sábado, 17 de outubro de 2015

Valores Espirituais


Todo nosso acervo doutrinário foi trazido diretamente dos Planos Espirituais por Tia Neiva.

Nada dentro Templo é insignificante ou sem uma função específica. Cada cor, cada objeto, cada posição, tem uma razão de ser e não deve ser alterada, pois não temos mais a Clarividente entre nós. Nem sempre sabemos os reais motivos de cada arrumação, mas devemos ter a consciência de que foi assim deixado por uma razão coerente e concernente à Espiritualidade.

As velas têm uma razão de ser e não podem ser desprezadas. O tule cumpre um importante papel. A localização dos quadros, o uso do defumador, da água, do sal, do perfume, nada é sem sentido ou sem uma explicação plausível.

Os desenhos na Pira cumprem um papel e tem um simbolismo que não pode perder-se pelo desconhecimento.

A iluminação, o modelo dos Tronos, da Mesa, do Radar! Os formatos dos bancos da Junção e Indução, a distribuição dos médiuns na Linha de Passes, na formação da Mesa Evangélica.

A maneira como se entra nos Tronos, como se aplica o Passe Magnético. Qual o médium adequado a  cada trabalho e qual a real função de cada missão assumida como Filho de Devas, Cavaleiro da Lança Vermelha, Comandante Janatã... etc...

Não digo com isso que todos devem saber tudo, mas recordo a grande responsabilidade que pesa sobre os ombros dos que se posicionam como dirigentes desta Doutrina! Estes devem, precisam saber, conhecer e ensinar sempre que procurados.

Podemos participar da Estrela sem saber por que mudamos de lado (Doutrinador e Apará) ao ingressar nos Quadrantes, mas quem deseja ser Comandante tem a obrigação de saber.

Podemos entrar no Templo e trabalhar livremente sem questionarmos o porquê de cada coisa, mas quem constrói uma obra, quem se propõe a ser líder, dirigir ensinar, instruir, tem que ter o conhecimento. Tem que saber responder se questionado!

Não basta copiar de outros Templos, tem que saber o que faz, entender o que está fazendo, para que possa compreender a necessidade de preservação.

Podemos trabalhar na Mesa sem saber por que se usam as velas ali, mas o Comandante precisa conhecer o significado e a importância para preservar a responsabilidade em cumprir o Ritual com perfeição.

Não podemos perder estes valores espirituais! Não podemos sair alterando pela conveniência ao bel prazer ou ceder às facilidades de fazer "da maneira que der"! Tia Neiva ofertou sua existência para trazer dos Planos Espirituais formas e Rituais em perfeita simetria com o Mundo Espiritual que via com clareza!

Não podemos dar, nem alterar, o que não nos pertence e tão pouco criar sem conhecer a origem.

Sei que a maioria dos que acompanham estes pequenos escritos no Exílio do Jaguar já conhecem quase todos os assuntos abordados neste texto, mas pergunto: quantos ignoram por completo grande parte das respostas? Quantos que alteram, por completa ignorância, aquilo que com tanto sacrifício nos foi deixado? Quantos que possuem o conhecimento e vão esquecendo sem antes terem semeado outras mentes, sem terem distribuído?

Aprendamos para poder ensinar! Vamos resgatar nossos valores espirituais e fazer o correto, como nos foi deixado.

Podemos seguir com nossos trabalhos sem questionar, sem nos instruir, e não fará mal, se não alterarmos nada. Mas a quem muito é dado, muito será cobrado. Quem deseja ensinar tem que ter aprendido para compartilhar.

Kazagrande

8 comentários:

Salve Deus mestre, por este texto maravilhoso. "Podemos seguir com nossos trabalhos sem questionar, sem nos instruir, e não fará mal, se não alterarmos nada." O pior é quando não aprendemos, não estudamos, criticamos e acabamos mudando tudo, dando um novo sentido, um sentido errado, ao que nos foi deixado. A minha pergunta é: A culpa é do mestre consagrado ou de quem o consagrou? Salve Deus

Salve Deus, Mestre!
Um texto explicativo, esclarecedor e de advertência principalmente para os Mestres que desejam ser Instrutores e e aos que por missão dirigem um povo.
Mas no meu caso que sou ninfa lua e gostaria de saber o por que de tudo o que o senhor comentou no texto, nao por curiosidade mas por sede de conhecimento.Até porque as vezes me pego questionando se estou fazendo as coisas certas como a Tia deixou.A Doutrina do Amanhecer é atípica nós já sabemos e por isso somos questionados a todo momento por pessoas estranhas a Ela. Considerando também Mestre que em todos os Templos existe um faz assim e o outro faz de outro jeito e quando questionamos por que é diferente em um Templo e em outro respondem que é a Lei do adjunto, só esquecem de complementar que o Adjunto é responsável pelos seus atos e deles a Espiritualidade Maior prestará contas com ele e com seu povo. Bem eu entendo assim, não sei se estou errada. Mas enfim, Mestre Kazagrande podemos ter acesso a esses estudos e eles estão reunidos no livro de simbolos? ou em outros escritos? Desculpem as dúvidas mas estou tentando melhorar e aprender. Grata pela atenção.

Salve Deus Mestre, quanto mais aprendemos, maior a nossa responsabilidade sim, mas a dificuldade de explicações para tudo que a Doutrina nos traz ainda é muito grande. Eu acho que fazem muito mistério daquilo que todos deveríamos saber, para melhor aproveitar esta maravilhosa oportunidade de trabalhar em prol da espiritualidade maior e nos aproximarmos de Deus! Contamos sempre com sua ajuda neste exílio de tanta luz. Obrigado por compartilhar conosco esse acervo de ensinamentos. Margarete Villela

a banalização da doutrina e justamente por essa enxurrada de abertura de templos com presidentes despreparados que jogam consagrações nos ingressantes e sem falar na criação dessa divisão que so aumentou a deformação dos ensinamento que a tia deixou!! hoje a doutrina sendo comandada de forma que visa so lucro, e criando falanges pra assumir a missão de outras falanges, por isso a doutrina esta nesse cada um por si e deus por todos!!!

A questão não "muito mistério daquilo que todos deveríamos saber"... A questão é que poucos são os que sabem, de fato das coisas da doutrina. E os que pensamos que sabem, a deturpam deliberadamente!
É lamentável, mas aqui no Templo Mãe, é o que mais se ver.
Abraços

Uma sugestão Mestre kazagrande, um livro neste sentido seria de Grande valia ao mestrado.

Mestre, aproveitando o tópico: estando um arcano representando Reino Central, e o mesmo pertencer ao mesmo adjunto, teria que emitir em missão especial?? Grato.

Salve Deus meus irmãos.
Sempre leio os textos do mestre kazagrande,que são na minha nha humilde opinião emanados com muito amor e carinho. Acredito eu em minha ignorância humana que somos todos feitos da mesma matéria sujeitos as mesmas leis fisicas, e assim a suas reações, mais somos um conjunto de individualidades a procura de nossa luz interior, nossa passagem de volta para casa, mais como conseguir isso. Acredito eu que somente através do amor só o amor pode nos co duzir ao encontro com nossa individualidade só ele tem a chave para nossa tolerância humildade. Acredito que em todos os templos pai seta branca e mãe yara são os mesmos.
Somente a caminha realizada vai nos dar sentido quando chegarmos ao destino. E não podemos analisar aquilo que não fizemos. Salve Deus meus irmãos eu acredita humildemente que as coisas boas acontecem mais fácil quando vibramos positivamente juntos pós juntos somos muito mais fortes. Acredito eu que o maior acervo está dentro de nos mesmos dentro de nossa razão nosso amor e sinceridade com nos mesmos. Abraço fraterno a todos salve Deus

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.