quarta-feira, 25 de maio de 2011

Ciganos (Rep. completa)


Nossa herança cigana é fascinante!

Quase todos os Jaguares, em algum momento de sua jornada, acabam se deparando com a exuberância do Povo Cigano. Sua alegria, música, beleza e encantamento!

As tradicionais festas ciganas, que por vezes são realizadas na área do Templo, trazem a tona toda esta tônica vibracional e empregam esta maravilhosa energia da melhor maneira: através da União e da Alegria!

Porém existem problemas que podem surgir por conta de uma falta de direcionamento, ou de um direcionamento incorreto destas energias.

Ciganos nos Tronos! Salve Deus! “Os Tronos” é um setor de atendimento dos Pretos Velhos! É deles a regência deste trabalho, e somente eles vêm, para trabalhar ali. Um Caboclo, em uma real necessidade, pode dar sua passagem, identificar-se, realizar seu rápido trabalho e partir. Sem qualquer comunicação! Porque a comunicação nos Tronos é exclusividade dos Pretos Velhos.

Cigano não incorpora nos Tronos e sai dando consultas e atendimento! Perdoem-me os que se envolvem nesta sintonia, mas é a pura verdade!

Embora a presença de nossa herança cigana seja tão marcante em nossa Doutrina, em algumas Falanges e mesmo em determinados trabalhos, temos que ter em conta que nesta passagem, especificamente na Tribo dos Katshimoshi, a maioria de nossos irmãos teve um triste fim!Agravando suas dívidas e relegando às dores do plano etérico, diversos destes irmãos. Costumo dizer que quem melhor terminou foi Mãe Calaça, e olhe que ela foi devorada viva por lobos.

A alegria, a beleza, as músicas, a herança cigana enfim, deve ser revivida nas festas e celebrada entre nossas Falanges nos trabalhos que a elas foram consagrados.

Os Tronos? Salve Deus! Repito: Quem atende e manipula neste setor são os Pretos Velhos!

Ah... Mas um Cigano não pode se apresentar nos Tronos? Aprendi que uma Entidade de Luz possui total respeito aos nossos Trabalhos. De modo que, se uma Entidade de origem cigana, necessitar dar sua mensagem, virá com a roupagem de Preto Velho, e sua emanação transmitirá o quê for necessário e do merecimento do atendido.

Aprofundando um pouco este tema, mas sem fugir da simplicidade que caracteriza estes textos, devo lembrar que um uniforme é definido pelo próprio nome: Uniforme – forma única! Ao ir para os Tronos e querer se “fantasiar” de cigana (ou mesmo cigano), colocando adereços que representam esta magia, está desrespeitando nossas leis e envergonhando nossos Mentores (na verdade não se envergonham, mas se entristecem ao ver um médium que não compreende e respeita o mais sagrado setor do Templo: Os Tronos!).

Os Tronos são para os Pretos Velhos! Salve Deus!

Vamos desfrutar de nossa herança, e da alegria que nos proporciona, nos locais e na hora certa.

Nos Planos Luminosos da Espiritualidade Maior (recordando que só trabalhamos com Entidades de Luz), o espírito adquire consciência de si mesmo. Recorda as diversas passagens que teve sobre o planeta e vive a sua individualidade plena, sem apegar-se a nenhuma destas passagens.

Ao voltar para trabalhar com nós encarnados, assume uma “roupagem”, ou seja, apresenta-se de uma determinada maneira e com determinado nome, que nem sempre é da mesma forma que vive nos Planos Espirituais.

Por exemplo, um Preto Velho pode nunca ter vivido uma encarnação como escravo, é uma Entidade de Luz que usa a roupagem determinada para aquele atendimento.

Muitos de nós Jaguares encarnados e outros tantos que já se evoluíram, tiveram suas passagens dentro de uma encarnação coletiva como ciganos. Têm uma herança e sentem esta sintonia espiritual.

Compreendendo isso, não podemos nos aferroar na sintonia de que vamos consultar ou incorporar um cigano! Na verdade é uma Entidade de Luz, que pode ter esta passagem, ou não!

Nos Tronos, quem atende é o Preto Velho! Salve Deus! Houve um tempo, em que excepcionalmente um ou outro espírito, em roupagem cigana vinha trazer sua mensagem em uma tônica diferente. Infelizmente a falta de compreensão dos médiuns e principalmente a vaidade despertada pela exuberância desta encarnação, adormecida em nossas lembranças, levava muitos ao fanatismo e crendices, situações que são abomináveis dentro da Doutrina.

Nossos Ciganos são Espíritos de Luz! Nada têm haver com os mitos dos Ciganos endinheirados, malandros e traiçoeiros que se pregam por aí!

Foi uma triste passagem, ricamente contada em uma das Cartas de Tia Neiva, e que quando relemos, compreendemos o quanto foi triste aquela jornada. Quanta dor!!!

Trazemos hoje a recordação desta passagem para nossas festas, na alegria e união que pode simboliza a magia cigana, jamais nas crendices e na fama de “fazer riqueza” pelas profecias e adivinhações.

Nas festas podemos liberar e reviver com Luz esta herança. Porém, não devemos nos envolver nos mitos e querer “virar ciganos” no dia a dia e muito menos dentro do Templo! Descaracterizar o uniforme com diversos colares, pulseiras, brincos barulhentos e até usar o “cinto de utilidades do Batman” com um monte de coisas penduradas, somente vai atrair uma indesejável vibração. Além de retirar a funcionalidade da indumentária. Somos elegantes mas discretos! Jamais “espetaculosos”!

Enfeitar-se com toda cor e magia cigana é lindo! Mas é para as festas. Para nos unir em um momento em que um belo trabalho também é realizado distante de nosso olhar físico!

Kazagrande

8 comentários:

Não podia estar mais de acordo com este artigo, eu reparo muito e sinto que as pessoas que incorporam ciganos nos tronos não incorporam pela bondade, mas pela exuberância :(. Fico mesmo triste com isso, quando trabalhava num trono, minha concentração no inicio dos trabalhos e minhas orações têm que estar a 100 por cento, apesar de ser nosso dever nos concentrar individualmente nos trabalhos, era muito difícil concentrar e ouvir palmas e gritos do trono ao lado :(

Sempre senti isso, quem trabalha exclusivamente no trono é o preto velho, não o africano ou o escravo ou o que trabalha na lavoura, mas nossos mentores que se vestem de pretos velhos, que se vestem com propósito de simbolizar algo "a humildade, o amor e a tolerância", acho que as pessoas esquecem-se ou não lêem muito sobre a doutrina a que servem, não perceberam ainda que a roupagem dos pretos velhos é simbólica e apesar de todos nós termos muitas encarnações, incluindo de escravos ou barões, muitos deles têm a roupagem para representar algo.

Quando trabalhava na doutrina, sentia minha cigana, mas sentia uma voz a repetir-me no meu interior para nunca incorporar nenhuma entidade para além do preto velho ou preta velha.

Acho que é preciso ver também aquilo que fazemos, se incorporarmos ciganas vai despertar nos outros a exuberância, a vaidade, a riqueza, o oposto da roupagem do preto velho...

Ainda não percebo como costuma haver vaidade com algo tão frágil como uma doutrina espiritualista... Se as pessoas não começarem a levar a sério aquilo que fazem, depois começam a haver boatos horríveis.

Tantas e tantas vezes ouvi e vi doutrinadores a falarem mal dos aparás... e tantas e tantas vezes ouvi e vi doutrinadores a quererem entidades novas e cada vez mais "superiores" e puxam pelos aparás...

Temos que aprender a nos amar, ter confiança em nós, nunca nos sentirmos inferiores nem superiores... E sentir a responsabilidade em nossas costas :)

Meu querido titio rsrsrsrs (apartir de agora vou-lhe chamar assim, estou-me a vir grega para responder ao email!!! Chorei compulsivamente!!!! Ainda estou à procura das palavras certas, espere uma resposta minha em breve rsrsrsrs

Salve Deus mestre kasagrande quero lhe lhe perguntar, uma Ninfa Lua tem sua guia missionária, apartir de que elevação? Uma ninfa que ainda é só emplacada já tem a proteção de alguma guia missionaria? E Ninfa Sol tem uma guia missionária ou só a princesa?
Ninfa Lua

Devo me congratular com o Mestre Kazagrande sobre esse complicado tema, não há um local oficial para incorporação de ciganos. Cigano foi realmente uma herança nossa na Rússia.Há um local que esporadicamente eles veem que é o Angical. Como é chegarmos aos nossos templos e vermos o reverencia que é dada aos nossos queridos Pretos Velhos. Além de sua simplicidade e amor , transmite-nos confiança.

Meus parabens, a muito Tempo que me sinto entristecido com este Tema, muita gente levando a Doutrina, para o fanatismo e supertiÇoes, e nao via uma vóz a colocar juizo e razão, parabens pela coragem pq a minha ja estava se esgotando

Meus parabens, a muito Tempo que me sinto entristecido com este Tema, muita gente levando a Doutrina, para o fanatismo e supertiÇoes, e nao via uma vóz a colocar juizo e razão, parabens pela coragem pq a minha ja estava se esgotando

Parabens, Finalmente uma voz que chama a razão, eu vejo muita gente enveredar por este caminho, e o que é pior com a conivencia de mestres adjuntos e veteranos, que não querem se aborrecer e perder seus mediuns, e terminam chancelando o erro

Discordo do mestre Gilmar, Adjunto Adelano. Com todo o respeito pela sua bagagem. Ainda que o trabalho específico seja ANGICAL, ele ainda é realizado nos Tronos sob a tutela de Pretos Velhos. Tanto é que é essa falange bendita quem auxilia a doutrina dos nossos irmãos cobradores, na contraparte etérica. Nestor dizia, inclusive, que os ciganos eram corte de Tia Neiva e com a passagem dela....Salve Deus!

Junior

Meu irmão Junior,
Salve Deus!

Foi o próprio Nestor, que determinou que os Ciganos não deveriam mais incorporar nos Tronos!

O auxílio de Entidades na roupagem cigana dentro dos planos espirituais não é objeto de questionamento, apenas existe a afirmação cabal de que os Tronos são para os Pretos Velhos.

Kazagrande

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.