domingo, 1 de abril de 2012

SEXO – Umahan (por Tia Neiva)




Tia - Ô Mestre, estou desolada, não suportarei por muito tempo esta situação, é só paulada na minha cabeça! Por quê?

Umahan - Porque tua cabecinha está se enchendo de coisas. Então, quando estiver bem cheia, na primeira paulada, como dissestes, sai tudo de uma só vez. O importante é que tu és muito honesta, e só sabes dizer a verdade, porém não sabes outras coisas. E mais, tens ainda que aprender a dizer e como dizer. A tua situação é muito perigosa; tuas palavras podem ser o bálsamo curador, como poderão, também, queimar como fogo. Neném tem razão, filha.

Tia Neiva - Ô meu Deus! -  gemi, e voltei para o meu corpo.

No outro dia soube de um certo homem que havia chegado. Quem? Sempre soubera que iria chegar um homem de origem estrangeira. Segundo as informações que tinha, ele seria meu companheiro, e que também era culturalmente atualizado para a Doutrina. Seria ele? Olhei na vidência e fiquei bem impressionada. Mas, Deus meu!, foi tudo tão diferente! Fomos apresentados e nos tornamos amigos. Ele logo começou a me incentivar com as minhas “viagens”. As comunicações passaram a ter mais objetivos, porque logo que eu voltava ele me explicava. Tinha um carinho fraternal comigo, que até então não tivera.

Me encontrei com Umahan e lhe confiei meus pensamentos.

Umahan - Neiva, dentro dos teus grandes conceitos, vejo a pro fundida dos teus sentimentos. Quantos anos tens agora?

Tia Neiva - 34 anos e seis meses, respondi.

Umahan - Sim Neiva, as obras inspiradas pelo amor dos nossos semelhantes, são as que mais pesarão na balança dos nossos corações. Tuas palavras serão sempre ouvidas, porque falas da abnegação e do sacrifício, nada em ti irá perecer, porque falarás sempre do que existe, tudo está contigo em Deus e na comunicação dos espíritos. Sim filha, todos somos livres, ninguém é de ninguém, até mesmo para desejar, escolher, fazer e obter, mas todos somos, também constrangidos a entrar nos resultados de nossas próprias obras. Foi por isso que Jesus, compreendendo que não existe direito sem obrigação, e nem equilíbrio sem consciência, nos afirmou claramente: “Conhecereis a verdade e a verdade vos fará livres”. O corpo é um estado celular no qual cada uma das células é um cidadão. Então existem encontros, como existem doenças. Como o sexo é apenas o conflito dos cidadãos, no estado provocado por ação de forças extremas, energia física que não atinge o coronário, o homem é livre até mesmo para o recusar e dominar os seus instintos.

Tia Neiva - Umahan! Falas em sexo? Eu já estou longe de ter uma vida normal.

Umahan - Sim filha, o sexo não é como o álcool que deteriora os poderes do nosso sol interior, porém conforme a conduta deforma e desmoraliza o destino do missionário. O escândalo distancia o missionário de sua missão. Também o homem em sua mente deformada, deturpa os fatos e as coisas.

Tia Neiva - Todos os homens?

Umahan - Não filha, nem todos. Porém uma grande parte. Falei no comportamento do sexo, associando a criação. Dias virão em que os pais não criarão mais seus filhos, os psicólogos e psiquiatras é que irão criá-los. Salve Deus! Pelas facilidades constantes do homem no conceito do sexo, perdem suas famílias e não chegam ao término dos seus destinos cármicos.

Tia Neiva - Ô meu Deus! É tudo tão complexo, e a vida também complexa, como chegarei lá, meu Mestre? Estou tão cansada, de não ter onde escorar a minha cabeça.

Umahan - Filha, as projeções mentais, como o próprio nome indica, dependem exclusivamente do poder e da vontade emissora, de sua capacidade mais ou menos poderosa no impulso de suas ondas telepáticas. Essas projeções podem ser mentais ou fluídicas. O teu chegante é um metabólico. *** Vai filha. Deves sentir a mais perfeita tolerância por todos e um interesse tão sincero pelas criaturas e pelas crenças dos que pertencem a outras religiões, igual a que demonstram pela tua, pois a religião dos outros é um caminho para o mais elevado, assim como a tua, pois também isso, deve ser feito pelo nosso amor. Agora tens aberto os teus olhos. Lembra-te filha, algumas de tuas antigas crenças, de tuas velhas cerimônias, poderão parecer absurdas, porém mantenhas firme, porque jamais farás as coisas de ti.

Tia Neiva - Ô meu Deus, gemi, eu perdi a minha personalidade.

Umahan disse ainda: Sejas condescendente em tudo e seja benévola em todas as coisas. Vá agora os teus olhos estão abertos, pois Deus tem os seus planos, e um deles és tu.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.