sábado, 14 de abril de 2012

Família e Trabalho (Emprego)


Estes são realmente dois temas que, quando em desequilíbrio, nos afetam profundamente.

Os vínculos familiares são os primeiros que recebemos ao assumirmos a nova jornada física, de maneira que são também os primeiros que manipulamos e os mais difíceis de romper quando ligados diretamente a um reajuste.

No lar, invariavelmente, encontramos os espíritos com os quais seria mais difícil estabelecer uma nova ligação sem a desastrosa influência de outros envolvidos em um mesmo enredo. Assim ligados, passamos a amar diretamente pelo primeiro contato e pela ligação sanguínea.

Claro que existem muitos casos onde a recepção familiar se dá justamente para amparar um espírito afim enredado em muitos outros reajustes cármicos. Mas quando o principal reajuste é dentro de casa, sentimos interiormente uma “culpa” ao nos afastamos e deixarmos a mãe ou o filho entregue a “própria sorte”.

A maneira de encarar as relações familiares deve ser sempre a mais intuitiva possível. Auxiliando incondicionalmente, mas acima de tudo tendo o bom senso de avaliar as atitudes, para não aprovar caminhos que afastam da Luz. Do contrário, nada ensinamos, nada aprendemos e novamente corremos o risco de falhar e estagnar.

A falta do trabalho remunerado, do emprego, agrava as relações familiares e nos leva a uma depressão que acaba por tirar nosso ânimo para todas as demais ações que fazem parte de nossa vida.

Como agir em meio a estas situações difíceis? Seria o correto rezar até tudo melhorar? Ou largar de vez o Templo e dedicar-se por completo à solução dos problemas?

Nem uma coisa, nem outra! Em nossa Doutrina tudo pode ser respondido com bom senso. O equilíbrio é a chave para o sucesso em todos os campos, inclusive o espiritual.

O erro que cometemos mais comumente é justamente considerar que nossa balança de equilíbrio é igual às que vemos nas imagens, com apenas dois pratos. A balança da vida é equilibrada de acordo com a nossa natureza tríplice. Também aí está a triplicidade dos equilíbrios: Espiritual, emocional e físico.

Não podemos colocar toda nossa energia somente em um dos pratos da balança, pois geraremos ainda mais desequilíbrio. O empenho na vida física (saúde e trabalho material), deve ser o mesmo das nossas emoções (sentimentos e relacionamentos) e da vida espiritual (religião ou Doutrina).

O primeiro passo para “dar a volta por cima” é justamente identificar onde está o fator de desequilíbrio. É compreender que nenhuma situação em nossa vida acontece sem motivo e que todos os problemas têm algo a nos ensinar.

Porque procuro trabalho há tanto tempo e não encontro? O quê a vida deseja lhe mostrar com isso?

Por que é tão difícil relacionar-me com meus familiares? Onde está minha própria parcela de culpa?

Não caia nas armadilhas que a mente conturbada proporciona. Busque o equilíbrio e aja naturalmente. O melhor caminho é sempre o natural. Só podemos contar com ajuda, com apoio, quando nossas vibrações permitem!

Quando estamos mal e pensamos somente nos problemas, atraímos ainda mais problemas. Já ouviu aquele horrível ditado de que desgraça atrai desgraça? Pois é, tem seu fundo de verdade.

Somente passamos a atrair coisas boas quando pensamos em coisas boas. Não pense nos problemas, mentalize-os já solucionados! Viva a vida sentindo que tudo está resolvido, pois esta energia é que estará sendo projetada e é dela que você precisa.

Não pense em pagar a dívida, pois assim pensa em dívidas e atrai ainda mais dívidas. Pense no dinheiro e nas coisas boas que pode proporcionar, quando ele chegar as dívidas serão pagas naturalmente.

Não pense em procurar um emprego, mentalize você já trabalhando e fazendo o que você gosta!

Não pense nos desajustes familiares, pense na harmonia da compreensão perante boas notícias que chegarão!

Entendeu o mecanismo? Pode acreditar funciona! E funciona com uma explicação muito simples: Temos nossos Mentores que desejam nos auxiliar, mas sua energia só pode nos atingir se houver a compatibilidade energética. Assim também atuam os cobradores, nossos irmãozinhos... Ao encontrarem você com o padrão suscetível, lhe inspiram ainda mais insegurança, desconfiança, temores, e tudo acaba dando ainda mais errado, ou caminhando ainda mais devagar.

Minha vida mudou muito com o domínio das energias, e do nada, tudo passou a se materializar. Agora sim vale citar outro dito popular: Querer é poder! E isso é verdade.

Kazagrande

5 comentários:

Salve Deus!Mestre em suas lindas palavras nota a origem de toda a nossa sorte ou má sorte. Somos como ima, atraímos aquilo que pensamos. Suas palavras são abençoadas e vem nos trazer as respostas que buscamos e muitas vezes, nem sabemos formular a pergunta. Que Deus Pai Todo Poderoso, aumente as suas forças, para que continue trazendo a todos os jaguares, as respostas que cada um necessita ouvir. Salve Deus!

Salve Deus!
Nossa mestre, realmente palavras de muita luz, sabe eu peço perdão a Deus pois os problemas ficam querendo me agonizar e fazer com que eu me desequilibre sabe, problemas com relacionamento, mas Salve Deus, e como suas palavras bem faladas, o pensamento a força para superar tudo esta em cada um de nós, o que temos de fazer e ter fé, pasiência, pois nossos mentores estão projetando suas energias em nos de acordo com o nosso equilibrio, agora não pensarei nos problemas, terei mais fé, epensamentos de amor e luz, mentalizarei que minha vida esta abençoada.

Salve Deus


Templo Amancuy Teresina-pi

Salve Deus, Mestre! Esta é minha luta de muito tempo: manter o equilíbrio vibracional e saber vibrar nas coisas positivas. Suas palavras motivam e nos orientam. Obrigada!

Salve Deus Mestre.
Hoje estava desanimada e pedi a meus queridos mentores q/ me dessem uma resposta para meus problemas. A primeira resposta que veio em minha mente foi tomar um pouco de agua fluidificada e a segunda, foi uma vontade de abrir o blog. E ao abri-lo,achei a solucao que buscava atraves de uma de suas maravilhosas mensagens.
Que nosso querido Pai Seta Branca possa lhe proteger e dar-lhe muita forca para continuar nesse trabalho de luz.
Salve Deus.

Salve Deus, amei esse texto, aliais amo todos os seus textos e esse me deu forças pois nesse momento estou passando por uma dificuldade familiar mais com a ajuda dos meus mentores e de Pai Seta Branca eu conseguirei vencer. Um grande abraço
Adriana Santos

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.