Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

KARMA E MEDIUNIDADE

Todos nós, salvo raras exceções, como por exemplo dos espíritos missionários que, às vezes, encarnam neste planeta para auxiliar no desenvolvimento da humanidade ou para auxiliar no resgate de um ser amado e querido, a maioria se encontra aqui neste mundo em função de nossos reajustes kármicos, em função de espíritos a quem, de alguma forma, prejudicamos no nosso passado transcendental.
Esses espíritos tanto podem tanto encontraram-se no plano espiritual (etérico), na forma de obsessores, em nossos próprios corpos,  transubstanciados em elítrios; ou então encarnados, em nossa família, em nossos trabalhos ou em outro lugar esperando a oportunidade do encontro para o "acerto de contas", ou melhor, para o reajuste final.
A esse compromisso transcendental, que representa a lei de ação e reação, afirmamos ser o nosso carma.  Palavra essa originária da raiz hindu, ou indiana. É através do carma que sofremos os desajustes de nossa vida, ou seja, que surgem os conflitos, a dor e o sof…

Os Pacientes Desencarnados

Nossos Templos estão cheios, meus irmãos e irmãs! Salve Deus!
Existem filas imensas de espíritos em busca do atendimento espiritual. Não podemos apenas pensar nas cobranças e reajustes, é hora de olhar com os olhos do espírito e compreender a quantidade de irmãozinhos em busca da oportunidade de seguirem uma nova jornada.
Chegam cansados, revoltados ou agradecidos, desiludidos ou esperançosos, mas todos carentes e, consciente ou inconscientemente, em busca da verdadeira caridade praticada em nossa Doutrina: o atendimento desprendido, sem pretensões, sem custos e realizado em prol do desconhecido.
Recém-desencarnados, amparados pelos seus Mentores, conduzidos à Mesa Evangélica para receberem os fluídos necessários e poderem partir em busca de seus verdadeiros destinos espirituais.
Irmãozinhos perdidos pelas ruas do etérico, que se ligam a pacientes de mesma sintonia vibracional e, pelas bênçãos de Deus e influência dos Mentores, chegam a nossa casa e recebem a inesperada oportunidade de e…

Revisado - Cisman de Irechim (Carta da África)

Há milênios, um grupo de Grandes Iniciados se reuniu, na África, formando um centro emissor de luz, de energias fantásticas, que eram emitidas para diversos pontos da Terra - o Oráculo de Ariano, que significa Raízes do Céu. Mas a vaidade tomou conta deles, e os sacerdotes se acharam tão evoluídos e poderosos que foram se afastando de Deus.
Com a decadência, a Raiz que alimentava aquele povo foi recolhida pela Espiritualidade Maior. Tendo sido recolhida a chave mestra, uma porta foi fechada e outra velada. Isso quer dizer que restou apenas uma esperança, já que uma porta velada pela Espiritualidade jamais será reaberta.
As forças manipuladas pelos sacerdotes já não eram originárias daquela Raiz, e isso gerou o feiticismo, grande perigo do saber demais sem a assistência da Espiritualidade Maior. As grandes luminosidades foram veladas, a porta se fechou, e todo aquele antigo esplendor se perdeu, passando eles a manipular forças nativas neutras em simples correntes magnéticas.
Surgiram, …

Mylena

No próximo mês o Exílio do Jaguar deverá completar oficialmente 1.000.000 de visitas! Oficialmente, porque em números de acessos múltiplos internos não registrados, já superamos esta marca há bastante tempo.
Longe de me envaidecer, sinto o peso desta responsabilidade em fazer parte da jornada de tantos irmãos e irmãs. Entendo perfeitamente a confiança depositada e o quanto representa, espiritualmente, escrever com desprendimento, sem sectarismo e preferências.
Nesta caminhada, ao longo de dois anos de publicações e de mais de três anos no “exílio” voluntário nestas terras abençoadas que Pai Seta Branca encarnado pisou, foram inúmeros contatos por e-mail, mensagens e telefone. Quase mil textos, mais de 9.000 e-mails respondidos e 6.000 comentários. Ainda dois livros oficialmente publicados e outros três em fase de finalização.
Muitos, silenciosamente e anonimamente, acompanham este trabalho, esta missão que por ora me é confiada. Outros escrevem, participam, contribuem, desabafam, choram,…

Aos mais jovens...

Fiquei sozinho no mundo muito cedo. Não tive a feliz orientação de um pai durante os principais anos da formação de meu caráter. Para muitos a “liberdade” da vigilância paterna é considerada um grande alívio. Fazer o quê quer, na hora que quer. Comer o quê sentir vontade, ir aonde outros não podem, parece um sonho!
Mas como nos enganamos com essa liberdade. Descobrir a vida por si próprio, sem contar com exemplos, e experiência, é uma tarefa quase impossível após passar o deslumbramento inicial.
Precisamos de referencias, de descobrir valores, de saber o quê vamos encontrar quando pisamos em um solo desconhecido. Mesmo que não acreditemos no quê nos dizem, ou que nos achemos muito mais capazes do que aqueles que insistem em nos alertar.
Cinema, televisão NÃO é vida real. Na vida real, as pessoas têm que deixar o barzinho ou a boate e ir trabalhar. A vida não é fácil, acostume-se com isso. Celular, tênis e roupas caras, carro, visitas constantes aos shoppings, etc. Não são seus direitos. …

D A N I E L

O Sol entrava pelas frestas das tábuas da Casa Grande, e eu pensava comigo: quando é que Neiva vai mandar consertar esses buracos? Nisso, ela entrou na sala, falando em tom de raiva, e pensei: Pelo jeito, no mínimo, matou um dos meninos...
A Casa Grande era um milagre de arquitetura e decoração. Num lote padrão de Taguatinga, felizmente um lote de esquina, era um barraco alongado e esticado pelos quatro pontos cardeais. Telhas de toda espécie, madeiras que já haviam conhecido outras situações arquitetônicas, e outros materiais. Nela viviam, exatamente, sessenta e três pessoas, incluindo o cronista. As idades variavam de um a sessenta anos, de ambos os sexos.
Uma diferença na altura do assoalho e um tabique delimitavam o orfanato e a casa de Neiva. Usava-se a palavra orfanato, mas era proibido usar-se a palavra órfão, a não ser para o Zé Órfão. Ele havia chegado junto com outros meninos e, no meio deles, havia dois chamados José. Um deles tinha perdido os pais e a turma se penalizou porq…

Choque de ânimo

Estar encarnado é um merecimento, pois nem todos que desejam, conseguem, a oportunidade de voltar, nesta mudança de ciclo planetário, para concluir seus reajustes e obter a condição evolutiva nas leis da Escola do Caminho.
O momento é de grande festa por esta oportunidade! Estamos em um momento em que o perdão se sobrepõe ao “necessário dente por dente” que imperou neste planeta durante séculos. Temos a possibilidade de semear, pela prática, o perdão e obter nossa própria remissão kármica.
O sentimento de “estar desanimado”, “apagado” e com parcas perspectivas para a vida física (material), psíquica (emocional) e espiritual, somente podem imperar pelo desconhecimento, ou mesmo “esquecimento”, de tudo que temos nas mãos.
Não escrevo para que se conforme com o quê a vida lhe apresenta e siga mansamente sua jornada... Não! Escrevo para que desperte para as possibilidades reais ao seu redor!
Temos a consciência de que pelo padrão vibracional podemos atrair as oportunidades certas, que sempre …

Segunda Turma de Araken

Ah!!! Esses Jaguares!
Espíritos com tantas passagens por este plano físico e com tantas heranças acumuladas, e ainda sofrem com suas tramas kármicas.
Possuem um sentimento intenso que só consigo definir por saudade... Saudade de um lugar que não sabem se conhecem e de pessoas que ainda não encontraram... Saudade de casa!
Um certo vazio no peito quando rodeados de tanta gente.
Um amor tão grande sufocado pelas teias kármicas de tantos compromissos assumidos.
Alguns se apagam, se angustiam, sofrem por não se compreenderem, e acabam apontando suas armas contra o próprio  peito.
Outros se descobrem entre irmãos e dedicam-se ao trabalho espiritual, única fonte de real realização para os que sentem o clamor do espírito.
Vivemos juntos em outras eras... Endividamo-nos mutuamente e reencontramos como irmãos vários dos grandes desafetos do passado, porém agora na roupagem de missionários.
É preciso resistir aos impulsos de cobrança, de reajuste, e ver o outro como irmão.
Amar como a abnegada mãe que no…

Trabalho e Divisão

Não faz muito tempo que um Adjunto Arcano aproveitou a oportunidade de estar com Pai João e perguntou:
- Pai João, que vai acontecer com nossa Doutrina? Esta separação sem sentido, as disputas por poder, uma inconcebível política dominante, mudanças no que foi deixado por Koatay 108... 
Continuou as reclamações por mais 8 minutos, sempre enfatizando sua real preocupação com o que poderia passar com o futuro da Doutrina.
Após deixa-lo desabafar e colocar para fora toda a energia que o afligia, pacientemente, mas com voz firme Pai João perguntou:
- Meu filho, antes de lhe responder, vou lhe fazer algumas perguntas: A Mesa Evangélica está funcionando agora? – Perguntou Pai João.
- Sim, meu pai. – Respondeu o Adjunto
- E aqui nos Tronos, ainda tem pacientes para serem atendidos? – Continuou Pai João.
- Sim, meu pai.
- Sei... Está tudo funcionando direitinho então?
- Não, meu pai! Tem muita gente do lado de fora falando deste momento delicado que passa a Doutrina. Tem gente posando de paisagem par…

Banho de descarrego

Mestre Kazagrande, gostaria de compartilhar com o senhor uma dúvida e pedir sua orientação. É em relação a minha vida amorosa, conheci uma garota por quem me apaixonei de cara e ela também disse estar apaixonada por mim, porém tão logo começamos o relacionamento ele acabou e nem sei por que... Perguntei a uma entidade e ela disse que o motivo foi causado por mim mesmo, pelos meus pensamentos em desarmonia. Na verdade minha vida amorosa nunca foi boa, sempre que me interesso por uma garota o relacionamento não vai pra frente. Um irmão de doutrina que lê cartas disse que existem uns trabalhos de banhos que me ajudaria, uma vez ele colocou o baralho pra mim e quase tudo aconteceu. Estou em dúvida se devo ou não aceitar esse trabalho de banhos, não seria cruzamento de corrente? Ou falta de fé nos meus mentores? Ajude-me, por favor.
Meu Estimado irmão, Salve Deus!
Nossa vida é tríplice: somos espírito, alma e físico, reunidos neste terceiro plano em busca de reequilíbrio, reajuste, aprendiza…