domingo, 16 de maio de 2010

EDITORIAL - MAIO 2010

Passei estas últimas três noites dedicando-me a colocar os emails em dia. Todos foram devida e individualmente respondidos. Mestres e Ninfas de todas as partes, que colocam nas linhas de um simples email toda sua vibração, transmitindo seu momento vivido. Muitos escrevem angustiados, confiando que do outro lado da telinha surgirá alguma resposta para seu conflito. Jamais teria forças, palavras e energia para poder alcançar o coração, a mente e o espírito de tantos que buscam o esclarecimento, o conforto e o conhecimento. Não sou ninguém sozinho! Somente pela disciplina de Pai João é que tenho a certeza e a coragem de encarar a cada dia esta missão, de escrever aos meus irmãos e irmãs de fé, de compartilhar o quê por vezes recebo somente com a missão de redistribuir. Sei que sou apenas o carteiro, e mesmo assim agradeço a cada dia o dom para esta missão.

Às vezes sinto-me angustiado, por passar um dia produtivo e seguramente muito cansativo. Fico com receio de não “sair” nada. Sinto a responsabilidade. E sei que realmente por mim não sairia. Somente pela disciplina e compromisso é que me entrego a responder os emails e postar algum artigo. Mas nestes últimos dias, em que dediquei-me exclusivamente a responder estes emails, entendi a responsabilidade de escrever para o “Exílio do Jaguar” e para meus irmãos e irmãs. A intenção ao digitar é séria, comprometida e sem partidos. Nossa Doutrina é una, e faz míster transmitir algo que seja válido, útil, que ajude a nos sentirmos ainda mais unidos, confiantes, capazes de enfrentar com renovado ânimo e equilíbrio a missão que nos levará de volta para Casa.

Não seria capaz de tocar suavemente a alma de quem lê se fosse buscar a inspiração e a informação no pequeno “eu” que, isolado, limitado, somente sabe produzir, ou melhor, reproduzir, aspectos já conhecidos e batidos.

Buscar a Pai João... E o alívio é imediato! Basta somente manifestar o desejo de fazer parte desta Doutrina que quer transmitir/receber amor, beleza, paz, serenidade e reafirmar incessantemente nossa missão de Amor, Humildade e Tolerância; de lembrar que cada um é uma pequena e importante parte indispensável desta missão em que Pai Seta Branca nos reuniu.

Nossas Entidades nos lembram que somente estando em equilíbrio, com a mente em paz e o coração sereno, livres de posse, de egoísmo, de preconceitos e rivalidades, manifestando aquele amor incondicional sublime de Pai Seta Branca e Tia Neiva, que irradia luz, que atrai, aconchega, ajuda e ampara a todos jaguares, somente assim estaremos aptos a cumprir corretamente esta jornada que nos é confiada e ter a certeza de retornar para nosso verdadeiro lar.

Com simplicidade e muita vibração vamos fazer o quê nos recomendam: trabalhar espiritualmente! Melhorar um pouco a cada dia, lapidar as arestas de nossa personalidade transitória e integrá-la ao nosso espírito com a satisfação de uma encarnação verdadeiramente aproveitada.

Vamos orar pelo despertar das consciências e semear apenas o quê possa ser bom e produtivo. Pedir todos os dias assistência aos nossos pensamentos, palavras e ações, pelo que falamos e escrevemos.

1 comentários:

Salve Deus mestre Querido.Nos so temos a agradeçer pelo menos eu tenho a te agradeçer por tudo pelo minhas duvidas tiradas atraves das suas escritas,pelo carinho de suas postagens, pela sua dedicaçao e pelo seu exemplo que voçe tem dado atraves deste blog e de sua vida. pois saiba mestre que com certeza muitos ficam mais fortes depois que passam por aqui.pesso aos mentores pai Seta Branca e ao divino amado Jesus que sempre te der forças e sempre te ilumine mais e mais para que possa nos continuar ajudando. obrigado por tudo e pode ter certeza que seu carinho, amor cooprensao chega a nos.

Obrigado Andre V.B MG

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.