terça-feira, 25 de abril de 2017

Sem vontade de ir ao Templo...


Mestre, no templo que freqüento tem muita conversa fiada, fofocas desagradáveis, “disse me disse”, intimidade demais para meu gosto. Acabei chegando a um ponto em que nem estou querendo mais ir, mesmo amando nossa Doutrina. Às vezes acho que tem alguma coisa querendo me afastar de lá, não sei o que fazer...

Seu Mário (nosso saudoso Trino Tumuchy) dizia que no Vale a gente não ia encontrar “os bonzinhos”. A grande maioria dos que chegam à Doutrina vem pela dor. E se enfrentavam a dor, é porque existia, ou existem, motivos para tanto. Também há de se considerar que a mediunidade não é um “prêmio” para pessoas especiais, e sim uma oportunidade para os mais endividados sanarem, com maior celeridade, suas dívidas cármicas.

Considerando assim, fica mais fácil compreender por que tantos demoram tanto para “despertar” e se libertar das personalidades ao ir para o Templo.

O Templo é a casa de nossa Individualidade. Despertamos nosso espírito para a missão superior que nos é confiada e não deveria sobrar espaço para as banalidades da personalidade transitória. Porém, envolvidos pela energia dos seus carmas e normalmente de suas “difíceis” vidas cotidianas, mestres e ninfas, com afinidade vibracional compatível, se atraem energeticamente e acabam se unindo em “pequenas rodas de maledicência”, manipulando de forma negativa a energia que deveriam usar exclusivamente para a caridade.

As fofocas surgem sempre pela falta de compreensão, pela ausência de caridade e tolerância, e são o pernicioso alimento de irmãozinhos que deveriam estar sendo encaminhados para uma nova jornada. Por conta deste fortalecimento, através das energias emitidas por médiuns preparados, mas que se envolvem nestas correntes negativas, estes irmãozinhos continuam presos ao etérico e cada vez mais assediam a fonte emissora.

Traduzindo: Quem se envolve nestas “redes de intriga” não progride! Observe atentamente que os participantes destas conversas improdutivas continuam com a própria vida em desequilíbrio. Nunca os fatos transcorrem com naturalidade para estas pessoas! Tudo parece ter algum entrave, coisas simples passam a demorar para se “desenrolar” e uma inveja fica clara em seus olhos.

Estas dificuldades e desequilíbrios acontecem justamente pela energia que atraem e pelo retorno natural da energia que emitem. Ao “falar mal de alguém”, é emitida uma energia, e ela sempre retorna ao seu emissor... A mesma maldade emitida, volta! Mais do que isso: Como somos médiuns, e portanto, uma grande fonte de energia, nossos “irmãozinhos” ficam ao redor esperando e insuflando para que emitam mais desta energia negativa que podem aproveitar. Assim, no dia a dia, passam a nos espreitar, tentando auxiliar a aumentar as dificuldades e a inveja, que naturalmente irão agravar os quadros de maledicência dos mestres e ninfas insensatos que se envolvem nas fofocas.

Afastar-se das “rodinhas de mal-amados” é acima de tudo se proteger!

Médiuns imbuídos de bons sentimentos podem realmente ir deixando de sentir vontade de ir ao Templo devido à observação destas correntes negativas. Porém, creio que nossa obrigação é justamente o contrário. Creio que devemos nos esforçar cada vez mais para que a luz da compreensão resplandeça e atinja mais rapidamente o coração dos insensatos que semeiam a intriga e a discórdia.

Temos uma certeza: a verdade sempre irá prevalecer. A mentira pode reinar nos corações e até nas mentes, mas no espírito está gravada a marca da verdade. E todos, absolutamente todos, ao desencarnar, perdem suas máscaras e serão exatamente o reflexo de seus pensamentos.

Não desanime! Lembre que a Doutrina está em seu coração “o Senhor tem Seu Templo em meu íntimo”... Este é o grande segredo de nossa jornada pela Terra.

Kazagrande

15 comentários:

SALVE DEUS MESTRE, ESSE TEMA E EXATAMENTE O QUE ACONTECE EM UM TEMPLO NA CIDADE DE TERESINA, RODINHAS DE FOFOCAS, FALAM DA VIDA DE OUTROS MESTRES E OS MESTRES ATINGIDOS COM ESSA ENERGIA, ACABAM SE AFASTANDO DO TEMPLO, OU VAI MANIPULAR EM OUTROS TEMPLOS DA CIDADE, COM ISSO ATE OS TRABALHOS LA FICAM DESARMONIZADOS, POR CONTA DESSAS FOFOCAS DE GENTE DESOCUPADA QUE VAI AO TEMPLO NAO PELA CARIDADE MAIS PELA FOFOCA GERANDO ESSA FONTE DE ENERGIA PARA OS IRMAOZINHOS, JA PENSEI ATE TROCAR DE ADJUNTO POR CONTA DISSO, MAIS O MINISTRO NAO TEM CULPA, E GOSTO MUITO DE LA FOI ONDE ESSA ENTIDADE ME RECEBEU E ME DEU FORÇAS QUANDO PRECISEI DEVO MUITO AO MINISTRO E POR ELE O MINISTRO QUE NAO TROCO DE ADJUNTO, EU NAO SOU O UNICO DE LA QUE PENSA ASSIM, MAIS E COMO VC MESTRE COLOCOU AI LA NO TEMPLO NAO SE ENCONTRA OS BONZINHOS, E SO EU CUMPRIR MINHA MISSAO FAZER A CARIDADE E NAO VOLTAR MEU PENSAMENTO PARA OS OLHORES E NEM AS FOFOCAS DESSES OUTROS QUE POR SUA INFELICIDADE ELES MESMOS SE ATRAPALHAM NA CAMINHADA, QUE DEUS OS ILUMINE E QUE POSSAM OS DESPERTAR PARA A MISSAO LHES CONFIADA DE AMOR, HUMILDADE E TOLERANCIA.

Salve Deus! Querido filho, talvez esta seja a hora em que este templo mais precise de suas energias, positivas e curadoras, somente o bem, o amor, pode vencer. E o amor que você trás consigo, somado aos de outros irmãos da doutrina que realmente, buscam estar dentro dos três princípios da doutrina, que aprenderam o amor, a tolerância, e a humildade, muito poderão fazer, para dar exemplos a estes queridos jaguares que ainda não alcançaram a evolução necessária para trabalhar na Lei do auxilio. Salve Deus querido filho sede espelho para que vossos irmãos jaguares possam enxergar que somente o amor pode levá-los a casa do pai. Salve Deus querido filho, o templo é aonde os irmãozinhos vai em busca da luz, em busca de socorro. E vossa missão querido filho, auxiliar estes irmãozinhos até a casa do Pai. Vá ao templo querido filho e entre na vossa individualidade, e trabalhe com amor,carinho, faça a vossa parte, o compromisso e vosso com Deus Pai Todo Poderoso, não vá falhar em vossa missão, somente porque o vosso irmão não quer cumprir a missão dele.
Salve Deus querido filho, que Deus Pai Todo Poderoso possa levar ate-vos as forças benditas, e as energias necessárias para que continue em sua jornada, dando lhe força para carregar o vosso cajado e a vossa cruz.

Sauve Deus Mestre Kazagrande
Gostei muito do texto
Que nós jaguares possamos
nos reajustar com amor
transformando essas energias negativas
em positivas com vibraçoes de Amor e fraternidade
se somos a imagem e semelhança do Altissimo
não podemos mau dizer nem odiar nossos irmãos
realmente devemos tomar muito cuidado
com nossas açoes e pançamentos
pois tudo é registrado
Que a Luz Divina do amanhecer possa
brilhar em nossos coraçoes
para que assim possamos emitir toda luz que recebemos
dos Planos Luminosos de Deus Pai todo Poderoso
SAUVE DEUS!!

adoooooooro seus textos, abraços!!!!!!!!!!

Como disse o Pai Seta Branca em uma de suas mensagens: TUDO IRÁ DEPENDER DA VOSSA PUREZA DE MOTIVOS!
Se todos nós tivermos bons motivos - despreendimento, amor e vontade de ajudar - saberemos nos comportar onde estivermos e o Pai terá orgulho de nós.

Salve Deus!

q delicia de texto....amei

Carissimo irmão, experimente ao invés de afastar-se manipular e ensinar aos vossos irmãos, o verdadeiro amor incondicional de Cristo Jesus, pois muitos carregam em suas bagagens, custumes e tradições de onde vieram, mas somente com amor e ensinamento é que conseguimos fazer o feio ficar bonito, pois essa é a verdadeira missão de um jaguar medianeiro entre o Céu e a Terra

Estava lendo a mensagem e rindo da minha mulher, pois Pai João disse a ela que o caminho de volta para a sua origem é da sua casa ao templo.

Eu acho que a doutrina não tem haver como as fofocas e vibrações de mestres, acredito eu que essas pessoas entraram na doutrina, mais a doutrina não entraram no corações d'ele.
Salve Deus. o filho verdadeiro de Pai Seta Branca não cai, e quando cai lenta-se logo e segue em frente de cabeça erquidas.

Salve Deus, meus queridos irmãos em Cristo Jesus.Venho por este deixar minha pequena contribuição.Tenho uma história parecida com a do mestre acima.Sou jaguar Doutrinador, representante de um grandioso Ministro neste plano físico,após ter recebido da espiritualidade a missão de cuidar da segunda chave do templo ao qual eu manipulo,meses depois,vinha me desanimando com muitas situações corriqueiras que ao longo dos trabalhos presenciava. Após alguns anos de trabalhos mediúnicos, resolvi entregar minhas armas e conhecer outra doutrina, Evangélica. Permaneci 02 (dois) longos meses, e retornei novamente à casa do Pai seta Branca, mais hoje eu noto em mim que não tenho o mesmo entusiasmo que eu tinha antes. Gostaria de saber o Por que?

Estamos na doutrina não para mudar ninguém, e se para nos evoluirmos e aceitar nossos irmãos, por pior que pareçam, como eles são.

Somos todos espíritos endividades a caminho, com diferentes graus de evolução e devemos olhar para frente, trabalharmos e vibrar com esses irmãos jaguares encarnados para que se sintonizem com seus mentore,evoluindo e mudando de atitudes; trabalho...trabalho...trabalho!

Aj Pogano KY 108 Vancares R. Ajanã R. 2000 Mestre Antonio Vital

Salve Deus!

salve deus parabens mestre por mais um bel esclarecimento.

Salve Deus meus irmãos e em nome de todos os mentores que nos assistem confirmo que o que aqui li,posso lhes dizer que esta é a nossa verdade,o JAGUAR é medianeiro entre o céu e a terra,se ele ao manipular as forças positivas em prol de nossos irmãos encarnados e desencarnados estará assim cumprindo a MISSÃO a ele confiada e ela o libertara desta missão confiada,ao agirmos em prol deste compromisso iremos nos redimir com aqueles que deixamos por não sabermos AMAR em outras vidas,SALVE DEUS,eu vos agradeço por palavras verdadeiras e que tocaram e irá mudar mais a minha caminhada,SALVE DEUS.

Infelizmente aconteceu isso comigo,e hoje não faço mais parte dá doutrina 😢😢😢

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.