quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Senhores do Destino

É interessante avaliar como as coisas fluem quando estamos em sintonia. Pena que ainda é tão difícil se manter em sintonia às 24 horas do dia. Mas chegaremos lá!

Em nossa vida, previamente traçada nos planos espirituais antes de nossa encarnação, acertamos nossos encontros e reencontros, nossos reajustes, nossos sucessos e nossas provas. Escolhemos verdadeiramente tudo! E, por vezes, na ansiedade de querer evoluir o máximo possível, e acertar as contas com aqueles que fizemos sofrer por não saber amar, acabamos pedindo demais. Ignoramos as recomendações sobre as dificuldades da vida física, da personalidade transitória e confiamos no conhecimento da necessidade real do reequilíbrio.

Quando então, encarnados, passamos pelas duras provas. Nos rebelamos contra o destino que escolhemos livremente e queremos aproveitar mais da vida física e do que nosso corpo nos proporciona. Queremos as riquezas, o conforto, o bem estar, e outras possibilidades das quais já desfrutamos e não soubemos aproveitar, nos obrigando a passar pelas privações que agora julgamos injustas.

E continuamos com pressa... Queremos queimar etapas, seguir em frente o mais rapidamente possível, progredir material e espiritualmente tudo de uma só vez.

Tudo vem ao seu tempo! Esta máxima de nossas Entidades de Luz, sempre que a ouvimos ficamos com a sensação de que ainda falta uma eternidade para a realização.

Dessa forma acontecem os desvios do caminho traçado. Por não sabermos aguardar o tempo certo, nos envolvemos em situações provocadas por nossa ansiedade em não “poder esperar mais”.

Questionando a Pai João qual o tempo certo, ele me ensinou a observar a minha intuição. Quantas vezes “sentimos” que algo vai acontecer, de bom ou ruim? Quantas vezes uma “doce voz” sopra em nossos ouvidos conselhos sobre o quê passará se insistimos em determinada ação? Infelizmente, pelo nosso desejo, muitas vezes até mesmo nobre, ignoramos estes conselhos, ou questionamos a fidelidade daquela intuição.

Restam ainda os pequenos sinais em que o Universo conspira para que sigamos naturalmente o desenrolar dos caminhos traçados. Pequenas situações se passam aos nossos olhos dando-nos a chance de avaliar o quê poderia passar conosco. Uma mensagem, um email, um amigo, ou até mesmo um estranho, por vezes vêm nos avisar sobre o natural caminho a ser seguido.

Tudo conspira para o que efetivamente deve ser feito! O caminho traçado por nós e a seguir seguido é sempre o mais natural. Questionamos apenas pelos clamores da alma, e não do espírito. Nossa personalidade grita pelo que desejamos e nosso espírito nos impele ao que precisamos. Estaremos sempre no lugar certo, com as pessoas certas e na hora certa para passar pelas situações que naturalmente chegam ao nosso encontro. Nada será por acaso.

Quando nos rebelamos e não escutamos nossas Entidades e ignoramos os sinais que o próprio Universo nos mostra, através de coisas simples do dia a dia, tudo dá errado! Nada flui naturalmente. Aquilo que começa bem termina inexplicavelmente de forma abrupta e mal resolvida.

É possível que esteja deixando passar despercebido estes sinais... Que não tenha atentado para o que acontece a sua volta lhe impelindo de seguir o curso natural de sua vida. É possível que até mesmo estas linhas sejam um sinal para você, como é para mim, agora ao reler o quê escrevi.

Somente nós mesmos é que evitamos ou atrasamos nossa evolução, pois nossa jornada, simples ou complicada, foi traçada para obter sucesso! Sempre para evoluir e reajustar.

Temos uma meta a ser atingida e tudo está traçado para nosso sucesso. Deus está a nosso favor para auxiliar a vencer nesta missão. Pensando nesta evolução, confiemos nos sinais que nos chegam, nas mensagens que nos encontram, no caminho que se abre!

O caminho natural é, sem sombra de dúvidas, o caminho a ser seguido. Quando erramos, sentiremos os sinais para a mudança... Mas estes, prometo escrever mais tarde! Um fraterno abraço,

Kazagrande

7 comentários:

lourdete deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Senhores do Destino":

Mestre, que o Pai Maior o ilumine cada dia mais.
O tempo passa e o espírito busca novo alimento. Seu trabalho é "alimento" para todo aquele que já se nutre de grandes e profundas reformas íntimas.
Mais uma vez, muito OBRIGADA.
Abraço fraterno.

mestre, muito boa mensagem parabens pelo trabalho...

criticar?pra que?,temos e que emanar muito amor,perdão e paz!

É verdade, as vezes queremos que algo aconteça em nosso tempo...eu mesma sou assim, super ansiosa, quero que as coisas aconteçam do meu jeito e quando bem entendo e a vida, através das situações cotidianas, sempre faz com que desacelere um pouco mais. Põe pessoas no meu caminho mostrando que precisi ter mais cautela e principalmente adquirir a tão almejada PACIÊNCIA. Poxa, essa é difíci de conseguir, heim? Por isso é de fundamental importância está no Vale, vivenciando os trabalhos, obtendo o equilibrio para tornar-me cada vez mais uma pessoa melhor. vale salientar que cada vez que leio os textos desse site, é como um bálsamo para minha alma. Muito obrigada!
Forte abraço,

Nossa herança espartana, sempre querendo que tudo se resolva muito rápido. Mesmo quando sabemos que é um reajuste brabo, imploramos para que nossos mentores tenham misericórdia de nós e minimize a tal cobrança. No passado não soubemos amar e agora no presente não sabemos esperar. Devemos sim saber esperar, devemos ate mesmo sofrer sorrindo, esperando a hora certa para a solução. Em uma turbulência os mentores me avisavam vai passar, filha tenha paciência, me falavam o seu compromisso foi feito com Deus Pai Todo Poderoso, aceite, nada e por acaso e tudo passa, paga pensando nas vossas evoluções. Quando estava sem forças para resistir, os mentores carinhosamente me falavam tenha paciência ta quase chegando o fim. Mas a verdade é se não ouvirmos nossos mentores nestas horas, o sofrer é muito maior. Digo aos meus irmãos não é fácil e somente o amor dos nossos mentores para nos fortalecer. A misericórdia divina é tão grande que os nossos mentores nos manda, verdadeiros amigos para não nos auxiliar e não nos deixar desviar da nossa jornada, para não fugirmos dos nossos compromissos, basta sabermos entender e escutar. Em Cristo Jesus se um mentor te fala que vai passa, passa mesmo. Salve Deus... Ninfa Lua... Tagana.

Nossa herança espartana, sempre querendo que tudo se resolva muito rápido. Mesmo quando sabemos que é um reajuste brabo, imploramos para que nossos mentores tenham misericórdia de nós e minimize a tal cobrança. No passado não soubemos amar e agora no presente não sabemos esperar. Devemos sim saber esperar, devemos ate mesmo sofrer sorrindo, esperando a hora certa para a solução. Em uma turbulência os mentores me avisavam vai passar, filha tenha paciência, me falavam o seu compromisso foi feito com Deus Pai Todo Poderoso, aceite, nada e por acaso e tudo passa, paga pensando nas vossas evoluções. Quando estava sem forças para resistir, os mentores carinhosamente me falavam tenha paciência ta quase chegando o fim. Mas a verdade é se não ouvirmos nossos mentores nestas horas, o sofrer é muito maior. Digo aos meus irmãos não é fácil e somente o amor dos nossos mentores para nos fortalecer. A misericórdia divina é tão grande que os nossos mentores nos manda, verdadeiros amigos para nos auxiliar e não nos deixar desviar da nossa jornada, para não fugirmos dos nossos compromissos, basta sabermos entender e escutar. Em Cristo Jesus se um mentor te fala que vai passa, passa mesmo. Salve Deus... Ninfa Lua... Tagana.

As orientações espirituais, nos aparecem e nos indicam os caminhos que devemos trilhar sem medos e sem temores. Venho passando uma situação na minha vida material que não está sendo nada fácil. São oito anos de doutrina e desde o inicio as promessas são sempre jogadas em cima dos tronos por pretos velhos de altíssimas luzes, a quem tenho respeito e a esperança de um dia serem realizados. Mas são oito anos e nada acontece, e não é por isso que vou me desesperar. Meu fio está chegando em tuas mãos, não se preocupa meu fio, vão bater em tua porta, espera meu fio, trabalha meu fio, essas são as promessas que ouço quase todos os dias, e não se cumprem, agora eu pergunto; será que tenho merecimento de recebê-las, de
tornar realidade tudo o que me é prometido. Tenho só que esperar em Deus e na espiritualidade maior. Graças a Deus.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.