terça-feira, 4 de dezembro de 2012

O Médium Feliz


Salve Deus!

Entrego a vocês hoje este belíssimo texto do Adjunto Parlo, redigido em 2009 Para o Templo Olinda do Amanhecer, mas que devido a sua mensagem, se extende a todos nós médiuns... Felizes, ou que precisam ser felizes!

Kazagrande

O médium feliz é aquele que trabalha com amor.

O médium feliz é feliz por estar em contato com seus irmãos e, junto a eles, trabalhar dando o melhor de si para a cura dos necessitados.

Este médium não se preocupa com a vida alheia nem se julga melhor do que os outros. Ele faz o seu trabalho na simplicidade e fica contente com a alegria dos que o cercam.

A alegria deste médium não depende de hierarquia ou reconhecimento. Ele sente em seu íntimo que faz parte de algo maior. Ele acredita no poder espiritual que o guia e sabe que não está sozinho.

A alma deste médium é aquecida com o calor místico desta Doutrina e isto lhe traz fé, sem, no entanto, esquecer a razão.

Ele pode ter comando ou não, mas seja como for, ele busca não sobrecarregar os outros com o peso de seus  atos, pensamentos e palavras. Evidentemente, não é santo nem isento de erros, mas busca se conhecer e, como dizia Tia Neiva, evoluir de modo singelo, melhorando um pouco a cada dia.

Como ninguém agrada a todo mundo, alguns não gostam dele, mas estes são minoria, não a maioria.

Este médium gosta de trabalhar, está sempre disposto a servir e sempre tem boa vontade para ajudar.  Ele trata os pacientes com carinho sem nunca se tornar inconveniente ou querer se intrometer em suas vidas.

O médium feliz cuida de seus gestos, de sua postura, de sua voz e de sua aparência, por saber que no exercício de sua missão é visto, analisado por aqueles que buscam o templo.

Ele não é isento de dores ou problemas, porque nesta vida ninguém o é, mas não desfia um rosário de dores sempre que fala com alguém, sabendo o momento de falar e  o momento de calar.

Alguém pode ler o que está escrito acima e dizer:

 - Que médium é este? Para ser feliz nesta doutrina tem que ser perfeito?

 - Não, eu não falei em médium perfeito. Eu falei em médium feliz.

 - Então eu não sou feliz? Acho que ninguém é!

 - Não sei. Você é feliz?

Pensar sobre isto é um bom caminho.

Adjunto Parlo - Olinda do Amanhecer, 02 de julho de 2009.

3 comentários:

Oi, sou uma ninfa Lua deste Amanhecer,
sempre acreditei que a felicidade não está naqueles momentos do passado onde vivemos e que nos recordamos com tanta saudade, a felicidade está nos olhos de quem consegue encherga-la, pois ela está sempre presente em nossas vidas, basta sabermos identifica-la. Também acredito que se olharmos a vida com mais simplicidade, fica bem mais fácil pra se viver. Lendo este texto acima, percebo que nos temos todas as ferramentas para sermos um 'médium feliz', basta querermos...

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.