segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Desequilíbrios


Mestre, muitas vezes ao chegar em casa, após trabalhar no Templo, com grandes e harmoniosas realizações espirituais, deparo-me com o marido de cara amarrada, o filho desobedecendo ou algum outro fato gerando uma total desarmonia dentro do lar. Como é possível? Não deveria ser o contrário?

Minha Estimada irmã, Salve Deus! 

Nossa vida baseia-se em equilíbrio... E nosso equilíbrio não se dá pela balança tradicional de dois pratos, que vemos representada nas figuras. Nossa balança de equilíbrio tem três pratos: espiritual, emocional e material.

Para que se posicione: Espiritual – Seus trabalhos na Lei do Auxílio, as orações, o perdão e o amor condicional; Emocional – As coisas da alma e da mente, suas emoções, sentimentos e pensamentos, a família; Material – Cuidados com o corpo físico, a vida econômica, trabalho, e tudo mais que envolva a parte física do encarnado.

Qualquer área que seja esquecida, ou qualquer uma delas que seja priorizada em detrimento das outras, leva ao desequilíbrio e suas nefastas conseqüências.

Não podemos trabalhar espiritual e esquecer a família e o trabalho material. Tão pouco dedicarmo-nos à vida familiar, sem priorizar o conforto proporcionado pelo trabalho material e a harmonia da vida espiritual. O mesmo desequilíbrio se dá quando nos dedicamos aos ganhos materiais, esquecendo a educação dos filhos e da vida espiritual (pequenos exemplos apenas, há muito mais).

Temos que ter pesos que sejam colocados de maneira a manter uma vida que atenda a todas estas prioridades. O emocional tem que estar bem, com a família, com o coração... O material tem que estar progredindo e garantindo a necessária tranquilidade, para dar tempo ao espiritual que complementa esta balança.

Nada adianta trabalhar espiritualmente e deixar a família abandonada, esperando... Os filhos sem ajuda no dever de casa, a esposa com ciúmes pelos horários de retorno, ou o esposo mal cuidado e sem jantar após um dia que dedicou seu trabalho pelo bem da família. Não podemos dedicar ao trabalho espiritual e esquecer as responsabilidades materiais que garantem nosso sustento e o conforto que sim, merecemos! Temos que trabalhar ou dedicar-se da mesma maneira em procurar o emprego. Temos que dar atenção e afeto aos que nos são confiados. Temos que ter no trabalho espiritual a representação da caridade e desprendimento em favor do próximo, pois vamos ao templo não para arrumar nossa vida ou para nossa família melhorar. Vamos ao Templo exclusivamente para praticar a caridade e nos doar aos outros. Somente receberemos bônus espirituais, de acordo com nossa sintonia, intenções e merecimento, e estes de nada servirão para nossa vida material ou emocional.

Somos seres tríplices e esta triplicidade tem que ser aceita e respeitada, sob pena do desequilíbrio daninho em qualquer um dos pratos da balança.

Deixo estas palavras, ainda sem correção, que se tornarão um novo texto, para sua reflexão e conclusão pessoal.

Um fraterno abraço,
Kazagrande

5 comentários:

Mas metre se tentamos fazer tudo direito dar atençao a todos tentando mostra nosso carinho,que precisamos trabalhar espiritual,tudo de acordo com nosso entendimento e mesmo assim so ouvimos criticas e jugamentos,como fazer e agir.deixamos tudo pronto e nada de sorrisos so reclamaçoes.

meu amigo jaguar , hoje fique muito triste e me desequilibrei porque no meu serviço por mais que faço a chefe acha que não está certo e que não tenho compromisso com o meu trabalho - ora, se eu não tivesse compromisso eu não correria tanto para chegar no horário certo - isso porque já tenho mais de 30 anos de serviço público federal e procuro fazer as coisas certas e não tenho siquer um muito obrigado - está ótimo - Salve Deus! saí de lá sem graça nenhuma com ninguem - não desejei mal a ninguem porem não quis conversas - vejamos, ela não elogia ninguem muitas das vezes só reclama - isso com todos da equipe de trabalho - Salve Deus.
Daí eu te pergunto? por que tanta indiferença? as vezes eu penso em desistir do vale - amo a Doutrina - mas há muito tempo que fico confusa com conflitos e percebo figuras obssessivas - forças contrárias as Leis de Nosso Senhor Jesus Cristo - meus pais eram kardecistas - meu filho mais velho deixou o kardek e hoje se encontrou na Igreja - Graças a Deus - o mais novo deixou o Vale e o Kardek e tb a Igreja - gostaria que ele se encontrasse - aí eu fico pensando: vou ao Vale aos domingos e cumpro a minha tarefa, digamos assim, fico feliz e muitas vezes me deparo com muitas provações - no trabalho, com colegas de trabalho, com filhos e outras coisas mais - aí eu pergunto? será que eu não estou errada? será que eu tenho que me afastar para que esses irmãos que muitas das vezes me deixa intranquila, pertubada , possam se sentir vingados? daí eu sinto a presença de meus mentores - é como se eles quisesse falar alguma coisa, mais eu fico na dúvida - por causa da minha desarmonia - Salve Deus Mestre Jaguar é um desabafo - Salve Deus

Esse é um assunto muito curioso para nós médiuns. Digo isso, por que o médium da doutrina do amanhecer não pode esquecer que, primeiramente, ele chega à doutrina e é instruído a se conhecer, se curar... A partir daí ele começa a trabalhar na LEI do Auxílio, que como sabemos, é ajudar o próximo sem nada pedir em troca. Fazendo isso, de acordo com os nossos mentores, na verdade estamos ajudando a nós mesmos.
Ora, se temos a consciência do trabalho realizado com amor e dedicação, por que ainda nos deparamos com uma situação com essa, citada a cima? É aí que está o segredo INICÍATICO. Às vezes, é nesse momento, que a nossa humildade e tolerância são testados para que as nossas VÍTIMAS do PASSADO, aproveitam o melhor momento da sua INDIVIDUALIDADE para fazerem as suas cobranças... Nossa! Quem não passa por uma situação dessas?
Agora, mais do que nunca a sociedade pergunta e nós somos obrigados a responder, com diz uma "cartinha", somos obrigados a responder com doutrina, por que às vezes o silêncio nesses momentos faz o próximo perceber alguma coisa diferente em nosso comportamento. Isso é tolerância. Talvez, quem sabe, um grande ensinamento que logo será percebido silenciosamente...
Eu acho que a verdadeira doutrina é praticada nesses momentos.
Não podemos deixar outra melodia nos ludibriar a mente, tentando distorcer as coisas. Se não, todo o trabalho terá sido inútil.

Salve Deus!
Obrigado pela oportunidade.

Mestre Lua, 5ºyurê.

salve deus!sou uma mae extremamente presente com meus filhos,dou carinho,cobro estudo e estou vendo otimos resultados,meus filhos sao uma bençao para mim.tenho uma vida material tranquila,graças a deus.tenho conciencia da seriedade dos trabalhos no templo,sou uma ninfa assidua,e trabalho sem esperar nada em troca.mas mesmo assim é uma caminhada ardua e dificil.acredito em roupagens que vai de 80 a 90 dias e nao em desiquilibrios, salve deus, fale um pouco sobre essa roupagem.obrigada

Salve Deus! Nós jaguares ao passarmos pela iniciação DharmaOxinto, e pela cênturia de Arakém,não temos mais tanto livre arbitrio como imaginamos ter.Talves em um curso de sétimo ou até mesmo em uma reunião, vários jaguares já ouviram algum mestre dizer que somos um grupo que se prepara não para se esquivar de problemas, mais para enfrentá-los, pois somos uma tribo que se espiritualizou muito antes do mestre Jesus descer neste plano.Se nos direcionamos a um trabalho espiritual, e ao final em nossos lares, no trabalho ou em qualquer situação negativa que se apresente depois que atravessamos os portões do Vale, imediatamente devemos colocar o nosso coração de joelhos, e sermos humildes diante de Deus, pois para nossa própia segurança, não enchergamos além daquilo que o neutrôm nos permite.Jaguares uma situação que ocorre, tentando nos desequilibrar apois um "maravilhoso" trabalho,devemos neste caso é agradecer a Jesus, não sabemos quantos seres voltaram a Deus, utilizando os fluidos gerados em cada uma destas situações. Meus irmãos a única saida é amar incondicionalmente, para que esta grossa nuvem negra que nos impedem de enchegar com os olhos da individualidade, seja dissipada. Um fraterno abraço em todos os irmãos da terra, que a paz de nosso senhor Jesus Cristo encontre acesso no coração de todos. Salve Deus ! Um Doutrinador

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.