domingo, 27 de fevereiro de 2011

A questão financeira - 1


Podemos receber doações para o Templo? - Podemos aceitar benefícios, que parecem ser necessários, para a ampliação da obra e conjunto doutrinário? - Como arrecadar fundos para manutenção e ampliação da missão? -    Como agir quando é necessário realizar pagamentos de água, luz, pedreiros, equipamentos, adornos, etc.?

Um médium não pode receber nenhuma recompensa material por seu trabalho mediúnico, isso é patente desde nossas primeiras aulas, desde a palestra inicial antes do ingresso na Doutrina. Porém o tema sobre “dinheiro e doações” é bem mais profundo!

Vamos partir do princípio... Para tecer qualquer comentário sobre este delicado tema, nosso norte será sempre Tia Neiva. Sua jornada no início da missão. Creio que nenhum de nós poderá se considerar melhor que ela, para querer agir diferente, e ambicionar mais do que ela projetava, como clarividente recebendo orientações diretamente de Pai Seta Branca.

Como todos devem saber, sua jornada foi bem difícil. O início em total pobreza na Serra do Ouro, o recomeço em Taguatinga, e um novo começo no Vale do Amanhecer, onde teve que abrir mão do pouco de comodidade que havia conquistado em Taguatinga, para recomeçar em um lugar, sem luz, sem água encanada, sem sequer televisão para as crianças que lhe acompanhavam no orfanato. Assumindo assim, até mesmo a missão de entreter as crianças com suas histórias e o violão.

Tia Neiva não construiu toda a obra do Vale do Amanhecer com doações de pacientes maravilhados com sua clarividência! Construiu com o suor de todos! De cada médium que a acompanhou naquele início de jornada.

Cada passo de ampliação, somente foi dado por real necessidade! O templo só foi recebendo ampliações de acordo com a necessidade de acomodar os pacientes que se amontoavam, e o corpo mediúnico que não parava de crescer.

Nunca deu passos largos por vaidade, ou para mostrar a quem quer que seja que tinha como construir um grande templo. Certa vez, passando por uma banca de loterias, comprou um bilhete. Era um momento difícil, em que realmente precisavam do dinheiro, já havia compromissos acumulados a serem saldados. Passado o dia do sorteio, novamente passou pela banca, viu o resultado e sorriu... Rasgou o bilhete em pequenos pedaços e foi largando aos pouquinhos... Seu Mário (Trino Tumuchy, Mestre Mário Sassi) perguntou o quê passava? E ela disse:

- O bilhete estava premiado, deu no primeiro prêmio.

Ele imediatamente buscou se poderia recuperar os pedaços do bilhete, já bravo e perguntando:

- Mas Neiva, por quê? Precisamos do dinheiro!!!

E Ela disse:

- Quando escolhi o bilhete, eu usei minha mediunidade, não poderia ficar com este prêmio. Pai Seta Branca disse que, o quê precisarmos de verdade, teremos.

Creio que com este reduzidíssimo relato, já podemos ter uma idéia de até onde implica este “receber pagamento” pela mediunidade!

Sim meus irmãos! Não podemos aceitar nada de ninguém, nem dinheiro, nem nada. E nem sob qualquer justificativa, ou pretexto. Nada é nada mesmo! Paciente não pode doar nada!!!

Somente quem pode contribuir para esta obra somos nós mesmos! Somente um médium iniciado na Doutrina é que pode contribuir com alguma coisa, ou de alguma forma para a manutenção ou ampliação da missão.

As despesas de um templo, água, luz, velas, etc., devem ser mantidas pelos médiuns que se disporem espontaneamente para fazer isso. Não podem ser cobrados! Os serviços de limpeza, manutenções, etc., devem ser executados preferencialmente por médiuns que se disponham a fazê-lo. Sua doação de trabalho também deve ser espontânea, embora possam, e até devam, ser incentivados a tomar a iniciativa.

(Continua amanhã)

Kazagrande

9 comentários:

Salve Deus meu Mestre,
Suas publicações sempre foram lidas por mim, na altura certa. Como se o Senhor adivinhasse o que eu precisava de ler, e aprender. Nada é por acaso. Muito obrigado meu Mestre por mais este ensinamento, que todos sabemos desde o 1º. dia, mas que agora escrito por si e lido na hora certa tem outra grandeza.
O meu agradecimento

Salve Deus !
Graças a Deus mestre , são tantas passagens da nossa mãe clarividente qe cada vez mais me surpreendo , lendo o trecho em que ela rasga o bilhete premiado acabei por chorar , mas não de tristeza e sim de alegria por ter como mentora essa querida mãe maravilhosa que nos deixou tudo prontinho como Deus quer , Salve Deus !

salve deus!diz o ensinamento dai de graça o que de graça vós recebeste, sinto- me maravilhada por ser apara.e poder usar os três reino, de minha natureza, caridade amor e tolerância.

Gostei muito da abordagem da "Questão Financeira". Em oportunidade diversas, pude estar em templos do Vale do Amanhecer. Numa dessas oportunidades, grato pela ajuda espiritual recebida e vendo a quantidade enorme de pessoas ali atendidas, diariamente, pretendi fazer um donativo em dinheiro para a manutenção do trabalho. Foi-me dada, exatamente, a explicação que consta deste artigo.
Nestes tempos modernos em que, Religião já quase vira sinônimo de arrecadação, é gratificante constatar que existe os que querem, efetivamente, praticar a caridade ensinada por Jesus.

cara, vc é mto importante neste nosso momento, onde existe muitas idéias e crendices! vc é mto especial! não pare! vc, mais uma vez prova que precisamos é de simplicidade! Uma grande "recliclagem mental" a luz da Razão coletiva, essa é sua missão! ABRAÇOS!

cara, vc é mto importante neste nosso momento, onde existe muitas idéias e crendices! vc é mto especial! não pare! vc, mais uma vez prova que precisamos é de simplicidade! Uma grande "recliclagem mental" a luz da Razão coletiva, essa é sua missão! ABRAÇOS!

Cara, continue com esse olhar racional! uma grande organização mental a luz da razão! vc é muito importante para nós! continue! vc é a prova que a simplicidade sempre irá vencer! abraços!

Salve deus mestre, fico feliz pelo seus textos inspiradores,fico honrado de ser um jaguar,frequentei algum lugares e tinha que pagar ,não tenho nada contra nenhuma religião ou doutrina,ficava me perguntando como vou frequentar um lugar que tem que pagar isso não entrava na minha cabeça,ficava confuso,jesus foi um verdadeiro exemplo de caridade curava qualquer pessoa e não cobrava nada,so tehho a agradecer a deus e pai seta branca e tia neiva pelo vale do amanhecer,hoje fico feliz em falar,com apenas 7 meses no vale,não preciso pedir mais nada e sim so servir,um fraterno abraço .

Mestre, há 02 meses iniciei na doutrina, tenho muitas duvidas, principalmente por ter como base a religião catolica e agora dento que deixar pra tras todo o ensinamento adquirido h´decada. Gostaria de saber se posso ter imagem de nossa senhora em minha casa, se posso ouvir musica catolica.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.