sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O Comportamento na Mesa Evangélica


Atendendo ao e-mail de um médium aspirante, vou falar um pouco sobre um dos trabalhos que mais me emociona em nossa Doutrina: A Mesa Evangélica. Como o pedido se refere à conduta, procurarei ater-me ao tema.

Tocou a sineta é hora de dirigir-se para o setor! Ah, mas eu estava na “sintonia” de um cafezinho... O chamado da sineta é uma alerta de que necessitam de você naquele setor, e você tem um compromisso. Garanto que o café vai ficar bem mais saboroso depois do trabalho realizado.

No setor evangélico, enquanto aguardamos a quantidade necessária se completar, é hora de imantrar. Não há espaço para conversas vazias e que só atraem forças esparsas! Tem que colocar o pé lá dentro e já estar trabalhando! Imantrar, mentalizar, e com seu comportamento verá que outros, que normalmente se perdem nas “conversas sem procedência” irão lhe acompanhando na conduta correta. É uma lei de atração em que o certo vai sempre vencendo. Ah, mais uma coisa, entrou para o trabalho, não saia! Às vezes você induz a outro a sair, e acaba sendo o responsável pela não realização do trabalho todo. Isso tem preço!

Aparás acomodados... Doutrinadores atrás, concentração total durante a abertura e então o Comandante determina que se façam as puxadas. 

Xiii... O Apará não incorporou! E agora? Quando você faz a puxada, o Apará passa a receber a projeção, independente de qualquer sintoma aparente. Por tanto, não vá “dar banho em Jesus”...??? ... Explico, baixar a cabeça perto do ouvido do Apará e gritar “LAVADO SEJE NOSSU SINHÔ JESUIS CRISTO”... Salve Deus! Um Apará está ali mediunizado, buscando a sintonia daquela incorporação, que muitas vezes é difícil, pesada, e o Doutrinador faz algo assim? Não!!! Um médium deve ter o comportamento exemplar, com carinho e respeito! E mais do que isso, “Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo” é uma chave! Aprenda a pronunciar corretamente! A postura elegante e a voz em bom tom fazem parte da conduta doutrinária.

Após a puxada, o Apará, sob projeção, deve manter o equilíbrio, mesmo diante da mais feroz vibração. Com as mãos fechadas, mantendo o corpo no mesmo equilíbrio, sem emitir sons, ruídos de qualquer espécie, gestos corporais que incitem qualquer tipo de sentimento. Estas manifestações não são sinais de uma incorporação perfeita, de muita sintonia e de força do médium. Pelo contrário! São sinais de fraqueza, de falta de controle e até mesmo de desequilíbrio! Não foi isso que aprenderam nas aulas de desenvolvimento! Se não foram corrigidos, a culpa é do Instrutor!

O Doutrinador realiza então sua doutrina. “Tem uma doutrina específica para a mesa”... MENTIRA! Não, a doutrina que acompanha a limpeza da aura deve ser espontânea. Seguir um determinado padrão, porém sem ser cansativa e decorada. Tem que ter sentimento! Levar sua vibração energética! Não pode ser uma fala decorada sem emoção, enfadonha e cansativa. O espírito pode até nem ouvir, mas sente sua energia. Você está encaminhando um espírito desconhecido que jamais te esquecerá, se aquela realização for completa. Está formando uma amizade que irá, quem sabe, lhe receber quando chegar a sua hora de partir. Pois ele jamais te esquecerá. Pense nisso! E não no café que você deixou de tomar.

Ao realizar a limpeza da aura, o cuidado com a elegância também é fundamental. Aqueles que fazem tudo correndo ou que gesticulam fora dos padrões, inevitavelmente são notados e vibrados. Atraem para si a atenção que parecem querer, mas com certeza, não vem nada positivo junto. Ah... Uma lembrança importante: Nunca, jamais se toca no Apará durante a limpeza de aura!!! Pergunte o quê sentiu um Apará que recebeu um toque. Vai ver como ele ficou “feliz” com o choque recebeu, e como o doutrinador(a) caiu em seu conceito.

Quando é realizada a elevação, o objetivo é permitir que o espírito siga sua jornada. Segurar a incorporação é um dos piores erros que um Apará pode cometer. Claro que algumas vezes, existe a necessidade de um espírito receber um pouco mais de ectoplasma, ou mesmo um fluido de diferente doutrinador(a), mas está não é a regra, é a exceção! Fazer isso no encerramento da mesa, criando um clima de espetáculo, é ainda pior! Quem leva as vibrações, não é o doutrinador(a) que não “conseguiu” elevar o espírito, e sim o Apará que deu show! Salve Deus! Falo isso assim, de forma clara, porque é o quê na verdade todos comentam. Digo ao Apará que não acredite se alguém foi elogiar “sua força” na mesa... Quem fez isso agiu por ignorância ou falsidade.

Resta ainda falar do giro... Giro, quer dizer andar em círculos! É deixar o fluxo energético da mesa seguir sua trajetória. Quando um Doutrinador(a) estaca atrás de um determinado Apará, esperando que o outro Doutrinador termine sua doutrina e elevação, ele para este fluxo e sujeita-se às forças esparsas. Fica segurando “carga”. Portando não pare! Siga o giro, somente pare para aguardar quando ouvir o “Obatalá”. Nos faróis é mais uma questão de bom senso. Se tem um ou dois esperando para fazer a limpeza, espere também, mas se já tiverem três ou quatro esperando, Salve Deus, siga em frente e não cause um “engarrafamento doutrinário”. A passagem sem fazer a limpeza, quando já existem mais de três esperando no farol, foi autorizada pelo Trino Arakem.

Eu deveria continuar escrevendo sobre este tema, mas vai acabar virando um jornal. Espero já ter atendido as expectativas do médium que fez sua consulta, e aguardo novos questionamentos sobre o tema, para ter a oportunidade de escrever mais.


Kazagrande

19 comentários:

NOTA... 1000... KAZA...






DEUS LHE ABENCOE...

Adorei mestre......

Salve Deus.....
Olhe que já recebi um toque quando estava na mesa....Mas é ruim mesmo...
Salve Deus...

Larissa Reis

Salve Deus!

Gostaria de saber se tem uma posição específica das mãos do mestre que esta no farol da mesa evangélica. Se as palmas da mão tem quer ficar voltadas para cima, para baixo ou tanto faz.

Gostaria que explicasse em que momento o doutrinador deve abrir o plexo ao chegar na base da mesa quando estamos participando da mesma e existe um apará incorporado bem no centro da base da mesa. Deve o doutrinador, fazer a doutrina primeiro e só depois da elevação, abrir o plexo ou primeiro abre-se o plexo e depois é que faz a doutrina e elevação?

Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo pelas benções que vc tem feito na nossa doutrina.

Salve Deus !

Salve DEUS Kasa grande,gostaria de saber sobre a qualidade de uma mesa evangelica ao respeitar a montagem em que coloca-se primeiro no banco da esquerda pra direita começando com mediuns centurioes e depois terminando com mediuns iniciados ou ainda emplacados.O porque disso?E é verdade que as forças começam a movimentar da esquerda pra direita,no sentido horario?Muito obrigado!Salve DEUS.Giuliano.

Ótimo texto Kaza, lembro-me de ter lido algo parecido inclusive quando estava no meu desenvolvimento,acho que o senhor deve lembrar...é um texto ótimo,não só pros doutrinadores que na maioria dos casos se acham os "perfeitos",mas também pros aparás (NÃO TODOS) que acham que gritar,bater e ficar se retorcendo é sinal de boa incorporação :)
Um ótimo texto, pra quem ta começando e pra quem já é antigo também.

parabéns meu querido,um forte abraço!

Muito bom meu irmão! Que Jesus sempre te abençoe!!!

Seria muito valioso se cada um de nós reconhecesse que nosso trabalho precisa da aceitaçao da Espiritualidade, ñ precisamos q as pessoas reconheça em nós o orgulho a vaidade.A humildade é a chave do sucesso.

O Apará que "dá espetáculo" desconcentra todos os participantes do trabalho, inclusive os outros aparás, que estão semi-conscientes. Eu mesmo várias vezes quase desincorporei por perder a sintonia por causa de aparás gritando e sacudindo a mesa ao meu lado.
Salve Deus
Mestre Lua Maurício Palladino
Anápolis - GO

salve deus que todos nos possamos aprender
um pouco mais com a simplisidade de um aspirante,as vezes chegamos ao nivel de mestre,nao procuramos conhecer os tabalhos magnificos que tia neiva nodeixou.apreder nuca e demais mais a evoluçao e costante.renato rodigues mousinho

sal deus
casa grande parabens

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Salve Deus!!

Nossa Senhora, cada vez que leio me surpreendo mais. Acho que infeslismente perdi essa aula. Tudo feito na simplisidade realmente é muito mais bonito. Aprendo cada vez mais com esse blog. Parabéns Kasagrande, que Deus te abençoe hoje e sempre.

Lu Lacerda - Templo GALUANO - João Monlevade - MG.

Meu irmão salve deus vc é um exemplo de médium cara vc esta de parabéns já li sobre tudo no seu blog e vc sempre bem preciso com suas colocações que deus te ilumine sempre e teus mentores te abençoem...

Salve Deus, gostei muito do esclerecimento sinto agora mais segura!
Weslene Anapolis goias

salve deus!!agradesco por la clase de mesa evangelica eso sirve para todos los trabajos por que en los tronos pasa mucho eso que los dotrinadores hacen las llaves por la mitad y el apará queda sin saber como se comporta ellos no saben pero tienen que aprender,y lo del toque en el apará es verdad parese un SOCO"salve deus

SALVE DEUS!
EXCELENTE TEXTO! SOU UM APARÁ EM DESENVOLVIMENTO PARTICIPEI DA MINHA 1ª MESA EVANGÉLICA A POUCO E ATRAVÉS DESTE ARTIGO CONSEGUI COMPREENDER OS MEUS ERROS AOS QUAIS O MESTRE SOL HAVIA ME ADVERTIDO MAS QUE EU POR VAIDADE NÃO HAVIA DADO O DEVIDO VALOR. NÓS APARÁS SERVIDORES DO NOSSO DIVINO E AMADO MESTRE JESUS CRISTO POR VEZES NOS DEIXAMOS LEVAR PELA VAIDADE E PELA VONTADE DE SER NOTADA NOSSA INCORPORAÇÃO.. NEM SEMPRE SÓ POR MOTIVO DE VAIDADE MAS ÁS VEZES PARA TERMOS SEGURANÇA DE SERMOS REALMENTE CAPAZES DE INCORPORAR.. NESTES MOMENTOS DE FRAQUEZA OS NOSSOS IRMÃOZINHOS DE MENAS LUZ APROVEITAM PARA SE MANIFESTAR DE FORMA MAIS "PESADA" POIS NOSSA INSEGURANÇA E VAIDADE FORTALECEM A CONEXÃO DE PESADOS FLUÍDOS AO NOSSO PERISPÍRITO. ME SINTO ARREPENDIDO E ENVERGONHADO PELA MINHA VAIDADE E ORGULHO.. MAS TENHO CERTEZA QUE COM FÉ EM DEUS IREI CORRIGIR ESTES MEUS DEFEITOS E ME TORNAR UM VERDADEIRO INSTRUMENTO DA CARIDADE E DA PAZ DO SENHOR! DESCULPE A LONGA MENSAGEM FOI UM DESABAFO DO MEU ESPÍRITO DIANTE DO DESEQUILÍBRIO DE MINHA PERSONALIDADE.
DEUS LHE PAGUE OS SÁBIOS ESCLARECIMENTOS COM MUITA LUZ!
QUE O SENHOR ILUMINE SEUS CAMINHOS E SUAS PESQUISAS!
FIQUE NA PAZ DE DEUS! GRAÇAS A DEUS

Conheço poucos Templos do Amanhecer, mas os que conheço, tenho visto verdadeiros palcos de grandio -
sos espetáculos durante a realização de uma Mesa Evangélica. É socos, gritos, incorporações interminá -
veis, precisando às vezes ser preciso levar o apará para os tronos para poder terminar de fazer o trabalho
de desincorporação. Eu sempre tentei levantar a questão, para que eles soubessem que aquilo era por de-
sequilibrio do médio ou por mal desenvolvimento. Mas se dissermos ou levantarmos esta questão em qual-
quer Templo, logicamente levará o Médio a um desequilibrio. Se os Aparás fazem isso, e ele permite é por-

que não tem conhecimento da verdadeira postura de um Apará em uma mesa Evangélica, portanto se formos corrigir, lá vem bronca, portanto é melhor deixar.

Humberto Rocha Brito - Templo Atanis - Ubatã-Ba.



Muito bom o texto kazagrande, assim como tudo que é publicado aqui no blog...
esse texto por sinal me lembrou um momento engraçado que me aconteceu no desenvolvimento, sou ajanã, e meu corpo fisico é um pouco grande, devido a exercicios fisicos que pratico, se eu não me engano foi na 4 ou 5 aula de desenvolvimento que fomos a 1 vez na mesa evangelica, apos todos os aparas estarem arrumados na mesa evangelica, eu percebi umas vibrações de uns doutrinadores, e assim decifrei logo, estavam pensando que quando começasse as incorporações, os nossos irmãos desencarnados dariam um "SHOW" em mim, haveriam gritos, murros na mesa evangelica..., porem no inicio do desenvolvimento eu conversava muito com meu preto velho a respeito da incorporação desses nossos irmãos, e dizia que comigo, nossos irmaos teriam disciplina, que seria uma incorporação tranquila independente da hierarquia inferior que pudessem ter, e meu preto velho PAI JOAQUIM DAS CACHOEIRAS, ja havia me ensinado como seria a forma perfeita para a incorporação dos nossos irmãos desencarnados, assim, quando o trabalho da mesa evangelica acabou, apos um pequeno tempo abri os olhos, e percebi muitos doutrinadores olhando para mim, no momento pensei que havia feito algo de errado, porem meu preto velho me confortou dizendo que o trabalho havia ocorrido da melhor forma possivel, que todos os irmãos haviam sido emanados para os hospitais espirituais mais serenos e confiantes da nova fase que teriam a partir daquele momento..., apos, soube o motivo dos doutrinadores estarem olhando para mim no final do trabalho, eles pensarão que eu não possuia conduta doutrinaria...
Salve Deus!

Igor, Ajanã, Recife/PE

Salve deus mestre estamos sempre a aprender e e sempre bom ter alguém k nos ajude a esclarecer nossas duvidas.assim também nos ajuda a melhorar a nossa conduta doutrinária. e sempre bom aprender com kem sabe.obrigado mestre

Salve Deus Mestre Kazagrande! O que aprendir com meu instrutor é na doutrina deve seguir aquelas frases prontas.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.