domingo, 4 de setembro de 2011

O ORGULHO E A VAIDADE


Mestre Lua Anderson Augusto

Fazemos parte de uma Doutrina de esclarecimento, amizade e liberdade. Invariavelmente ficamos diante de situações em que podemos resgatar e transmitir os mais simples e eficazes ensinamentos crísticos.

Os seres do astral inferior mantêm suas consciências escurecidas por não haverem buscado a paz ensinada pelo Mestre Jesus e os seus pensamentos congelaram-se nas fraquezas do plano físico. O orgulho e a vaidade são, ainda, as grandes constantes em muitas consciências que se perdem na proposta de superioridade, quando o Caminheiro, demonstrou que a verdadeira sabedoria é a do amor igualitário, simples e incondicional.

Quem verdadeiramente ama ao próximo não precisa se sentir superior. A essência que nos sustenta é a mesma, por isso falamos Salve Deus!

Nossos personagens têm suas funções neste plano, e para que não exerçamos a hipocrisia, a execução das mesmas objetivam-se no próprio caminhar; mas que não levemos conosco a necessidade do sempre receber; bem-aventurado o que de si oferece, pois no futuro colherá o seu pão que jogou sobre as águas.

Sabemos que os polos contrários fazem as forças magnéticas se movimentarem. O orgulho e a vaidade não se contrariam, fazem parte de uma mesma ilusão de desigualdade, então a única força que podem movimentar é a de quem se propõe a ser contra os ensinamentos de Cristo Jesus.

As falanges das sombras, comandadas por seres intelectualmente avançados, mas distanciados de Deus, estudam todas as maneiras possíveis de afastar os médiuns de suas missões encarnatórias, sabedores das brechas espirituais dos seres em prova, utilizam da influenciação e fascinação pelo orgulho e vaidade, que muitos, são atingidos sutilmente, e que agregam as suas personalidades, acreditando ser uma normalidade de caráter e assim não buscam o conhecimento de si mesmos.

Não nos enganemos quanto ao pedido da Espiritualidade Maior na manutenção da humildade, pois bem sabem os mentores que o grande ponto fraco dos médiuns mais esclarecidos intelectualmente está imerso na vontade de destaque pessoal e na firme defesa de seus conhecimentos ou verdades individuais, chegando muitas vezes ao confronto emocional e físico, Salve Deus!

Estas mesmas faces de uma moeda, orgulho e vaidade, devem ser investigadas em nossa própria individualidade. Buscar falhas no próximo é novamente desprezar os ensinamentos crísticos. A mudança do mundo exterior só pode se iniciar em nosso mundo interno. Vivemos da perfeição do espírito, e o imperfeito, que transitoriamente estamos, faz parte do aprendizado de uma magnitude que será revelada aos que sentiram Deus além do sofrimento.

Muitas vezes podemos ler um livro e pouco entender, e outra pessoa muito mais jovem lê-lo e decifrar os mínimos detalhes. Ao nos enganarmos de nossa maioridade por haver aberto primeiramente o livro, deixaremos de procurar desvendá-lo e assim nos perderemos na defesa de nossas personalidades, fazendo assim, emergir o falado orgulho.

Se buscarmos o orgulho, encontraremos o desequilíbrio. Se buscarmos a vaidade, encontraremos a sustentação do orgulho. Se formos apenas os instrumentos, nada mais precisaremos, além da própria verdade que nos rege.

Aqui surge uma Nova Nação, daqueles que se vêem com se Um se constituíssem; onde a grande vantagem está em sentir a emanação de paz do irmão; onde as vestes e os títulos não mais alimentam sentimentos de grandeza, apenas distinguem os gostos pessoais ou proteção para execução de alguma função; aqui não mais chegarão os que não buscaram aproximar-se do Pai, nesta Pátria far-se-á a proposição do Deus que habita em cada um. Salve Deus!

Mestre Lua Anderson Augusto

2 comentários:

salve deus grande mestre nossa é uma sensação horrivel o orgulho quem tem ou tiver essa sensação que estar sendo dominado por isso torna-se um doente pior mental e espiritual por que não deixa as coisas boas fluir so deixa sentir a si mesmo achando sempre que estar correto e não vai embusca de melhora de aprender algo melhor de buscar para si tudo de bom que essa corrente do oriente maior tem para nos proporcionar salve deus mestre ao meu ver pessoas orgulhosa ou que se senti sabedora de tudo sofre muito por que vive no seu eu salve deus

basta olhar para os artistas quando estao fazendo seus shows ninguém pode chegar perto eu penso que eles tem nojo dos seus fans pois eles deveriam saber que ali seus irmãos sendo rejeitado por eles as vezes so querendo abraçar beija-los ou simplesmente toca-los.orgulho e vaidade é um atraso espiritual.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.