segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Sou um Jaguar comum


Sou um Jaguar comum! Igualzinho a grande maioria dos médiuns desta Corrente. Não tenho poderes especiais, não sou vidente e dificilmente recordo de algum “transporte” ou desdobramento.

Tenho problemas com a vida material, embora não possa em absoluto reclamar de qualquer momento mais difícil que tenha vivido, todos me ensinaram lições valiosas para o aprimoramento pessoal. Tenho altos e baixos que já me levaram à falência e que me reergueram “magicamente” em pouquíssimo tempo.

Minha família é harmoniosa, o quê não impede que as diferenças de pensamento provoquem algumas discussões, as quais procuramos sempre, depois de alguns minutos de reflexão, buscar um ponto de equilíbrio, onde os envolvidos têm sempre que ceder em alguma coisa.

Não posso ir sempre ao Templo. Não tanto quanto gostaria, por motivos diversos e como envolvem questões polêmicas da atualidade, me abstenho de abordar.

Minha saúde é de “ferro”, e como tal, às vezes aparece alguma ferrugem.

Ou seja, sou igualzinho a maioria de vocês! Preocupado com as “questões do momento”, porém compreendendo que minha opinião não vai mudar a cabeça de quem se envolve em “política doutrinária”, restrinjo minha participação a trabalhar e escrever sobre o quê possa efetivamente ser bom e produtivo.

Recebo diariamente agradecimentos por este pequeno trabalho aqui no Exílio do Jaguar, que me servem de apoio, que me auxiliam a manter a disciplina e alertam sobre a grande responsabilidade de escrever, mas tenho total consciência de que sem nossos Mentores de nada valeria escrever. Seriam apenas palavras tantas vezes já repetidas e não chegariam ao coração de outros irmãos Jaguares. Assim que rezo todos os dias, mas todos os dias mesmo, para poder continuar digno desta jornada e perder as minhas mãos se me envaidecer por esta oportunidade. Oportunidade esta, que ainda terei que fazer por merecer. Sinto que recebi mais do que mereço e o compromisso é cumprir a jornada para poder ser digno dela.

Emociono-me a cada email e posso sentir a energia que chega, ou inexplicavelmente é enviada “em anexo”, com direito a confirmação de recebimento e tudo.

Aprendi muito com esta Doutrina e devo a ela oportunidade de manter-me nesta encarnação. Sem ela estaria em algum sanatório ou quem sabe perdido em alguma caverna do etérico.

Por isso escrevo! Inicialmente foi apenas para me sentir de novo perto de meus irmãos e irmãs, mas a missão se revelou mais abrangente, levando-me a participar de suas vidas e fazer com que participem da minha também. Não me sinto mais “exilado” e devo a vocês esta proximidade.

Sou um Jaguar comum! Ainda manipulando meus restos cármicos, doutrinando-me a cada momento para aprender a ser mais tolerante, mais paciente.

Já errei muito nesta vida. Às vezes acho que vivi várias das minhas encarnações em apenas uma. São tantas passagens, lembranças, que por vezes penso se já não desencarnei e estou apenas recordando.

Sinto que toda a experiência desta vida deve ser compartilhada, não importa se eu me exponha, o objetivo maior é tentar fazer com que possa ser mais útil do que foi para mim mesmo. Se puder evitar que um único irmão de um passo em falso que o conduza a dores que já vivi, pelo mesmo ato ou pensamento, já poderei sentir-me realizado. Saberei que aquela passagem serviu para mais alguém.

Muitos falam com impensado orgulho da herança espartana... Salve Deus! Éramos sanguinários e dominávamos pela força e pelo medo.

Outros se envaidecem com a passagem cigana, esquecendo que quem terminou melhor naquela história foi Mãe Calaça, e olhe que ela foi devorada viva por lobos...

Nossas heranças, nossas passagens, não são para nos envaidecer! São apenas parcelas de uma individualidade de sofredores encarnados, que por mais que hoje se esforcem para ser missionários, no máximo seremos missionários cármicos, pela força de nossas dívidas.

Já me importei demasiadamente com classificações, com posições, lugar na fila, medalhas no colete e coleção de acervos... Hoje entendo que nosso tesouro é o trabalho! É doutrinar, emanar e curar! É buscar a cada oportunidade ser Doutrinador com o Terceiro Verbo, é ser Apará com a Voz Direta.

Não importa o lugar na fila, a classificação e qualquer outra honraria que alimenta nossa perigosa vaidade e nosso destrutivo orgulho...

O quê vale é compreender as coisas mais simples. É saber que entre um Arcano e um Branquinho não há diferença, os dois devem ser Trabalhadores da Luz e não podemos ver qual o nível de evolução que cada um possui. Já contei que há muito tempo, quando recebi o Rama 2000, Pai João me disse que eu já estava “quase” conseguindo o direito de usar o colete, mas que ainda faltava... Salve Deus!

Sou um Jaguar comum, feliz, mas muito feliz de poder chamá-los de Meus Irmãos!

Kazagrande

11 comentários:

Espero que continue sua jornada com este blog meu irmão. Suas mensagens chegam onde mais precisam.

bela mensagem, no minimo motivadora xD
um ótimo trabalho para todos
Salve Deus

Salve Deus!
Mestre, percebo nas suas palavras a sensação de paz consigo mesmo. É muito bom qd sabemos o já construimos à nossa volta.
Continue realizando este maravilhoso trabalho; nada melhor do que vermos a sinalização de que possível vencer a si mesmo.
Boa sorte.

Mestre sou seu fã incondicional, você tem intimidade com as palavras, fala com simplicidade e a sabedoria, emana paz e amor aos corações aflitos trazendo luz as mentes anciosas por sapiencia doutrinaria, beber na fonte da sua sabedoria para mim é sempre um sastifação indescritivel. É com imenso orgulho e emoção que ouso a redigir este pequeno texto para te agradecer. Que o amor de nosso senhor Jesus cristo reine sempre em seu coração. Meu irmão você é o CARA. Ah! antes que eu me esqueça imprimo todos as mensagens e encaderno e coloco a disposição de todos no templo que frequento.
Mestre Alessandro - Templo Batuy do Amanhecer - Vila Boa/GO.

Salve Deus!
Então acho que estou quaseeeeeeeeeeeeeee conseguindo o direito de usar minha fita =D Sério.

E aí Kazão... compreendeu a lição do amor... porque é dando que se recebe, é amando que se é amado e é perdoando que se é perdoado.

Dificil assimilar tudo isso não!

Mas o amor sempre abre brechas nestas particulariddes do jaguar enclausurado nas quatro paredes do seu eu interior.

Como disse nossa Mãe: Só o amor, meus filhos. Só o amor no ensina o amor.
Abraços. Apurê

Grata Kasagrande, enorme de amor e sabedoria! Uma ninfa bem iniciante, rs e que quer seguir pela lei do trabalho e não das medalhas. Salve Deus!

Acredito a que a humildade é instrumento fundamental nessa nossa jornada... Parabéns pela sua grandiosa visão...Tenho que aprender!

Salve Deus Mestre!
Obrigada pela sua perseverança.
Muito me tem ajudado seu belíssimo trabalho, junto as entidades que lhe acompanham.
Que Jesus o abençoe sempre e que suas mãos lhe tragam mais ajuda a todos nós.

Grande abraço.

EMOCIONADA.

Espero mestre breve bem breve poder te escrever com boas notícias. Por hora estou tentando seguir e lembrar das palavras que me escreveu.

Agradeço de todo coração e desejo que sua luz possa nos iluminar, nós seus IRMÃOS, para todo sempre!!! E que também possamos sempre saber retribuir todo esse cuidado e carinho.

OBRIGADA!!!

Michele Mascarenhas
Ninfa Lua- Salvador/Ba

Meu querido irmão Kasagrande. Grata pelas preciosas lições e pela sua humildade de compartilhar conosco os seus aprendizados. Salve Deus. Site blog é MARAVILHOSO. Grande abraço. Aguardamos você em breve aqui em Brasília. Adriana.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.