terça-feira, 29 de maio de 2012

Agradecimento Especial


Não posso deixar de registrar aqui todo meu agradecimento ao povo do Templo Olamor, de Vila Velha, Espírito Santo. Salve Deus!

O imenso carinho da recepção calorosa, proveniente do Presidente e sua Aponara e de todos os componentes, dos mais diversos Adjuntos, dos “branquinhos” aos Comandantes, encheu este coração exilado da pátria mãe de profunda alegria e gratidão.

Não é possível me envaidecer, pois tenho total consciência da grande responsabilidade que implica estar presente na jornada de tantos irmãos e irmãs, que acompanham estes pequenos textos e que esperavam com grande entusiasmo o novo livro.

Não posso parar, não posso permitir que o orgulho contamine a beleza dos encontros e reencontros, proporcionados por textos e mensagens que não me pertencem. Pertencem a todos nós, Jaguares, irmãos em Cristo Jesus. Sou apenas um imperfeito instrumento buscando maneiras de cumprir a missão que por ora me é confiada.

Ficarão registradas em meu espírito lembranças difíceis de narrar, pois envolvem uma emoção intraduzível em palavras, capaz apenas de ser compreendida por que as vivenciou e sentiu. Porém esforço-me, para aos poucos, ir marcando nestas linhas um pouco da gratidão. Como é importante agradecer, mesmo que pareça desnecessário, agradecendo elevamos o espírito e emitimos amor!

A Ninfa Yuricy Valéria, que se deslocou de Minas Gerais apenas para receber o livro, como uma verdadeira mãe, abraçando-me com maternal carinho e emoção. Sentindo a realização “de um filho”.

As jovens Shirley e Milena, de enfrentaram mais de 2.000 quilômetros, saindo de Tocantins, para dar-me a oportunidade de apadrinhar a Iniciação de uma aspirante! Milena: você é minha filha adotiva!

Ao Mestre Lua Ezequiel, que anteriormente já havia ido até a Bolívia para o lançamento do primeiro livro e que novamente esteve presente no Espírito Santo, saído a partir de Brasília.

A tantos irmãos e irmãs de outros Templos, que sequer tive a oportunidade de conversar, mas que com um fraterno abraço transmitiram toda a energia que este Jaguar Exilado necessita para perseverar sempre!

Salve Deus! Adjunto Olamor, Mestre Lélio e Ninfa Alzinete! Obrigado, obrigado, obrigado! Pelo carinho e pela receptividade tão intensa, extensiva a minha Ninfa, que até agora se emociona ao recordar de vocês.

Salve Deus! Adjunto Numanto, Mestre Juliano Leite e Ninfas Rita e Maby! Obrigado de coração! O único que consigo dizer é que os tenho como uma extensão da família: os amamos de coração!

Meu compadre Mestre Paulo Mairink e sua Ninfa Karli... Que posso escrever? Nada que escrevesse seria capaz dar a mínima noção de nosso, amor, gratidão, carinho, respeito... Entregamos a vocês nossa pequena estrelinha para batizar já prevendo o quanto nossas famílias seriam unidas.

Raphael Colona, meu irmão!

Vitório, Elizete, Reinaldo, Francisca, Helena e dona Nair... Quem explica a ligação?

Margarete, Marília, Junia... Nunca esquecerei o olhar e o sorriso do fraterno reencontro!

Tantos que nos receberam com igual carinho e não conseguiria citar a todos, mas que recebam nesta hora minhas preces, minha sincera e grata vibração de amor incondicional.

Tenho muito mais para registrar, muitos outros para citar, mas a emoção já impede de continuar. Recebam este forte e fraterno abraço, com toda gratidão e carinho que se consiga anexar nestas simples palavras!

De coração, obrigado!

Kazagrande e Nilma

2 comentários:

A recíproca é verdadeira para com todas as palavras emitidas em nosso favor meu irmão! Seu trabalho e qualidades me mostraram um caminho a seguir em prol do que seja bom e produtivo para a doutrina do Estado do Espírito Santo! A jornada é árdua e por vezes solitária, mas enquanto estivermos aqui... trabalhando... escrevendo... informando... será explícito que vale muito a pena semear por dias ainda melhores! Tenha sempre, o meu trabalho... o trabalho do DIÁRIO DO JAGUAR e sua pequena equipe familiar como uma semente que VOCÊ plantou no meu coração e veio a vingar, saudável em meus melhores PENSAMENTOS NUMANTO. Um forte abraço de quem te admira e te gosta muito,

Meu amigo e irmão Kasagrande, não li o EXÍLIO DO JAGUAR que eu intitulo de" O EXÍLIO DE KASAGRANDE", apesar de 99% dos leitores não perceberam e apesar de não ter lido eu senti e confirmei minhas intuições ao devorar PÉROLAS DE PAI JOÃO, e venho aqui parabeniza-lo pela coragem, humildade e simplicidade de divulgar sua história permeada com a energia das mensagens do nosso querido Pai João de Enoque. Hoje afirmo que li e estou relendo com toda atenção pois muitas palavras suas e palavras de Pai João de Enoque estão iluminando situações pelas quais pensei nunca ter orientações para aceitar, resolver e perdoar. Obrigado meu irmão querido , agora és sabedor do teu triunfo junto ao nosso Pai Maior e que tudo , tudo nos vem como ensinamentos, conhecimentos e que um dia tudo nos será revelado claramente de forma divinal, portanto continue levando sua história para todos sedentos de bálsamos para as dores e dissabores que buscaram para si, que somos nós seus irmãos jaguares , que marcamos um encontro um dia...porém, nunca pesamos que seria aqui...e se fez necessário que vós fostes ser preparado na Terra que nosso Pai Seta Branca estivera um dia, e trazer para nós de forma simples, simplória e simpliciana o que precisávamos! Seja sempre o Jaguar Medianeiro entre o céu e a terra. Que o grandioso Ministro Anavo juntamente com os Ministros Aluxã e Ypuena o iluminem grandemente em todos teus os passos e lugares que tiver que passar e lembre-se sempre que das flores só os espinhos da rosas nos favorecem , e continue caminhando em direção ao triunfo que Deus Pai Todo Poderoso tem para lhe ofertar.
Abraço fraterno.
Ninfa Sol Yuricy Ednéa.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.