acompanhado de leve hipnose, através de palavras repetidas. Pede-se ao médium que imagine seu Mentor, e vai-se sugerindo sua presença, mediante chaves próprias.

Na maioria dos casos, o médium incorpora na segunda ou na terceira aula. Se ele apresentar sintomas de angústia, deverá continuar passando nos trabalhos durante o desenvolvimento, para que sejam realizadas as passagens dos irmãozinhos.


Kazagrande

5 comentários:

Mestre Kazagrande Salve Deus!

Excelente esclarecimentos sobre os fenômenos físicos e energéticos que acontecem quando entramos em contato direto com nossos mentores!

Como Apará rosa do Pai Seta Branca entendo perfeitamente as dúvidas e inquietações da nossa(o) amigo(a). No início tudo é difícil, muito subjetivo e extremamente individual. Milhões de sensações, dúvidas e mais dúvidas.

Chegamos a pensar que a missão do Doutrinador é mais fácil que a nossa. Mera bobagem...São missões diferentes e como tal oferecem desafios distintos. Assim como, as experiências e aprendizados.

Por mais difícil que pareça o "algo além das aulas" será construído por você amigo(a) Apará. Você verá que ao conseguir confiar e se entregar às emanações dos seus mentores a magia do trabalho acontecerá naturalmente. Você será contagiado de uma maneira sublime e nunca antes experimentada e também contagiará os doutrinadores e pacientes que de imediato irão agradecer e reconhecer a perfeita sintonia cheia de amor, humildade e tolerância.

Ainda sim as dúvidas surgirão de vez em quando, mas fique tranquilo(a) elas servem para aprimorar nosso aprendizado e tornar nosso trabalho cada vez mais perfeito e equilibrado.

A fórmula? Não existe. Cada Apará tem um jeito diferente e especial de conduzir sua mediunização. Com o tempo você irá descobrir o seu.

Uma orientação? Permita-se, entregue-se de coração e acredite sempre!!!

Espero ter contribuido, desejo muita luz e sucesso na sua jornada.
Fraterno abraço!!!

Obrigada pelo espaço Mestre Kazagrande.

Ass: Michele Mascarenhas
Ninfa Lua



Salve Deus! A 1 Ano comecei meu desenvolvimento no adj. muyatã
No começe quando eu fiz a minha triagem fiquei muito nervoso, confuso ,ansioso
ai o mestre doutrinador me pergunto se eu senti alguma coisa
se eu queria ser doutrinador ou apará
ai eu respondi que queria ser doutrinador
de lá pracá ando muito confuso sem saber o que eu sou
eu apresento muitos sintomas de apará
muitas pessoas já me falaram que eu era apará.
Bem no começo do meu desenvolvimento eu resolvi passar como paciente ai o preto velho falou que eu tinha que fazer desnvolvedor do meu plexo fisico
Ai eu pensei eu já to desenvolvendo, o que ele quis dizer com isso??
De tanto quebrar a cabeça eu cheguei a uma conclusão de que eu podia ser apará
Será que sou apará ?

Meu Estimado irmão,
salve Deus!

Escreva diretamente para o email kazagrande@bolivia.com e poderei lhe responder de maneira pessoal.

Um fraterno abraço,
Kazagrande

Anônimo pergunta: Salve Deus mestre,sou ninfa lua graças a Deus,já estou emplacada e continuo assistindo as aulas de desenvolvimento, amo a doutrina sou feliz em minha missão, gostaria de ser orientada como escolher minha falange, sei que tenho muito a aprender um abraço.

Ótimo texto, muito obrigado, salve Deus!

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.