sábado, 6 de agosto de 2011

MENSAGEM DO MINISTRO YPUENA, em 15/07/2011


*  Talvez a cruz aí seja mais pesada ou intensa, mas as dores são menores, em Cristo Jesus!

*  As modificações feitas são para receber o Jaguar e não o índio! O cientista, não o político!

*  Mas saibam distinguir entre o doente e o enfermeiro! Os doentes são os pacientes, os enfermeiros são os Jaguares, iniciados, portadores de luzes!

*  Muitas vezes pedimos para o que tem fome, mas hoje vamos pedir para aqueles que dificultam o alimento à mesa dos que padecem da fome!

*  Muitas vezes pedimos para o doente, mas hoje vamos pedir para aqueles que não permitem que o remédio chegue às mãos do necessitado!

*  Esses são enfermos de espírito! É a pior doença que um espírito pode portar!


Texto Completo:

O Jaguar, com os seus conhecimentos, com as suas hierarquias, com a sua missão, não gosta muito de olhar para trás. Medo de encontrar a “velha estrada”. Mas, olhando para trás, encontramos os exemplos e os ensinamentos de Neiva, que precisam permanecer no meio de vós outros. Por isso, ao olhar para frente, busque esses ensinamentos, e os cumpram, para que possais buscar os bônus necessários para voltar às suas origens, em Cristo Jesus!

Lacerda! Estava observando a sua aula doutrinária e ouvi quando você disse à família Ypuena, que a sua reencarnação não era fácil e que os seus procedimentos até a chegada à doutrina, eram contraditórios. É verdade, lembro-me quando o Pai Seta Branca sorriu e o fez reencarnar um Adjunto de Povo! Talvez a cruz aí seja mais pesada ou intensa, mas as dores são menores, em Cristo Jesus!

Ontem, aconteceu no Templo Mãe um fenômeno de grande hierarquia! Eu quero deixar registrado na família Ypuena, esse fenômeno. Os que participaram da Estrela Candente do dia de ontem, Queda da Bastilha, tiveram a presença de Koatay 108 naquele evento. Portanto, os que lá estiveram, conseguiram junto ao Pai Seta Branca, diminuir as suas dores cármicas, vindas da França. Parabéns aos que lá estiveram, porque o amor constrói, o amor cura, o amor transforma! E ali houve curas e transformações em Cristo Jesus! Salve Deus!

Para finalizar, quero contar também a vós outros, um ritual feito quando o Pai Seta Branca era um cacique das tribos andinas.

Naquela época, o jovem para se tornar homem, passava por um ritual e algumas observações lhe eram feitas:

Primeiro, o iniciado não poderia contar aos demais jovens da tribo o que havia acontecido durante o ritual. Também ele não poderia se levantar e cancelar o ritual por vontade própria. Essas eram as normas a serem cumpridas pelo iniciado.

Então, o Pai Seta Branca tomou pelas mãos o indiozinho e o levou até as matas e subiu com ele até uma montanha e a noite começou! E lá, o Pai Seta Branca sentou o indiozinho em uma pedra, e o vendou. E depois lhe colocou um capuz. Ele não poderia sair dali e nem pedir socorro, caso acontecesse alguma coisa. Não demorou muito, os barulhos das matas começaram! Os ruídos dos bichos o faziam tremer, a noite fria fazia-o padecer e sentir a força do ritual de iniciação. Quando o dia amanheceu e o Sol brilhou, clareando a mata, tiraram o capuz do jovem e depois a venda. Então o índio viu, sentado ao seu lado, o seu pai, que ali esteve toda a noite, velando pela sua segurança.

Também, meus filhos Ypuena, nas vossas iniciações, o Pai Seta Branca esteve convosco, zelando pela vossa segurança iniciática, permitindo assim que vós recebessem as luzes e a permanência dela no teu espírito por dez mil anos afim!

É assim a casa do Pai Seta Branca! São assim os rituais do Pai Seta Branca há milênios! As modificações feitas são para receber o Jaguar e não o índio! O cientista, não o político! Portanto, façam da casa do Pai Seta Branca um hospital, tão necessitado o planeta e os mundos espirituais!

Mas saibam distinguir entre o doente e o enfermeiro! Os doentes são os pacientes, os enfermeiros são os Jaguares, iniciados, portadores de luzes! Então peça ao Pai Seta Branca que ponha os pacientes no hospital para que vós venham a cumprir a missão que vos foi delegada!

Hierarquia filhos! Hierarquia espiritual é um dom! Hierarquia espiritual é um degrau, um degrau iniciático! A hierarquia na casa do Pai Seta Branca é uma luz e é fácil saber quem tem hierarquia na casa do Pai! São aqueles que não são arrogantes! Que não são intolerantes! Que não semeiam a discórdia! Que ajudam na cura desobsessiva.

Muitas vezes pedimos para o que tem fome, mas hoje vamos pedir para aqueles que dificultam o alimento à mesa dos que padecem da fome!

Muitas vezes pedimos para o doente, mas hoje vamos pedir para aqueles que não permitem que o remédio chegue às mãos do necessitado!

Esses são enfermos de espírito! É a pior doença que um espírito pode portar! Portanto, nas vossas orações, eu suplico, peçam por eles filhos! Peçam por eles! Assim, vocês buscam os bônus necessários para voltar à vossa origem, em Cristo Jesus!

Graças a Deus Lacerda! Faça uma contagem! Vamos transportar para a rede magnética dos Cavaleiros de Oxóssi aqui presentes, estes espíritos que aqui estão, vindos da Queda da Bastilha, e que nos ouviram em silêncio todo esse tempo! Salve Deus!

Depois da contagem, volta a falar o Ministro:

Salve Deus filhas Ypuenas! O meu respeito com ternura a todas vós!

Salve Deus meus filhos doutrinadores! Que os benefícios da cruz vos alcancem nesse dia! Graças a Deus!

Está consumado Lacerda! Desincorpore o meu aparelho em Cristo Jesus!

Salve Deus!

4 comentários:

nossa que belo sem palavras um conforto para a alma e o espirito obrigada YPUENA

que benção *------------*

Uma grande benção esclarecedora nas palavras do Ministro ypuena.

Salve Deus. Eu sempre peço ao Pai Seta Branca, que multiplique o amor no coração dos seus filhos jaguares. E hoje aprendi que devemos também pedir, por estes jaguares que são enfermeiros, e não colocam suas mãos para trabalhar. Salve Deus que belas palavras (o amor constrói, o amor cura, o amor transforma) vamos queridos jaguares, usar o amor que tem em nossos corações, para curar, construir, e transformar. Doe o amor que tem em seus corações, sempre a aqueles que não conhecem o amor. Salve Deus.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.