sexta-feira, 29 de agosto de 2014

As Obsessões – Parte 02



Espíritos Desencarnados

A obsessão por espíritos desencarnados é a mais comum. O espírito encarna, e traz programada uma série de reajustes com outros espíritos desencarnados. A maioria desses reajustes se faz na vida quotidiana do indivíduo, nas mil e uma maneiras que a vida diária proporciona. Os espíritos cobradores se aproximam da área invisível da pessoa, e provocam situações embaraçosas.

Com isso, provocam a dor, e esta libera as energias de que eles se acham credores. Satisfeitos e vingados, eles se afastam. Assim são nossos aborrecimentos e nossos desastres quotidianos. Sempre tem alguém se aproveitando de nossas amarguras e se libertando de nosso espírito.

Essa energia sutil, da qual os espíritos são ávidos, é produzida de duas maneiras básicas: pela dor ou pelo trabalho espiritual, considerando trabalho espiritual toda atitude humana condizente com os princípios Crísticos. A forma mais lucrativa do trabalho espiritual é a mediúnica.

A obsessão começa a existir quando as condições de cobrança são desequilibradas. Ou o espírito cobrado não tem dor suficiente intensa para satisfazer o cobrador vingativo, ou não consegue outra forma da produção da energia necessária para satisfazê-lo.

Nesse caso, o obsessor toma conta da personalidade, na proporção em que consegue romper suas resistências, e a pessoa entra em desequilíbrio. Esse fenômeno pode durar de apenas alguns minutos até uma existência. Até certo ponto de sua duração, a intervenção é possível, no mecanismo da Lei do Perdão e do Amor Crístico. Ultrapassado esse ponto, o indivíduo se torna um esquizofrênico ou um louco total, e acaba por desencarnar nessas condições. O que se passa depois está fora do domínio humano. Salve Deus!

Observem que a obsessão ocorre sempre quando o espírito obsessor consegue nivelar o padrão do obsediado ao que ele mantém! Consciente ou inconscientemente, na maioria das vezes, somos nós que permitimos a obsessão! Baixamos nosso padrão vibracional, nos entregamos a pensamentos negativos insuflados pelo obsessor e formamos uma “corrente”, uma linha direta que permite até mesmo que atuemos como marionetes nas mãos de um manipulador.

Determinadas atitudes, impulsionadas pela obsessão de um espírito desencarnado, podem nos levar a tragédia moral, social, financeira e até mesmo física.

Obsessões sexuais podem fazer perder até mesmo bons missionários.

Obsessões pelo poder destroem os líderes natos e os transformam em tiranos, seja em pequenas e grandes empresas, na política ou mesmo em congregações religiosas.

Obsessões materiais fazem com que o dinheiro seja visto até hoje como algo “sujo”.

A obsessão é sempre negativa e traz prejuízo a todos os envolvidos. Não importa se é uma obsessão romântica ou cheia de ideais, e nem mesmo se está ligada a nossa religiosidade... Assim nascem crimes passionais e também os fanáticos.

Após “permitida” a obsessão, somente com auxílio espiritual ela poderá ser curada! Esta cura deverá processar-se para todos os envolvidos, para o ser encarnado, e para o ser, ou seres, desencarnados, que estejam atuantes.

É importante saber que o ajuste de uma situação obsessiva não consiste, apenas, em afastar o obsessor. A intervenção indevida só transfere o problema para situações futuras, provavelmente piores. É necessário dar, ao obsidiado, condições de pagamento de suas dívidas e proporcionar, com isso, a libertação de ambos – obsidiado e obsessor.

5 comentários:

Quanto esclarecimento este texto nos tras.Salve Deus!

Salve Deus!

Maravilhoso artigo!

Deus te abençoe e lhe permita produzir esses belos ensinamentos por toda a sua vida.

Amém!

Salve Deu mestre, ótimo texto!
Ao ler este texto, imaginei um diálogo em primeira pessoa entre minha personalidade (p) e meu espirito (e), quem sabe dá para refletir nesta história hipotética e compreender um pouco sobre espirito x personalidade.

P -o que é o vale e que ele faz?
E -Uma congregação espiritual que através da lei do auxilio trabalha exclusivamente na cura desobsessiva.
P - cura desobsessiva, sei.. Só isso? Mas e este tanto de trabalho diferente que tem, simbolos, cores, indumentaria....etc, etc, etc... dizem que cada um serve para uma coisa, acho que vc está enganado "E".
E - Sim, no vale há varios trabalhos, mas não esqueça que todos são na linha desobsessiva para várias areas, fisica, espiritual, financeira, material, amorosa, energética para o plexo, evangelizadora, mas resumindo é tudo cura desobsessiva, como voce "P" é teimoso eu poderia citar milhares de aspectos mas só um exemplo, no vale não há entidades que trabalham na retirada fisica de tumores resolvendo o "efeito" nós trabalhamos na causa, porém não vá pensar que a causa de tudo é obsessão... Também não vá desmerecer aqueles que trabalham em outras linhas ou nos "efeitos" por que há pessoas que so acreditam vendo, na realidade um trabalho completa o outro compreendeu, "p"?
P- Ah entendi! Então nem tudo é obsessão, mas então o vale não seria "mais completo" se tivesse outros rituais, pregações em praça publica, etc... Poderíamos expandir, se bem que ai haveria necessidade financeira... mas nossa, ja estou até vendo! o vale seria o futuro das religiões e todos os problemas estariam resolvidos!

E- Deixa de ser "Tolo" "P" você mesmo não dá conta nem de cumprir com todas as suas mínimas obrigações, ontem voce esqueceu sua prece..., deixa de sonho de grandeza por que na sua visão miope daqui a pouco fica frustrado e vai querer "buscar respostas", cruzar corrente, toma cuidado com seu livre arbitrio viu!

P- Não,não, eu entendi, "viajei mesmo", sei que na lei do auxilio tem muita coisa que nao fiz e não faço, o vale já tem muita coisa e eu mesmo nao sigo toda a lei, me dá té um aperto no coração por que em nao conhece a lei do vale nao cura a si mesmo nem tampouco cura coisa alguma... já dizia koatay 108. Mas eu sei que à partir de hoje vou fazer...
E- é mas não vá achando que internar-se no templo vai resolver sua vida...
P- Sim, entendi... equilibrar saude, familia, relacionamento, trabalho fisico e espiritual... viu como entendi?

E- Que bom que voce "pensa" que entendeu, mas nao se preocupe, "eu" o "seu espirito" estou aqui para te cutucar, toda vez que voce sair da estrada, nem que para isso seja necessário eu mesmo te obsediar!!!

P- Salve Deus! meu "espírito", não fale isso nem de brincadeira com a sua personalidade!

E- Salve Deus! mas... é a vida...

Abraços

Muito bom esse artigo. Que Deus, abençoe a pessoa, que o escreveu. E que a cada dia, ela tenha mais conhecimentos e se inspire cada vez mais, para escrever e nos esclarecer, tirando nossas dúvidas e fazendo, com que, aprendamos mais sobre: espíritos obsessores e obsediados.
Salve Deus!

Salve DEUS.... Esclarecimento doutrinário o é isso que se dispõem com o Mestre Kazagrande. Salve DEUS. O agradeço desde o dia que DEUS me encaminhou ao tempo a 4 anos atrás até a data de hoje, sempre presente em minha vida doutrinaria. tirando duvidas e esclarecendo a essência do Amanhecer. Salve Deus.

Anderson Pessoa
Jaçoã do Amanhecer
Goiana-PE

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.