terça-feira, 20 de novembro de 2012

Sou Doutrinador, não sinto nada!


Uma das dúvidas que assola os Doutrinadores, deste os iniciantes até alguns Adjuntos de Templo (recebi o questionamento de um deles) é “não sentir nada”.

Muitos Doutrinadores realmente não possuem nenhum fator extraordinário que comprove que são médiuns e alguns, pela mente científica e pela pureza de seus sentimentos, chegam a deixar a Doutrina.

A grandeza da missão de Tia Neiva foi justamente trazer a mediunidade do Doutrinador. Esta foi sua principal missão! Esclarecer a tantos que julgavam não ter mediunidade, e passavam pelos mesmos problemas dos médiuns que incorporavam (estes sim eram considerados médiuns).

A mediunidade do Doutrinador é muito diferente da mediunidade de incorporação. A produção de energia em excesso, que caracteriza um médium, não é externada por meio da incorporação e do entorpecimento da consciência. Na verdade o Doutrinador mediunizado fica “mais consciente do que nunca”, totalmente ao contrário do médium de incorporação, que passa a receber as influências externas.

No Doutrinador, a percepção é aumentada e o fenômeno se produz pela maior atividade cerebral e total clareza de discernimento. É justamente esta clareza que leva muitos a considerarem que “não sentem nada”!

Alguns Doutrinadores possuem características particulares que, no momento da expansão da consciência determinada pela mediunização, permitem o acesso a energia circundante e mentalmente produzem fenômenos, como visualizações e sensações físicas, mas recordo que são produzidas a nível mental!

A maioria realmente não sente nada! A diferença se dá quando se afasta da Doutrina e não procura de imediato, outra fonte de manipulação energética. Dessa maneira a energia em excesso volta a encharcar o plexo e torna-se alvo fácil de obsessões, muitas vezes chegando até mesmo a incorporar. Porém ao retornar à Doutrina e manipular o “excesso”, volta a “não sentir nada”.

Lembremos sempre que a manipulação da energia excedente (que caracteriza verdadeiramente um médium) pode ser feita de duas formas: positiva (através de um trabalho mediúnico) ou negativa (pelas “explosões” cotidianas, gritos, raivas – muitas vezes com pouco sentido e provocadas por espíritos interessados em absorver a energia liberada).

O esclarecimento da mediunidade do Doutrinador, trazido por Tia Neiva, libertou e liberta, milhares de médiuns que eram não eram vistos como médiuns. Pessoas que apenas manifestavam o “sintoma” da incorporação em casos extremos e depois tornavam-se céticos ainda mais convictos, sem reconhecer as “curas temporárias” que passaram.

Não sinto nada? Não importa! Cumpra sua missão e reconheça seu papel fundamental na condução desta jornada confiada justamente ao Doutrinador!

Kazagrande

11 comentários:

O doutrinador em si,por ter a mediunidade voltada para o intelecto julga não existir a mediunidade nele. Muitos doutrinadoes que eu conheço são "discipulos de São Tomé" só acreditam vendo, ou no caso sentindo.
O que aflinge os doutrinadores,principalmente os emplacados (pela falta de vivência,e até da manipulação energética constante) é a questão de não sentir nenhum efeito físico mesmo quando bem medinizado. Ao contrário dos aparás que com a chegada do mentor tremem as mãos,sentem o torpor no corpo,dormência,formigamento em certas partes do corpo,o doutrinador nada sente "em especial".
Vale salientar que com o passar do tempo,com o trabalho,com também o merecemento o doutrinador começa a "sentir" sim alguma coisa.
Seja na hora de doutrinar um irmãozinho,quando as palavras literalmente saem da boca sem você ter pensado nelas,seja a presença de alguma "coisa" alí pertinho de você,ou seja pela simples,porém precisa mensagem dada pelo médium apará:
"Continue assim meu fio,sua princesa ta aqui do teu lado muito feliz com o seu trabalho."

Um grande abraço a vocês,meus irmão de jornada!
Obrigado a todos :)

Há algumas frases, avulsas, que a Tia Neiva deixou registrado nas várias cartas abertas, que quando li com mais atenção, alguns anos depois de ter entrado na doutrina, me fizeram entender a manifestação mediúnica do doutrinador, isto é, o q...ue é o doutrinador e, finalmente, parar de pensar que o doutrinador não sente nada. Porém, há duas dessas frases que sempre me recordo e que acabaram de vez com essa dúvida: "a sinceridade e suas convicções provam o fato de ser um doutrinador" e "o doutrinador deve sentir-se o 'extraordinário', sublime palpitante de sua SILENCIOSA MANIFESTAÇÃO doutrinária nos extra-sensoriais e no homem". Não tenhamos dúvidas que o Doutrinador sente tudo, sabe tudo, "é ser um profundo conhecedor, até ser um cientista", mas do seu jeito, o jeito do Doutrinador! Salve Deus!

Salve Deus Mestre!
Realmente é assim mesmo! Antes de iniciar na corrente eu vivia tendo momentos de explosão! Era grosseiro e nervosinho, confesso que ainda não estou completamente livre desta condição porém hoje eu sei o que um plexo que recebeu a centúria pode fazer fenômenos por isso procuro não deixar isto acontecer, sabendo que se acontecer eu preciso imediatamente retornar o meu padrão e no mínimo encaminhar aquelas energias para o templo e para o pé do pai e para a mesa.

Vejam, cada um é unico, eu às vezes sinto arrepios ao mediunizar ou fazer uma prece, mas isso não é regra, é mais excessão, outras vezes sinto um sorrizo brotar do nada no meu rosto quando mentalizo a minha princesa janaina, mas na maioria das vezes nada!

O que importa mestre, é realmente observar que o médium doutrinador está cada vez mais consciente quanto mais ele está mediunizado, e é preciso este mecanismo para sermos parceiros do preto velho e para evitar as interferências e se elas ocorrerem o que é dificil se o doutrinador está alerta, ao ocorrer ele pode sentir imediatamente que algo não esta certo é como se o doutrinador disparasse um gatilho e a entidade incorpora no ato, se isto nao acontecer ai você é obrigado a interferir sempre com mutio carinho. Observem que o mesmo acontece quando se está disperso, vem uma puxada do preto velho e você volta sua atenção de novo no trabalho.

Falando apenas por mim, tem certas entidades que a gente trabalha que basicamente antecipamos o que ela vai falar para o paciente, outras vezes o preto velho está com dificuldade numa palavra voce pensa, e quando vai falar para ajudar o preto velho fala antes, salve deus filho, obrigado, é isto mesmo, e completa com a palavra que você pensou.

Chega a ponto de você ficar ressabiado consigo mesmo achando que está tão atento e tão sintonizado em excesso que acaba interferindo com seu pensamento no atendimento, o que eu não tenho o conhecimento se isto é possivel, mas desconfio, lembrando que tudo é equilibrio, nem mediunizar de mais e nem de menos.

Veja mestre existe um ditado chinês que diz que tome cuidado com seus desejos pois ele pode se realizar, assim eu prefiro muito mais um atendimento simples, dentro da lei, sem arrepios ou fenômenos ou advinhaçoes na mihna cabeça, pois sei que nesta hora não quer dizer que eu não estou mediunizado, e sim estou fazendo aquilo que aprendi, com amor, pois dizem os pretos velhos que mediunidade de fenômenos é mediunidade para incrédulo ver.

Porém se voce pedir por fenomenos, por provas, tome cuidado pois se eles ocorrerem talvês você nao esteja preparado para isso.

Certa vez na minha individualiade eu estava em uma dificuldade muito grande, pedi por provas, por fenomenos de transporte, o que vi foi lindo, eu era só iniciado e aquilo começou a ocorrer com frequencia, porém tempos depois, no dia da elevação de espadas, tive um trasnporte e vi a minha sombra e também um lado tão feio meu que foi preciso muito tempo para perdoar a mim mesmo. Dai hoje prefiro uma noite de sono tranquila acordando sem lembrar de nada do que ficar o dia inteiro atrapalhando meu trabalho fisico lembrando do que aconteceu, mesmo por que eu nao cosigo registrar tudo e a imaginação pode deturpar muita coisa que realmente aconteceu.

Doutrinadores! procurem entender o que vocês são! Vocês são consciência, razão! De olhos abertos somos o porto seguro do apará que é a voz direta de olhos fechados.

Salve Deus!
Queridos doutrinadores, vocês são o realmente o porto seguro dos aparas,por isso e preciso que estejam sempre em alerta ,atentos, vibrando com amor,sem vossos olhos abertos e sua consciência sempre atenta , como seria , um apara semi inconsciente um doutrinador distante, como ficaria o paciente, quem iria explicar as palavras dos mentores de luz ,quando o paciente ficasse em duvida . Queridos doutrinadores, quando mais consciente estiverem ,mais preparados estarão para prestar a sua contribuição, na lei do auxilio. Doutrinadores, que as vossas palavras saiam carregadas de amor incondicional, pois assim terás a certeza da sua contribuição na elevação do irmãozinho que chega ate você em busca de socorro. Sempre vou repetir somente o amor incondicional terás a capacidade se salvar a vos mesmos e a todas as vitimas.
Salve Deus, que o amor de Deus Pai Todo Poderoso possa estar com cada um de vós queridos e amados doutrinadores.

salve deus!
maravilha de mensagen parabens mestre, disse tudo de forma clara e objetiva.

Salve deus, mestre.
Mensagens que ilumina a consciência e harmonisa o espirito.



salve deus.
salve vovó catarina de aruanda,e todos os preto velhos.

O Apará também "não sente nada"?

Depois de 8 anos de doutrina, cheguei a ficar em dúvida. Na hora de iniciar o trabalho nos tronos já não sentia aquela energia forte tomando conta de mim, com arrepios, tremores e mãos batendo impacientemente. Notei que eu ficava calmo e tranquilo, e que na hora do convite o preto velho vinha calmamene e não com toda a agitação de antes.
Então surgiu a dúvida: será que estou dexando de ser apará?
Depois, refletindo, percebi que isso se dá pela vivência na doutrina e pela manipulação das energias.
Quanto mais seguro o médium, menos ele vai sentir as manifestações de forma agitada ou barulhenta.
Hoje posso estar tranquilo em qualquer lugar, visitar qualquer doutrina, na certeza de que meus mentores e até mesmo sofredores só vão incorporar se eu realmente permitir.
Isto é controle, segurança, e não porque eu esteja deixando de ser apará, mas por ser um apará cada vez mais seguro e cônscio de minha missão.

Salve Deus

Mestre Lua Mauricio Palladino -
Anápolis/GO

SALVE DEUS MEUS IRMÃOS ! SOU AJANÃ MAS INICIEI COMO DOUTRINADOR POR QUE ASSIM QUIS A ESPIRITUALIDADE . E ASSIM POSSO DIZER QUE CONHEÇO OS DOIS LADOS E NÃO TENHO DUVIDA NENHUMA .QUANDO INICIEI COMO DOUTRINADOR DURANTE MEUS TRABALHOS NOS TRONOS, MESA E ETC.. REALMENTE NADA SENTIA E ACREDITO QUE ESSE NÃO SENTIR REAÇÕES ME AJUDAVA MUITO NO MEU TRABALHO POIS NADA TINHA QUE DEVIASSE MINHA ATENÇÃO , IMAGINO UM DOUTRINADOR FAZENDO UMA DOUTRINA E ELEVAÇÃO SENTINDO IRRADIAÇOES, PODERIA TIRA-LO TOTALMENTE DA SINTONIA.QUANDO COMECEI NOS MEUS TRABALHOS A SENTIR AS IRRADIAÇÕES E SENTIMENTOS DOS IRMÃOZINHOS , VIREI A FITA E GRAÇAS A DEUS CONHECER OS DOIS LADOS FACILITA E MUITO MEU TRABALHO COMO AJANÃ ! PORTANTO MEUS IRMÃOS DOUTRINADORES PORTADORES DA FORÇA DO SOL !NÃO SE PREOCUPEM EM SENTIR ENERGIAS DEIXEM ISSO A CARGO DOS APARAS .VCS JA TEM MUITO COM O QUES E PREOCUPAR EM SEUS TRABALHOS . SIGAM ESTA MISSÃO COM AMOR ,TOLERANCIA , HUMILDADE E VERDADE . BUSCANDO SEMPRE MENTALIZAR PARA QUE SEJAM ILUMINADOS PARA QUE HAJA UMA PERFEITA SINTONIA COM SEUS MENTORES !ABÇOS A TODOS ! SALVE DEUS!
JORGE ROMANHOLI . ADJUNTO OREMAR .TEMPLO OLAMUR VILA VELHA ES !

Salve Deus Rodrigo,explique novamente para certos Mestres, que o doutrinador que
sente vibrações como nos aparás, existe ele não perde o que sentia, apenas fica
adormecida. Eu quando entrei em 87, era Apará, mas fui feito Doutrinador pelo grande Jaguar que conheci, que para mim era o melhor. MESTRE PLINIO, AdjYTUPURÂ
que Deus o tenha, devido a problemas que levei comigo, oriundo de outra doutrina
espiritual. Ainda sinto efeitos, mas cabe a nós o controle da situação, pois somos mestres perfeitos e donos do proprio corpo e, só acontece manifestações se
conssentimos que ela aconteça, inclusive os aparás. Salve Deus. Adj Javero K108 Mestre Renato Christo

Sou Doutrinadora e sempre q estou fazendo mihas preces sinto arrepios e sinto as vezes as lagrimas descerem e a presença dos meus mentores.É uma sensação muito boa e meu ser se enche de uma energia de amor maravilhosa.Mas sei que cada um tem sua individualidade e com isso suas formas de sentir ou não. Mas somos Doutrinadores instrumentos da espiritualidade maior e estamos aqui para fazermos a caridade para com nossos irmãos encarnados e desencarnados. Agradeço a Jesus,Pai Seta Branca, meus Mentores e toda espiritualidade por ser Doutrinadora, mas se um dia tiver que virar a fita tb agradecerei com muito amor e humildade. Salve Deus! Ninfa Sol Milena.

Salve Deus, mais uma perola! Muito bom meu irmão!

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.