sábado, 28 de maio de 2011

Fábrica de Médiuns?


Nosso Desenvolvimento, em termos de aprendizado das técnicas de manipulação, é muito rápido. Em apenas sete aulas (ou até mesmo quatro, no caso de alguns Aparás) o médium pode estar pronto para iniciar seus serviços nas Lei do Auxílio.

Mais três aulas, que podem ser realizadas imediatamente após o emplacamento, estará pronto para ingressar nos Castelo de Iniciação e inscrever seu nome no Grande Livro dos Iniciados. Em seguida, sentindo-se apto, pode esperar o próximo grupo de Elevação de Espadas e buscar seu Segundo Passo Iniciático.

Após a Elevação, que deveria ser confirmada com a participação em um Trabalho de Estrela Candente, o médium já pode aguardar o próximo Curso de Pré Centúria e preparar-se para assumir a grande responsabilidade de ser Centurião, assumindo com isso uma série de compromissos espirituais com a Doutrina e com seus Mentores.

Tudo isso se processa rapidamente. Em um ano o médium, se assim desejar, pode ser Centurião! Obviamente seu preparo em termos de conhecimento, compreensão e evolução, se processa de uma forma muito particular. Alguns passam muitos anos vagando e divagando em busca de conhecimentos que os conduza a verdadeira essência da Doutrina: compreender que a missão implica em um aperfeiçoamento pessoal, tornando-o um ser encarnado com as premissas do Evangelho de Amor, Humildade e Tolerância.

“Correr” com seu desenvolvimento mediúnico tem um preço... Querer tudo de uma só vez, acelerar o já tão rápido processo e carregar o peso de Consagrações para as quais não se estava verdadeiramente preparado, tem um custo que muitas vezes leva o médium a desacreditar de si mesmo.

Infelizmente nem sempre a culpa é da ansiedade do próprio médium, que ingenuamente acredita que quanto mais rápido obtiver suas consagrações, mais rapidamente sua vida irá melhorar e ele terá condições de ajudar mais pessoas. A maior responsabilidade é de quem, já estando preparado, como instrutor, ou líder, permite que o médium avance sem os necessários esclarecimentos a respeito de seu compromisso, e da grande responsabilidade que passa a acumular em cada passo que dá dentro da Doutrina.

Mais triste ainda, é verificar nestas lideranças a intenção de fabricar o Centurião apenas com o intuito de fazer número, mantendo uma das mais pregações mais absurdas que já ouvi: “o que importa é a quantidade e não a qualidade”.

Salve Deus!

Iniciar, Elevar e Consagrar Centúria... Tudo ao mesmo tempo, sem preparo e muitas vezes sem qualquer aula! Isso mesmo! “Deixe as aulas para pagar depois”... Isso com a Centúria???

Como um médium que emplacou em um fim de semana no outro já será Centurião?

Recebi este questionamento da parte de uma Ninfa que passa exatamente por esta situação... Sente-se assustada, pressente o peso da responsabilidade, mas não tem nenhuma informação sobre o quê está assumindo.

Como vou responder? Eu seria irresponsável se simplesmente dissesse para confiar que “tudo vai dar certo”... Aprendi que principalmente a Centúria é coisa muito séria. Que existe uma Contagem na realização das Aulas e que nossos Mentores também seguem um cronograma de preparação de nosso Plexo.

Compreendo a necessidade por que passam Templos mais afastados e que devem aproveitar a oportunidade de uma Consagração... Mas querer fabricar um médium de seu emplacamento, após apenas quatro aulas, para sete dias depois “transformá-lo” em Centurião, sem qualquer preparo, sem qualquer aula, será que está tudo bem para a Espiritualidade? Sinceramente não posso crer na banalização até mesmo da Centúria!

Já presenciei a formação de médiuns fabricados nestas condições e infelizmente muitos se deformam. Passam a acreditar que sabem tanto quanto qualquer outro que carregue o mesmo Radar. Sem experiência, sem vivência doutrinária, sem sequer saber o quê estão recebendo: Um título de cientista espiritual, capacitado a tratar de todo tipo de espírito que se apresente, não tendo nem um único Retiro completo em sua jornada... Salve Deus!

Entendo que a Consagração é a efetivação do trabalho realizado espiritulmente para a preparação do plexo. A Centúria é registrada nos planos espirituais como uma das mais altas Consagrações que um ser encarnado pode receber! A culpa não é do Médium, embora a maioria das vezes seja ele quem pague o preço, deformando sua jornada. Já quem permite e incentiva as fábricas de médiuns... Salve Deus!

Reforço... Existem condições especiais para uma Iniciação e até mesmo para uma Elevação (embora a Contagem das aulas tenha que ser respeitada). Mas a Centúria? Salve Deus!

Kazagrande

26 comentários:

MESTRE
SALVE DEUS
RAPAZ...ERA ISSO MESMO QUE EU ESTAVA NA SINTONIA QUE VOCE POSTASSE
UMA MULHER MUITO PROXIMA DE MIM, TAVA NESSA DUVIDA...
POIS MEU TEMPLO VAI INICIAR/ELEVAR/ E CENTURIAR TUDO DE UMA VEZ.. EU EXPLIQUEI DIREITINHO O QUE SE PASSA.. SOBRE A PREPARAÇÃO DOS PLEXOS E TUDO, SEM INTERFERIR NO LIVRE ARBITRIO DELA, E COM ISSO , COM ESSE ESCLARESCIMENTO MAIS PROFUNDO, CONCERTEZA A MENTE DELA IRÁ SE CLAREAR.. EU SO QUERO O BEM DELA.. UM GRANDE ABRAÇO MEU AMIGO...TENHO MTA SINTONIA EM TI
FICA COM DEUS <3

salve DEUS....sou de lisboa e fui a semana passada emplacada como apará....irei esta semana iniciar o meu atendimento na lei do auxilio...ansiosa e com alguma expectativa como é obvio....!

Eu estava esperando alguem como voce chegar a esclarecer isso porque no templo que frequento em 1 ano foram consagrados trinos com medios que só fazia 01 anos que entrou na doutrina.
Fico triste com tudo isso mais... o que está acontecendo na realidade é isso mesmo é construir templos e mais templos mais a qualidade infelizmente deixa a desejar.
Mais ainda existe um templo que ainda segue as regras
que é o Templo de Iraporanga. Você sente a humildade e ver também.

Salve Deus !

Um texto muito bem escrito e com profundas reflexões. Dele podemos tirar algumas indagações como: 1) O que é ser um médium? 2) Será se podemos desenvolver a mediunidade ou nascemos com ela? 3) Quando um médium pode trabalhar espiritualmente? 4) A evolução se faz somente numa casa espírita?
Essas são perguntas que todos fazemos quando ingressamos na doutrina espírita porque percebemos a mediunidade em nosso interior. Ser médium é uma benção divina, é um dom que nos desperta para Deus. Aliás, é um intercâmbio com ELE. É uma forma de nos alertar para a espiritualidade. Cada um nasce com a mediunidade que necessita para a sua trajetória terrena. Nesse sentido podemos citar a audiência, a psicofonia, a psicografia, os transportes, curas...Enfim, cada qual possui a mediunidade que se adéqua às suas necessidades. Desenvolvê-la? Não. Talvez o verbo certo seja “educar”. Sim, educar a mediunidade para que essa benção divina não se torne um problema. Parece contraditório, mas não é. A mediunidade se torna um problema quando não enxergamos a nossa individualidade. Ou seja, quando não conseguimos realizar a nossa reforma interior e acabamos por visualizar o nosso próximo com indiferença, com um rigor injusto que não utilizamos para conosco. É o que tão bem Jesus nos alertou “E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu?”
O exercício da mediunidade deve caminhar com o esforço da Reforma Íntima. Entendendo-se por reforma interior a necessidade do auto-exame e do olhar crítico para consigo mesmo. Por exemplo, como doutrinar um espírito enfermo dizendo que só o amor constrói quando não aprendemos a construir o templo de Cristo no nosso íntimo? Como implorar a um irmão cobrador perdão e uma segunda chance se não temos capacidade de perdoar a menor contrariedade? Seria sincero conosco?
Viver de uma forma diferente não é fácil. Recomeçar tampouco. Mas, podemos ter em Cristo o exemplo de vida e o incentivo para sermos cada dia pessoas melhores. Porque para ELE não importa o quão errado cada um de nós foi um dia, mas o que podemos ser de agora em diante. E firmes no propósito que nos foi ensinado, jamais devemos esquecer as suas meigas palavras: “Vai e não peques mais.”

Salve Deus Mestre!
Certamente é preocupante a situação, sem querer julgar, mas isto parece ser situação de desespero de alguns adjuntos presidentes de templos externos que viram seu corpo mediúnico debandar depois de não concordar com a decisão do adjunto afiliar à OSOEC ou CGTA. Ou até mesmo por motivo de desequilíbrio ou falta de preparação mesmo. Acho que só podemos fazer é vibrar para que esta situção de estatutos se resolva e que as coisas voltem a ser como antes e todos os jaguares se harmonizem. Mas gostaria de pontuar algumas coisas: Aqui na região, consagrações acontece entre 3 e 4 meses de diferença. Eu fui emplacado e tinha condições de participar de uma iniciação/elevação na mesma consagração, mas fiz a coisa certa, so iniciei na outra consagração e elevei 4 meses depois. A centuria veio 4 meses depois também com um curso muito pesado, 1 ano após agora em novembro fui consagrado adjunto regente e entrega de cavaleiro/ministro só la para maio do ano que vem. Posso lhe dizer que a maioria destes médiuns que correram, hoje estão afastados, ou são médiuns que não tiveram condições de absorver e entender o que é conduta doutrinária.
Não sei a quem pesou, mas meu adjunto diz que na epoca nao tinha concordado muito mas hoje ele nao autoriza nenhum componente mais a fazer este tipo de coisa, ou seja, pelo menos houve uma evolução. Então mestres, vamos todos vibrar para que estes que erram sejam por desespero ou por falta de conhecimento ou por irresponsabilidade mesmo, que pai seta branca abra os olhos deles para que este irmãos jaguares não se percam nesta caminhada.
Abraços a todos
Salve Deus!

eu concordo plenamente, sei que o tempo anda corrido e ha mt necessidade em muitos templos, mas as vzs acho que está ficando tudo muito mecanizado, que mts instrutores tem perdido a sensibilidade...sera que essa eh uma das causas?

Ninguém se alimenta de miojo todos os dias, pois ele não foi feito com essa finalidade. Miojo se utiliza quando se esta com pressa. Miojo não pruduz os nutrientes de uma boa refeição. A mediunidae desenvolvida e consagrada será usada a todos os momentos da vida de um médium, por isso deve ser bem consolidada, sem pressa. Não deveríamos usar miojos sabor elevação, centúria, nem tão pouco miojo sabor arcanos.

Mestre, Eu acho que a nossa mediunidade, ja vem educada, quem precisa se educar somos nós. A mediunidade é santa e linda a nossa conduta é quem vai determinar se seremos bons receptores de mensagens.

Salve Deus Mestre Kazagrande!

Faço meu depoimento aqui como mais uma atenção a ser dada. Estou há 8 meses no Vale, acabei de consagrar a elevação de espadas. Sempre quis fazer as coisas no tempo que a espiritualidade me concedeu. Fiz todas as aulas, cumpri todos os retiros, fiz a escalada, pedi permissão aos mentores para cada consagração, mas confesso que como apará, sinto a mudança de energia na minha mente, no meu corpo e a minha volta. Ela é sutil, mas muito intensa. Gostaria de ter ficado um pouco mais de tempo somente de branquinho, Iniciada, mas a falta de respeito de muitos jaguares me fez ir um pouco além. Cantadas nos tronos ou na saída deles, doutrinadores aborrecidos por eu recusar ir ao trono com eles (Srs das cantadas), pessoas dizendo o que devo fazer,com quem eu devo ou não trabalhar e outras coisas mais... Preferi envergar a roupa de jaguar, quem sabe assim haverá um pouco mais de respeito e paz.A minha busca é a espiritualidade e não a festa.
Salve Deus

Salve Deus Ninfa,
Ralmente é triste imaginar um mestre "mediunizado" entre aspas mesmo entrar, sair de um trono com intenções egoistas,pois a partir do momento que estamos no templo, ou somos pacientes ou somos médiuns independente da nossa classificação e como médiuns estamos ali para servir e não para satisfazer nossos desejos. Atitudes como estas sao portas abertas para as interferencias. Como doutrinador, analizando minha propria consciencia eu realmente gostaria de ter uma ninfa apará ao meu lado, mas com 2 anos de doutrina sempre me relaciono com pessoas fora da doutrina justamente para evitar confusao, falatorio, mas algumas pessoas não conseguem domar seus desejos, nao tem a força e a conduta necessária, se pudessemos nao julgar as pessoas como estou fazendo agora, seria otimo, mas se ao menos julgassemos as pessoas pelas suas qualidades e nao pelas suas fraquezas o mundo seria um lugar melhor assim temos de compreender as situacoes e tentar buscar varias solucoes. Pela sua conclusao, entendo que voce acredita que um uniforme de jaguar vá impor mais respeito, espero que sim, a vou mais adiante, se voce acreditar de coração, realmente vai sim. Mas não conte apenas com isso, use sua sabedoria, sabes que somos testados 24 horas e somente a humildade, a tolerancia e o amor incondicional é que nos livrará de nossas dificuldades carmicas, assim pense com amor que estes que vos cantam estão ainda em um grau de evoluçao que nao lhes permitiu entender o que é envergar o uniforme de jaguar, a doutrina é para curar a si proprio e so assim ter condicoes de curar aos outros. A evolucao é individual e mesmo que um mestre alcance a maior classificacao, isto nao quer dizer que ele seja mais ou menos evoluido que um Branquinho, pelo contrario, assim quando alguem lhe disser o que voce deve fazer, receba aquilo com humildade sendo uma bobagem ou nao, estando dentro da lei ou nao e absorva a informacao sem receios, mas separe somente o que é util e agrardeça nem que seja com um sorriso. Com amor nao recuse trabalhar, talvez uma libertacao sua esteja naquele trabalho e se a pessoa lhe desagradou por um comportamento inadequado seja antes, durante ou depois do trabalho, com carinho e respeito informe a pessoa que aquela atitide nao lhe agrada, para que ela nao o faça novamente, é dificil falar certas coisas, mas funciona, pois não pense que homens também nao recebem cantadas. enfim confie na sua mentora, ela vai lhe intuir, e por ultimo tenha muita tolerancia, pois os jaguares já sao muito endividados entre si por suas herancas transcendentais, tente nao criar mais dividas se libertando de preconceitos e fofocas, afinal o que é errado é errado e nao adianta ficar martelando os erros dos outros, como dizia a tia, preocupando com a casa do vizinho, enquanto a nossa está por construir, levante a cabeça, como uma filha de pai seta branca, arregaçe as mangas e trabalho, iminha irma, muito trabalho.
Salve Deus

em lisboa(portugal) existe algum templo vale do amanhecer?

Salve Deus!

É lamentável que os presidentes de templos aceitem ou incentivem essa forma de preparar seus componentes. O problema ocorre, porque os presidentes: Primeiro assumem compromissos de trazerem para seus templos, trabalhos que exigem uma certa quantidade de mestres que fisicamente existem em termos quantitativo, mas não comparecem aos trabalhos. Dificultando assim, suas realizações. Segundo que há um desejo exagerado de crescer sem poder, muitas vezes motivado, pelo medo de um templo mais próximo, conseguir o trabalho primeiro, e seus componentes irem para o outro templos aos fins de semana.
Mas o motivo pelo qual estou escrevendo é outro. Já que esses mestres fizeram suas iniciações,fizeram suas elevações de espadas e consagraram centúria, tudo isso em apenas dois dias, a nós, resta apenas respeitá-los como nossos irmãos e não discriminá-los,embora achemos isso tudo uma grande irresponsabilidade e falta de respeito para com a doutrina e para com seus próprios instrutores, que sabem e ensinam o que foi encinado, ou seja, que cada consagração tem seu tempo, e que a única pessoa que tinha capacidade para agir com foi feito, era a mentora desta doutrina.

























"ESTA DOUTRINA, PELO QUE REPRESENTA PARA O PLANETA, EXIGE PRUDÊNCIA, MESMO DAQUELES QUE ESTÃO NO TOPO DA HIERARQUIA."

Sim, meu irmão!

Depois de Consagrados, nao podem ser discriminados! Nao importa se foi o médium, que na sua ânsia de poder melhor servir apressou seus passos, ou se o apressaram por qualquer interesse.

Após a Consagração irão continuar nossos irmãos e devem ser respeitados como tal.

Kazagrande

o problema é gravissimo e vai refletir lá na frente, gostaria muito que o mestre Froes voltasse a acompanhar o trino ajarã nas consagraçoes pois se isto acontecer vai fortalecer muito as consagraçoes que anda deixando a desejar apesar do esforço do trino e da Nair, outro problema é que estao consagrando arcano com apenas 3 anos de doutrina, um desses em um arame chamou os prisioneiros desculpe o termo estrupadores de almas. salve Deus...salve Deus...

Conheço um punhando assim, só comentando mesmo rs.

Infelizmente, a doutrina esta se tornando política, quem tem mais a oferecer materialmente, e quem bajula mais, é recompensado com consagrações. Alguns fazem das tripas o coração, para realizar tarefas com um único objetivo, o de aparecer para o trino e depois adquirir algunha medalha para se exib
















Infelizmente a doutrina esta se tornando política, puxar o saco do trino e dos arcanos responsáveis por missões específicas que se encontram em visita aos templos se tornou o caminho mais curto para alcançar as grandes consagrações. A conduta do mestre esta deixando de ser levada em consideração. Muitos estão se dedicando ao trabalho só enquanto conseguem seu objetivo, depois...
O fato de observarmos o descaramento de certos mestres, que nem tiveram tempo ainda de assimilar direito o valor dessa doutrina,e de ficarem bajulando vergonhosamente o trino e serem comtemplados com consagrações e cargos, achando que com isso pode sair pisando nos outros mestres, nos faz até mesmo duvidar do tal "MERECIMENTO"

É lamentável!

Salve Deus!

Simplesmente impossível tais acontecimentos! Impossível! É a perda de valores, a perda de tudo! É meus irmãos, quando a doutrina vira instituição dá nisso! Política em lugar de conduta... é uma pena... quem conhece a história do Trino de Ireshin sabe do risco que se está correndo... a perda da força, a perda do poder da Corrente Mestra! Salve Deus! Manipulação animista, apenas no sentido horizontal, Terra-Terra! Incrível como o ser humano é estúpido, não consegue enxergar um palmo à frente... Uma maravilha dessas é trazida com todo amor e sacrifícios por uma mãe amorosa e no entanto, acaba-se por desvirtuar... e quem faz o certo,ou seja, segue estritamente o que foi deixado pela Clarividente, acaba julgado e condenado... muita tristeza nessa encruzilhada em que muitos caíram...

Vou simplificar para ser prático. Nestor falava nas suas aulas de sétimo. - - Meus irmãos Aparás. Não corra a traz da doutrina. Deixa que ela te alcance! É melhor para você e para os seus pacientes (suas vitimas), que lhe espera nos tronos vermelhos. Um Preto velho, não se presta as mesquinharias de aparelhos com despreparo, vaidoso, e arrogante. Não use o seu livre arbitro buscando consagrações que o merecimento ainda não lhe permite. Você vai dar com os burros na agua). obs. Escrito como foi dito na aula de Sétimo.

adorei o texto, os comentários tb,isso e realidade,ainda bem que trabalhamos com espiritos de luz.

Salve Deus! Quiz a vontade de Deus que Mestre Kazagrade escrevesse um texto emanado de sabedoria, para alertar a todos da responsabilidade perante o Pai Seta Branca, e Pai João de Enoque dos juramentos e da aceitação na individualidade do compromisso assumido, com a Iniciação, Elevação e Centúria.
Li o texto e todos os comentários até aqui publicados, e fiquei muito feliz, porque todos mostraram conhecimento e preparo para as consagrações recebidas. Contudo, devo notar que todos com exceção de um, mantiveram o anonimato, uma forma linda de atirar a pedra e esconder a mão.
Devo exclarecer, que sou branquinho, e que a nossa Doutrina, pelo menos a que eu conheço, quando praticada conforme os ensinamentos de nossa Mãe Koatay 108, com Amor, Humildade e Tolerância, entramos na nossa individualidade, recebemos a sabedorisa da nossa transcendentalidade. Como nossa Mãe nos ensinou, tudo tem a ver com a transcendentalidade de cada um, uns recebem as consagrações no palno Espiritual ao fim de um ano e outros, até pode chegar a dez, quero eu dizer com isto, que fico muito triste quando vejo centuriões consagrados, fazerem julgamentos sem o conhecimento das causas. Não me julguem mal, mas a nossa Doutrina é uma Doutrina de Amor e Fé, e não devemos estar a julgar, os mestre que pelo seu merecimento, lhes foi concedido no plano terreno, a grandeza Espiritual de entregar a cada um as armas, que adquiriram no plano Espirutial, pelo seu merecimento com a entrega no trabalho na lei do auxlio. Pois falo por mim, esses Pretos e Pretas Velhas de luz e amor, nos ensinam nos iluminam e nos mandam aceitar com amor e sobretudo humildade aquilo que nos pertence por direito próprio, é só, estaremos atentos.
Deus Pai Todo-poderoso, Pai Seta Branca, Jesus o Caminheiro e Pai João de Enoque, tenho a certeza, que iluminará sempre aqueles mestres, que pelo seu amor, aceitaram esse compromisso de entregar as armas no plano terreno a todos que em consciência aceitem esse compromisso.
Meus Irmãos que o vosso compromisso seja a vossa missão, aceitai-a com Humildade e Amor, tende a Tolerância de aceitar os outros mesmo que errem, porque meus irmãos, mais vale errar e fazer, do que errar por nada fazer.
Que o Grande Simiromba de Deus vos ilumine.
Salve Deus! e Graças a Deus.

Esses dias estva eu no templo estava acontecendo uma aula especial de desenvolvimento no sábado (quando o mês tem 5domingos os instrutores adiantam a aula pro sábado pra ter a reunião dos comandantes janatãs). Pois bem,estava eu passando pra trabalhar nos tronos com uma grande amiga minha e ficamos olhando pra mesa,cheia,lotada mesmo,coisa de uns 27 aparás,todos em desenvolvimento...Bateu aquela saudade das aulas de domingo de manhã,quando acordava cedinho pra ir ao templo,era muito bom,bateu aquela saudade gostosa.
Por isso que sempre,sempre vou fazendo minhas consagrações na medida que posso,na medida que reamente posso assumir os compromissos não é isso?
Vou "dizer" aqui o que me dsseram quando comecei o desenvolvimento
" aproveite cada fase com bastante apreço meu filho,por que é algo que não volta mais e você realmente sentirá falta"

Um grande abraço a todos!

Infelismente estamos vivendo tudo o que foi comentado acima. Vejo Jaguares com 01 ano de doutrina, puxando saco de adjunto e se tornando arcano, pior fazendo coisas absurdas como num alabá colocar 06 pares e um mestre doutrinador atrás de uma cadeira sem ninfa para ser o sétimo. Disse ao mestre que ele estava de honrra e guarda, o coitado ficou lá encostado na cadeira com vontade de passar no trabalho e sem saber o que fazer...Será que estou errada? É certo fazer isso?

Salve Deus!

Infelizmente vivemos uma época em que muitos Jaguares estão buscando aquilo que não têm preparo para receber.
Particularmente no que diz respeito á consagração de Adjunto Arcanos Rama 2000, a mesma está sendo bastante banalizada. Um Mestre que receba esta consagração deverá ter uma jornada de trabalho doutrinário de vários anos, pois é durante essa jornada que ele irá adquirir a sabedoria de manipular as forças que chagarão até ele através da sua Emissão. É como se fossem o Decanos das Universidades, professores com mais anos de ensino e mais experiência.
Tem Mestres sendo consagrados Arcanos de há uns tempos a esta parte que, se forem, chamados a Comandar um trabalho de Cruz do Caminho, de Leito Magnético, de Estrela Sublimação não vão saber. Alguns talvez até nem saibam que energias são manipuladas nesses Trabalhos e qual a sua finalidade. Quando se alcança a consagração de Arcano, o Mestre deve estar totalmente familiarizado com todo o qualquer trabalho do Templo com perfeita segurança.
Lembrando Trino Arakém numa Aula do Curso de 7ª:
" Se título evoluísse o espírito, podem estar certo que Pai Seta Branca daria as mais altas honrarias a todos os seus filhos."

Jaguares, não acreditem em tudo o que ouvem. Nos Mundos Evoluídos se age pela razão. Cada um recebe o que conquistou com trabalho verdadeiro.
De que adianta receber algo que não se tem preparo para usar ?
De que adianta ter uma carro, se não souber conduzir ? Vai ter alguma utilidade ?

Penso que todos em suas individualidades devem avaliar com honestidade aquilo que são capazes ou não de fazer. Que conseguem ou não manipular. E só aceitar receber o que estão preparados para usar.

Desejo a todos os que lêem o Exílio do Jaguar tudo de bom, da mesma forma que desejo para mim. Que todos possam chegar do "outro lado " de cabeça erguida e sem tem de baixar a cabeça para ninguém com vergonha dos actos praticados na Terra.

Se você chegou até aqui irmão, certamente está interessado no assunto, eu comentei em novembro do ano passado que lá para maio receberia o nome do meu ministro e foi o que ocorreu. Aqui infelizmente tivemos uma consagração cancelada devido ao conflito de agendas com a estrela candente de coronel fabriciano, mas avaliando meus documentos da doutrina percebi que a média de consagrações são 6 em 6 meses, então é obvio que é possivel que algum retardatalho que entrou na doutrina quase na epoca da iniciação e teve de correr e possa ter sido iniciado às pressas na região, porem isto nao aconteceu no nosso templo, pelo menos que eu saiba. O importante mesmo, é buscar trabalhar e arregaçar as mangas sem se preocupar com o vizinho e fazer a sua parte. Estamos montando um grupo de instrutores no nosso templo e eu estou todos os domingos no templo para ver e ajudar na prática. Hoje eu vejo como é duro o trabalho de um instrutor, a dificuldade que é não ter mestres para dar apoio no desenvolvimento e a falta de material e preparo. Então mestres, antes de ficar preocupando se tem puxa saco, bajuladores, coisa que você vai encontrar em qualquer lugar que haja um grupo de humanos, pois estranho seria se não houvesse. Procure fazer a sua parte e tente dispor de algum tempo para ajudar no desenvolvimento, fazer uma reciclagem na centuria.
Se algum mestre conduzir um trabalho fora da Lei você, com todo respeito, se retire sem atirar pedras nos outros. Outro dia aconteceu aqui perto de um angical sem retiro, um absurdo não é? Pois é, templo cheio, o presidente abriu o trabalho e assumiu as consequências, porém seria justo condenar este irmão pela infeliz decisão de abrir o trabalho? Difícil responder quando nos colocamos no lugar da pessoa, mas facil demais condenar dizendo "eu nao abria", mas se todo mundo trabalha na 2a feira, imagine como deve ser difícil abrir um retiro, manter a corrente mestra não deve ser facil. Assim não nos cabe desmerecer nossos irmãos de doutrina que estão evoluindo, cada um da sua forma tomando suas decisões e pagando por isso a duras penas e ainda recebendo vibrações de médiuns. Assim também nao nos cabe questionar merecimento dos outros. Cabe sim participar sempre positivamente, ajudando, sem recriminar, recriminar nao leva a nada, so a coisas ruins. Existe fábrica de médiuns, bajuladores?claro que vai existir, porém creio que sejam casos isolados e não a regra.
Infelizmente o errado sempre sobressai sobre o certo e tudo que é errado chama a atenção e gera polêmica e em seu bojo, de brinde vai criando correntes negativas alimentadas por pessoas que sempre tem algo para reclamar, apontar e també outros para amenizar. O fato é que ninguém na doutrina é criança e muito menos santo, atire a primeira pedra quem nunca pecou!

Sinto-me feliz em poder comentar assuntos da minha doutrina, sem medos, sem ressalvas, pois comento com amor, no intuito de ajudar, de ser um mestre ensinando outro mestre, como bem pregou nossa mãe clarividente. Sou daqueles quase que perfeccionistas, e não admito que ninguém fira a doutrina já criada a tantos anos e como tanto amor. Não tente meu irmão, mudar o que foi escrito, nossas leis são intocáveis. Estava eu em um templo fazendo um retiro, e fiquei observando os mestres adentrarem no castelo do silêncio para fazerem suas preparações, e saíam muito rápidos. Fiz o mesmo, pois tinha que fazer minha preparação também. Fiz minha preparação, usei o sal e o perfume, e, fiquei por alguns minutos me mediunizando, entre 5 a 10 minutos. Enquanto estava alí com meus olhos fechados, notava que entrava um, entrava outro, mas sempre como se estivessem com pressa. Começa os trabalhos, fomos pra a Mesa Evangélica, a formação da Mesa ficou a cargo de um Filho de Devas, que logo de imediato colocou uma ninfa junto ao farol esquerdo, sem estar emplacada, nesta mesa foram colocadas duas ninfas nesta mesma condição, entre os doutrinadores 07 ao todo, mesa com l5 médios de incorporação, tinha uma ninfa com l4 anos incompletos doutrinadora, já emplacada por sinal. A Mesa foi um verdadeiro desastre, de l5 minutos passou para 55 minutos. Saiu ninfas para linha de passe para tentar desincorporar. Mais tarde nos tronos, outro quebra pau e assim por diante. Porque essas ninfas se comportam assim? falta de mediunização, mal desenvolvimento ou desequilíbrio, ou pelas três situações. É preciso com urgencia, uma reciclagem nesses templos, esses criadores de doutrina, dizem eles que tudo pode, tem que se tomar uma atitude drástica, pois descaracterizam os nossos trabalhos, e pisam por cima das nossas leis. Como se comenta acima, nossos adjuntos preocupados em formar povo, muitos deles não conseguem, porque a própria espiritualidade não permite, pelos absurdos cometidos, fazem desenvolvimento de duas semanas e querem logo iniciar os incautos e desconhecedores das leis, forçando-os a fazerem Centúria, para, como dizem eles, que seus TEMPLOS tenham muita força. Ledo engano meus caros adjuntos, voce está se complicando diante do Pai Seta Branca e nossa Mãe Clarividente. Calma meu irmão, com mais amor voce chega lá.

Salve Deus!!

Salve Deus, Mestre concordo em parte com oque menciona nesse texto.
Ja observei adjuntos autorizando, nas consagrações externas mediuns fazer todas as consagrações em apenas 2 dias.
Mas quanto ao assunto que voce citou, em menos de um ano se tornar centurião, acho isso uma coisa particular que diz respeito a individualidade e programação de cada um. Eu por exemplo em 1 ano de doutrina, sou centurião e ainda mais adjunto regente. Nunca ostentei isso como ''merecimento'' sempre fui instruido pelo meu adjunto que eu estava ''devendo mais'' e para pagar algum carma que, se eu demorasse 3 4 anos para me tornar centurião a oportunidade do reajuste se perderia. Existem casos e casos, espeitando a vontade do mediun, e as leis sobre o intervalo de uma consagração a outra, nada tenho contra.
Salve Deus!

obs: " meu adjunto nunca falou para mim fazer consgração alguma, busquei por mim mesmo, e hoje estou aqui. Um dia indaguei a ele se essa rapidez seria prejudicial, ou seria um merecimento, dai a resposta.''

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.