quinta-feira, 21 de julho de 2011

Reflexão – Instrutores - 02


Dialogar com os Aspirantes não é especular sobre sua vida! Temos a premissa de não perguntarmos nada, nem o quê faz, de onde vêm, etc.

Muitas vezes recebemos marginais que iniciam seu desenvolvimento na esperança de poder mudar toda a sua vida, ou mesmo em busca de proteção para o momento social que atravessam. Salve Deus! O mesmo carinho, o mesmo respeito, devem ser ofertados a estes que, perseverando na jornada, poderão verdadeiramente salvar suas encarnações.

Sei que muitos ficariam estarrecidos se conhecem o passado de alguns que hoje são (ou foram) baluartes de nossa Doutrina. Homens que em um caminho constante de “erros”, recuperaram sua oportunidade encarnatória e se transformaram em missionários de Pai Seta Branca, por vezes muito mais dedicados que aqueles que já nascem no berço da Doutrina.

Outro alerta desta parte é sobre as Ninfas Aspirantes! Hum... Este é um tema muito delicado também!

Um Instrutor, com seu uniforme, suas palavras de conhecimentos e orientação, além da segurança que naturalmente uma mulher procura, também emite Luz! A Luz de suas armas, de seus Mentores! Assim, é natural que as Aspirantes fiquem confusas com seus sentimentos e acabem se apegando ao Instrutor como um porto seguro para suas vidas.

Como Instrutor, sua obrigação é uma missão! E como missionário, jamais pode incentivar estes sentimentos. Ceder aos desejos, aos impulsos, é como Tia nos diz: Se não houver respeito ou se desrespeitar uma ninfa, é como desrespeitar toda a guarda de Pai João, é tê-lo no seu calcanhar, o que não é bom, porque eles não nos castigam, porém nos deixam à mercê de nossos carmas!

Compreendo que muitos podem estar se “reencontrando neste momento”, mas Salve Deus! O período de Desenvolvimento deve ser respeitado integralmente! Persistindo depois, a mesma ligação, e se a condição afetiva de cada envolvido permitir, não havendo pessoas a serem magoadas pela ligação... Aí será uma nova história.

A intolerância por parte de alguns Aspirantes, que insistem com seus questionamentos ainda inoportunos, deve ser tratada com psicologia. O Mestre Instrutor tem a sua disposição todo o acervo de seus Mentores nesta hora. Estando sintonizado, mediunizado para esta missão, com certeza terá a intuição de como agir dentro do Amor, da Humildade e da Tolerância.

Nesta parte da Carta Tia novamente alerta que: O Doutrinador está se preparando para não ter dúvidas!

E fala sobre os enfermos que também sentem a projeção negativa e obnsessiva, com os quais devemos buscar a mesma a intuição de como agir dentro do Amor, da Humildade e da Tolerância.

Kazagrande 

5 comentários:

sem querer chocar ninguem desde ja peço desculpas queria saber uma vez que ja fui garota de programa se posso fazer minha caminhada no vale do amanhecer ja fiz o teste e deu apara sera que devo desenvolver?mais uma vez desculpa

Minha Estimada irmã,
Salve Deus!
Por favor mande sempre suas perguntas diretamente para o email kazagrande@bolivia.com , assim não precisará expor suas dúvidas. Respondo a todos dentro do tempo possível.
Não se preocupe pelo seu passado. Apenas pense em semear um novo futuro. Mesmo que ainda estivesse neste trabalho, nada iria lhe impedir de iniciar sua jornada. No Vale do Amanhecer não se pergunta de onde vêm cada um, o quê faz, ou o quanto tem de dinheiro.
O quê verdadeiramente conta são os valores espirituais a serem despertados e o potencial de praticar a caridade que está disponível.
Se você foi convidada a fazer seu desenvolvimento, e se sente este desejo, no fundo do seu espírito: siga a missão que lhe é confiada!
Kazagrande

Obrigada,pela resposta agora posso começar minha caminhada

Um resposta sabia, um espirito a caminho. muito bom.

Mestre e quando entra uma de branquinho perseguindo um mestre que nao e instrutor ,que ja tem relaciomento . E esta iniciante o persegue senta colado e provoca tanto que a unica soluçao encontrada pelo mestre e deixa de ir no templo. Qual deve ser a atitude correta do instrutor agir em um caso desses. No qual a iniciante ta disposta a fazer de udo pra destruir um casal. Salve Deus.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.