sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Não existe Jaguar covarde


Dentre os muitos médiuns que assumem sua missão, existem aqueles que verdadeiramente são Jaguares, que não temem as mudanças e desmandos, seguindo em frente independente do ambiente ou pessoas que os cercam.

Já falamos de nossa herança espartana e o quê ela definitivamente deve traduzir: disciplina aliada a espiritualização! Sim, somos soldados, soldados da Luz, mas ainda assim soldados.

Não preferimos o caminho mais fácil, sabemos que muitas vezes temos que arriscar. Somos conscientes de nossas qualidades, mas travamos batalha diária contra nossos defeitos.

Não viramos as costas quando precisam de nós e não cultuamos opiniões repetidas. Lidamos com as diferenças todos os dias, preferindo sempre entender sem julgar.

Sonhamos muito com coisas que para os outros é utopia, porque acreditamos e sabemos que nada é impossível.

Respeitamos a hierarquia, assumimos as responsabilidades, mas nos recusamos a ser mandados pela insensatez ou pela visão deturpada do poder que pode alterar o que nos foi trazido diretamente dos Planos Espirituais.

Buscamos ser humildes, mas não aceitamos ser humilhados. Afinal combatemos a injustiça semeando o perdão e a Luz não é apenas Amor, é Amor e Razão.

Afastamo-nos dos prepotentes, dos corruptos, dos sedentos de poder e glória, pois estes nada mais são que verdadeiros covardes.

A covardia é palavra fora do vocabulário do Jaguar, pois neste único verbete se une a hipocrisia, o egoísmo e o medo disfarçado de força.

Um Jaguar deve ser a tradução perfeita do equilíbrio das três forças: Material, Psíquico e Espiritual!

Kazagrande

13 comentários:

Morte aos covardes ????
Não....
Vida longa ao covardes, para que aprendam a ter coragem.

Faltoou só o Salve Deus no final... pra ficar perfeito.
Mais uma vez mestre Kazagrande nos brindando com um texto tão mágico, ele não precisava nem dizer que fomos espartanos, soldados disciplinados quando lemos vemos em suas palavras o vigor, a força, o imperativo. Nossa herança realmente é forte.
Salve Deus

Salve Deus muitos confundem ser humilde com aceitar ser humilhado. Somos jaguares e somos filhos de Pai Seta Branca em busca de nossas origens, tentando acertar o caminho de casa. São muitos os que colocam pedras em nosso caminho para que desequilibrado nos perca, ou somos obrigados a voltar ao ponto de partida, talvez não conseguir chegar e ficar perdido.

O interessante é que quando começamos a aprofundar mais e mais na doutrina do Vale do Amanhecer conseguimos identificar claramente quem é Jaguar, quem não é Jaguar (ou Jaguar em projeção) e quem são os cobradores de Uniforme. Basicamente um povo está subdividido nesses três grandes grupos.

Esse é um ponto.

Outro ponto é como o Comandante vai lidar internamente com cada grupo identificado. Creio que desses três grandes grupos o menor em quantidade de médium é o de quem é Jaguar. Mesmo porque, é muito difícil para um médium se desenvolver ao ponto de suportar horas e horas de trabalho desobsessivo num único dia de Trabalho Oficial. O que observamos claramente da grande maioria são evasivas para os trabalhos designados pelos Orixás e Comandantes com a famosa deixa universal: “não estou em sintonia com o trabalho X”. Na verdade, essa é uma resposta mecânica que podemos traduzir da seguinte forma: meu aparelho não está suportando os trabalhos indicados.

Quando coseguimos transformar (tolerar) internamente as evasivas, absurdos e interferências dos médiuns como prova cabal de que nem todos conseguem alcançar a categoria de Jaguar, ou seja, aquele que tem que suportar tudo e todos os trabalhos que são designados no dia, deixamos de nos identificar com as chateações e começamos a deformar e fortalecer cada vez mais nosso plexo solar. Isso porque, pela lógica, um dos fatores mais fortes de termos sidos designados para trabalharmos no Vale do Amanhecer foi nossa passagem em Esparta, motivo pelo qual temos que suportar tudo sem reclamar.

Minha contribuição neste tópico se limita mais à questão de combater nossas irritações, para com isso possamos alterar o nosso plexo ao ponto de suportar tudo; a qual nos ajuda muito a lidar com problemas de relacionamentos de um modo geral, e não tanto à concepção da conduta negativa dos grupos dos não jaguares e cobradores de Uniforme. Os indícios que há nos livros sobre esse assunto são numerosos, mas costumam ser superficiais.

A missão do jaguar é pautada das dificuldades que fazem parte do fortalecimento do mestre, da ninfa, enquanto jaguares, das fileiras de Nosso Senhor Jesus Cristo.

gostei muito do texto... os verdadeiros espartanos lutam até o fim... e devemos seguir os que lutam por um mundo Cristico

salve Deus!!
amor, humildade e tolerância sempre!! em nosso senhor JESUS CRISTO e nos mentores o melhor é ficar sempre sintonizados!!
e mais uma vez o mestre, nos dá um pouco mais de conhecimento, para o nosso crescimento!!
são textos que mudam ou acrescentam o nosso pensar!!

Salve Deus Mestre!Penso exatamente desta forma e procuro estar em sintonia com meus mentores,sempre pronta para trabalhar com amor,humildade,TOLERÃNCIA!QUE PAI SETA BRANCA CONTINUI TE ILUMINANDO! OBRIGADO POR ME AJUDAR TANTO!SALVE DEUS!!!!!!!!!

SALVE DEUS MESTRE!AGRADEÇO TODOS OS DIAS POR FAZER PARTE DESTA FAMILIA,QUE COMO TODA FAMILIA TEM SEUS PROBLEMAS!VOLTO PARA DENTRO DE MIM ,E PROCURO DAR O QUE TENHO DE MELHOR EM MIM,PROCURANDO EQUILIBRIO TRABALHANDO COM AMOR!QUE PAI SETA BRANCA CONTINUI TE ILUMINANDO,PARA QUE O MESTRE POSSA NOS ESCLARECER,POIS MUITO TEM ME AJUDADO!!!SALVE DEUS, NINFA LUA TAGANA.

ahooo, ahooo, ahooo. Salve Deus.

Salve Deus! Meu ilustre irmão de Doutrina! Vejo que seus texto traduzem a Força LUZ DO JAGUAR! FILHO DE SETA BRANCA E DE AGLA KOATAI 108!

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.