sábado, 22 de outubro de 2011

Jogando fora


Fazer uma defumação em casa, de vez em quando, é muito bom!

Dentro de nosso preparo doutrinário passamos a compreender que estamos cercados de energias. Estas energias são atraídas pelo nosso padrão vibratório, nossos pensamentos, sentimentos e também nossas “coisas”, ou seja, nossos objetos pessoais tornam-se impregnados pela nossa energia. Por isso a necessidade de um cuidado especial ao guardar nossas armas e uniformes (estão impregnados com nossa energia mediúnica empregada nos trabalhos e consagrações).

O ambiente em que vivemos, convivemos e trabalhamos também fica impregnado de energias.

A defumação, em uma combinação da essência exalada e dos mantras emitidos, tem o poder de desimpregnar a energia negativa, aliviando o ambiente e trazendo uma natural sensação de conforto após a sua realização. Também “desaloja” irmãozinhos que podem estar encontrando um ambiente que desejam passar a conviver, sem que tenham méritos para isso. Alaruês, atraídos pelo turbilhão de nossos pensamentos, podem ser afastados em uma simples defumação domiciliar.

Porém é preciso algo mais... De nada adianta defumar um ambiente se mantemos coisas e objetos repletos de uma energia “suspeita”. Vou explicar este “suspeita”: coisas que você não usa, roupas que você não gosta ou não usa há um ano, coisas feias, coisas quebradas, lascadas ou rachadas, velhos escritos, bilhetes, plantas mortas ou doentes, publicações antigas, remédios vencidos, meias velhas, furadas, sapatos estragados... Tudo que verdadeiramente não é mais útil, ou necessário, e que insistimos em “guardar” em algum canto, geralmente transformado em “cantinho de bagunça”.

Teias de aranha, livros empoeirados, sujeiras escondidas por preguiça, gordura incrustada... Não podemos conceber que qualquer destas coisas ou situações tenha uma “energia boa” agregada. Muito pelo contrário... São verdadeiros venenos para o padrão do ambiente!

O cansaço, a depressão, o desânimo aumentam quando estamos em um ambiente cheio de uivadas (termo boliviano para “entulhos”). Você olha a sua bagunça e se sente desorganizado, limitado, apegado ao passado!

Limpar a casa e desfazer-se de tudo que se acumula por nossa falta de zelo ou apego injustificado, é uma das melhores maneiras de mudar e controlar o seu próprio padrão vibratório! Se a limpeza for acompanhada de uma defumação então... Salve Deus!

Você irá se sentir mais saudável, mais criativo, com “espaço” livre (físico e mental) para criar novas coisas, para trazer coisas boas e produtivas. Até sua convivência com as outras pessoas do ambiente melhora sensivelmente, e por diversos fatores que não vou nominar para não deixar muito extenso este texto.

Hora de doar, vender ou jogar fora! Pergunte sinceramente por que guarda esta coisa? Esse negócio tem alguma coisa haver comigo hoje?

Livrou-se das “uivadas”? Agora sim! É hora da defumação!

Kazagrande

7 comentários:

Muuuito bom!!!!
Ja pensei assim tbem!!!
Viver em bagunças, coisas fias, sujas, inulteis...
É mlhor mesmo desfaze-las e dar uma boa limpeza com a defumação!!!
parabens!!!

SALVE DEUS

Salve Deus mestre! Por falar em defumação, eu tenho uma dúvida: no final da defumação existe aquelas 3 elevações? Uns falem que sim, outros falam que não? Qual é o certo???

Meu irmão Adil, Salve Deus! Por favor, mande a pergunta para o Email kazagrande@bolivia.com e responderei particularmente para você. Do Email partem as respostas para todos que escrevem. Um fraterno abraço, Kazagrande

Prezado Cazagrande,
Como sempre, um excelente ensinamento ou dica para melhorar os nossos ambientes. Nunca é bom acumularmos coisas velhas, quebradas ou sem finalidade de uso, assim como, é muito prejudicial carregarmoa problemas não resolvidos ou ficarmos presos a etapas passadas da vida.
Nossa vida começa a cada dia e para ela só devemos carregar o necessário.
Abraço.
Euleir Eller

cara, sintonia é uma coisa mto louca, eu estava falando EXATAMENTE isso com minha mulher, EXATAMENTE! APARECE QUE FOI EU QUE ESCREVI!!!

cara, sintonia é uma coisa mto louca, eu estava falando EXATAMENTE isso com minha mulher, EXATAMENTE! APARECE QUE FOI EU QUE ESCREVI!!!

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.