quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Hierarquia do Mestrado - Parte II - (Os Trinos)


Trinos Triadas Presidentes:

Quando Tia Neiva foi preparada na Alta Magia, foi levada por Humarram ao Oráculo de Simiromba e ali recebeu o direito de trazer a Estrela Candente e de formar os Trinos, que seriam os representantes das nossas Raízes.

São Eles:

Trino Tumuchy – O Mestre Mario Sassi foi Consagrado em 1978. Desencarnou em 25/12/1995. Foi o grande intérprete de nossa Doutrina. Escreveu diversos livros e livretos, aos quais é interessante que todo Centurião tenha conhecimento. Foi também responsável por todo o Acervo de Koatay 108.

Pai Seta Branca, incorporado em Tia Neiva, fez a Iniciação do Trino Tumuchy, e lhe disse:

“Você é um missionário de Deus e, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, terá que anunciar as premissas da civilização do Terceiro Milênio, recebidas por intermédio desta médium Clarividente.

Você dará testemunho do Espírito da Verdade, cuja missão é marcar a transição milenar.

Os três anos que teve de aprendizado e disciplina seriam poucos de não fosse a grande bagagem de que é portador, pelas vidas que já teve neste planeta. Hoje mesmo dar-lhe-ei provas dessas vivências transcendentais.

Mas não tente, nunca, ultrapassar a verdade, pois o Homem se alimenta apenas daquilo de que se pode dar testemunho.

A transição real irá começar em 1984, quando Capela, o Planeta Monstro, fizer sentir à Terra sua aproximação. Abrirei para você um novo mundo e você escreverá com o Espírito da Verdade.

A Clarividente, que coloco à sua disposição, tem seus olhos entregues a Nosso Senhor Jesus Cristo. Também você confiou a Ele sua paz e sua tranqüilidade, cujo penhor é a ausência de qualquer deslize moral.

Tudo será feito pelo amor de um Deus todo poderoso e estarei aqui sempre que você precisar de alguma afirmação.”   Pai Seta Branca na Iniciação do Trino Tumuchy

Trino Arakem - O Mestre Nestor Sabatovicz foi Consagrado como 1º Mestre Jaguar e Executivo da Doutrina. Após o desencarne de Tia Neiva tornou-se responsável pela disciplina e o correto funcionamento de nossos Trabalhos.

“Salve Deus, Nestor, meu filho Jaguar!

Jubilosa intimamente por tudo que tens me proporcionado no desenrolar de nossa missão, espero sempre, meu filho, que novos mundos, novos conhecimentos, sejam de bom aproveitamento.

Hoje temos muitos jovens como você, por isso vou narrar a linda passagem de um jovem, culto e de grande formação espiritual.

No grande Templo do Sol vivia o Conselho dos Sete. Todos pensavam que ali se registravam os grandes mistérios.

O nosso jovem personagem, valendo-se de seus poderes de príncipe daquele povo, foi, com toda a sua arrogância, bater à porta do Conselheiro, exigindo sua entrada e muitas explicações. Porém, o velho guardião bateu-lhe a porta no rosto! Frustrado e odiando aquele povo, voltou - e foi sempre a mesma coisa - até que, na sétima vez, ele teve medo de sua reação.

O guardião não lhe dava forças de reagir como ele gostaria.

Sentou-se num degrau e adormeceu.

Sonhou com o guardião, que lhe dizia docemente: “Meu Príncipe, lá fora teus homens te traem! Expulsei-te para que não morresses aqui. És arrogante demais e o teu povo quer te matar.

Há poucos sábios e muitos príncipes. Só saberás o meu Segredo dos Sete se tiveres a simplicidade de uma criança, a força de um leão, limpas as tuas mãos, o amor dos justos, a humildade e a tolerância das raízes das árvores. Então, entrarás no Conselho e visitarás o Templo Real!”

O sol se abatia sobre seu rosto suado quando abriu os olhos, sorrindo. Ouviu a porta abrir-se mas não teve forças para se levantar.

Vendo o guardião de pé, à sua frente, gritou:

“Oh, meu mestre, salve os deuses! Fostes tu!... Reconheço os teus olhos... Como pude ser tão insolente?”

Beijando os pés do mestre, juntos choraram as lágrimas da redenção de uma nova Doutrina!

Assim, meu filho, nada recebemos sem o devido preço.

Jesus, o nosso Guardião, nos dá a contagem dos Sete Guardiões, por quem dorme em sua porta.

Carinhosamente, a Mãe em Cristo,

Tia Neiva em 9 de abril de 1978

Trino Sumanã – O Mestre Michael Hanna foi Consagrado para representar as forças ligadas aos Grandes Curadores e as Organizações Desobsessivas.

“Filhos, hierarquia foi do que avisei!

Somente o Adjunto pode remover seus mestres e promover eventos, ou, sabe Deus, o que lhe convém.

Em iminência de fatos contrários à Doutrina, princípios sociais do Templo ou na conduta doutrinária, os Trinos Presidentes estão autorizados por mim, na figura de Koatay 108, a impedir ou mudar uma ordem de um mestre Adjunto.

As Escalas só devem ser feitas pelo 1º Mestre Jaguar, 2º Trino de Arakém Nestor; o comando de viagens ou missões fora do Templo, cabem ao Mestre Sol Tumuchy, 1º Trino Mário Sassi e, no caso do Desenvolvimento, ao 1º Mestre Sol Sumanã, Michel.”

Tia Neiva em 18 de fevereiro de 1979

Trino Ajarã – O Mestre Gilberto Chaves Zelaya foi Consagrado como “Primeiro Doutrinador do Amanhecer” (sendo o primeiro filho de Tia Neiva e ela a mãe do Doutrinador, naturalmente ele é o Primeiro Doutrinador). É o responsável pela Coordenação dos Templos Externos.

“O teu sacerdócio é o teu Oráculo.

Quando entras para um Adjunto, tu depositas tua herança transcendental nas mãos de um Ministro, que passa a te reger.

Não deve ser tão fácil tomares daquele Ministro o que depositastes e dar a outro Ministro. Alguma coisa não fica bem naquela contagem.

O Ministro gastou muito contigo ou tu gastastes muito, confiado no teu Ministro.

Tu te esqueces; porém, o Ministro não!

Por isso eu digo sempre a todos: venho de um mundo onde as razões se encontram. Não temos erros!

Existem muitas causas que podem levar a mudar de Adjunto. Há os que não precisam, mas sofrem influências.

É preciso falar com o Coordenador dos Templos Externos, Gilberto Zelaya, meu filho, Trino Herdeiro Ajarã, e receba dele as explicações, e escute onde estão as causas. Graças a Deus, foi uma das coisas boas que Deus colocou em meu caminho, porque ele tem a capacidade de ver os motivos pelos quais chegastes até mim.

Com carinho, Gilberto Zelaya, Trino Herdeiro Ajarã, tenho certeza que fará ao meu lado, numa harmonia mandada por Pai Seta Branca, tudo o que eu sempre preciso.”

Tia Neiva em 17 de maio de 1985 - Lei Dharman Oxinto

Aos Trinos:

“Meu filho Trino!

O desenvolvimento se avança diante de uma prosperidade. Quisera eu, assim, trazer afirmações precisas para a grande jornada que é este Terceiro Sétimo!

O mundo exige a tua força! Serás o medianeiro do Sol, da Lua e do Mar...

O vento te soprará eflúvios do ouro e da prata para que eu, filho querido, possa sentir-me em paz, sabendo que a tua mesa está completa. E então, filho, sabendo-te completo, enviarei a ti todos aqueles que sofrem pelo frio e pela fome no triste propósito de te encontrar.

Espero, filho, que as intempéries das mudanças cármicas, ao caírem de chofre em tua orbe, não te atinjam, porque de ti dependerão os demais abnegados deste Terceiro Sétimo.

Não duvides dos grandes sinais no céu, nem dos furacões, nem menosprezes os seres que tentarem erguer-se do chão, porque, filho querido, dias virão onde a tua voz será o governo, será ouvida e ressoará no canto universal.

Filho Jaguar, filho de Esparta, ao cruzar as espadas em teu peito exigi que as empunhasses sempre dividindo da Direita para a Esquerda, resguardando-te na conduta doutrinária... Na Ciência e na Fé! Porque tudo te pertencerá na alegria e na dor!

Na filosofia dividirás o Bem e o Mal; na religião, com amor unirás todas as pérolas e, com elas, enfeitarás o caminho por onde, um dia, caminharás junto a quem por que tanto suspiras. Aprendas para melhor ensinar, não te esquecendo de que um dia, aqui em teu plano, deixarás de me ouvir em “Neiva”, tornando-se mais difíceis os nossos contatos.

Aproveita, filho, para aprender a falar com Neiva a linguagem universal em sua lei: amor, tolerância e humildade!

Tens as rédeas da força eteromagnética, força absoluta que vem de Deus. Jesus, em seu manto sagrado, tudo emite.

Todo o universo ouviu o teu sagrado juramento, que fizestes com as seguintes palavras: Oh, Senhor, fira-me quando o meu pensamento afastar-se de Ti! E mais, ao tomar o cálice: Este é o Teu sangue! Ninguém jamais poderá contaminar-se por mim! De Deus terás tudo por estas palavras!

Salve Deus, filho!

O Teu Pai Seta Branca, que ora vive o teu amor, Simiromba também teu Pai!”

Pai Seta Branca em 30 de dezembro de 1978

Trinos Herdeiros

Os Trinos Herdeiros são um Raio direto de Koatay 108 (por isso não emitem “7º Raio Adjuração”).

Inicialmente foram consagrados quatro Trinos Presidentes Triada, e quatro Trinos Herdeiros Triada. A Consagração em número de quatro nos recorda que uma pirâmide tem quatro faces, considerando que nossa estrutura hierárquica é piramidal, não poderia ser diferente.

Os quatros Trinos Herdeiros consagrados por Tia Neiva foram: Trino Ypuarã, Mestre Raul Zelaya; Trino Ypoara, Mestre Albuquerque; Trino Dorano, Mestre Jairo e Trino Japuã, Mestre Ataliba.

Trino Regente Triada Tumarã:

Mestre José Carlos do Nascimento Silva foi consagrado como Regente dos Presidentes Triada, podendo representar qualquer um deles em consagrações e trabalhos que exigem a presença de um Trino Triada.

Tumarã é um Raio, porém em outras graduações, pertencentes aos Equitumans. Raio Sol Tumuchy é o mesmo que Tumarã, que é o Reino dos Tumuchys. É, também, uma Legião que existe na linha intelectual, onde estão se comprometendo as grandes conquistas científicas. É um poder absoluto de amplo desenvolvimento.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.