segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Os Horários

Vejo muitas vezes a dificuldade que um médium, ou mesmo um templo inteiro, tem em respeitar os horários. De iniciar os intercâmbios nas horas corretas, de respeitar os horários de um compromisso espiritual. A falta deste comprometimento e responsabilidade luva inevitavelmente a inércia, ficam “marcando passo”, parados no tempo. O templo não cresce e o médium não progride.



Tia Neiva em 19 de setembro de 1980 já alertava: “Filho: Todo trabalho, trabalhado na hora certa, forma uma corrente inquebrantável. Foi respeitando os horários que consegui contar 108 Horários do meu trabalho: amor, tolerância e humildade!”.



Diante de tão clara afirmação, não dá para negar a necessidade de respeito para com os pacientes, e principalmente para com nossas Entidades, que segundo a própria Tia, já estão com todo o ambiente preparado 15 minutos antes da hora marcada.



O nosso primeiro grande compromisso na Doutrina, realizado em nossa Iniciação, é justamente emitir nosso mantra nos três horários onde a Corrente Indiana do Espaço se unifica em nosso favor e daqueles aos quais encaminhamos nossa energia... Ou seja, em favor de todos!



A maioria, logo depois da Iniciação, fica vigilante. Previne-se a todo momento, e preocupa-se com algum esquecimento. Porém, com o passar do tempo, verificando que a maioria esquece por completo este solene compromisso, acaba por relaxar, até o ponto de nunca mais lembrar de sua existência.



Imaginem o poder de cura, o quê poderia ser feito, se todos os jaguares se unissem nos horários que nos foram deixados? Quanta coisa poderia ser feita, quantas curas, como nossa vida seria melhor! Sou testemunha do quanto minha vida mudou no dia em que firmei o compromisso de não mais deixar de lado a oração e nossos horários.



Primeiro comecei programando o celular para tocar 5 minutos antes, para que eu tivesse tempo de planejar a “escapada” da oração. Porém com a disciplina e o hábito formado, chegou o momento em que não precisei mais sequer me preocupar em programar o telefone. Meu próprio espírito já ativa o relógio biológico, e me alerta para o sagrado momento. Passei a viver com o mesmo ânimo dos tempos de apenas Iniciado!



A primeira base do sustento espiritual nos é dada assim, com um compromisso de disciplina. E com tão pouco, quase tudo se pode alcançar! Basta lembrar de quantos estarão unidos a você naquele bendito momento.



Tia também deixou nos deixou uma carta falando sobre os outros horários, para nos auxiliar a organizar nosso dia, planejar melhor nossas atividades. Procuro criar para mim uma rotina e, aos poucos, vou conseguindo. Vamos analisar de uma forma objetiva o quê se pode fazer:



6 HORAS – Hora de acordar! Sim, mesmo que você não tenha que levantar cedo neste dia, é importante que acorde, se levante um pouco de forma a refazer a união dos três reinos de nossa natureza. Afinal quando dormimos “de vez em quando, nossa alma sai a vaguear e, conforme sua mediunidade, chega a demorar-se fora do corpo.” (Tia Neiva em 1984). É hora de “firmar” a volta da alma ao corpo. Agora, se não tem compromisso, pode se deitar novamente e dormir.



Eu particularmente levanto, faço minhas orações pedindo pelo dia que se inicia. Sempre que me auxiliem a cuidar dos meus pensamentos, palavras e ações.



6 ÀS 9 HORAS – É um horário perigoso. Momentos em que devemos estar vigilantes aos pedidos que possamos receber e mesmo aos favores que nos querem fazer. Muita gente concentra suas vibrações no ódio - eis o perigo!



Neste horário procuro ficar “esperto” e evito as decisões importantes.



9 HORAS – É hora de manipulação de uma força que pode nos dar o que precisamos. É a hora dos “negócios” que tanto podem ser bons como ruins!



Agora sim é hora de ficar pronto para o dia!



9 ÀS 10 HORAS – Bom para acertos sentimentais, é o horário dos encontros amorosos, da concretização de negócios, tudo sob a energia do prana que, neste horário, já emitiu seus eflúvios por todo este Universo.



Trabalho!



10 ÀS 11 HORAS – Mas agora já com as decisões tomadas antes, pois é o período em que começam as perturbações. É um horário em que estamos vulneráveis. Pode ser bom ou pode ser ruim! Vai depender de seu padrão vibratório.



Mais trabalho!



11 ÀS 12 HORAS – É um período neutro.



Mais trabalho!



12 HORAS – Exceto por nosso compromisso de Iniciação, nada devemos fazer. É a hora em que age a força significativa dos Grandes Iniciados, atuando nos poderosos mundos negros. É um período de grandes decisões nos vales negros!



Almoço!



12 ÀS 14 HORAS – É um período de esperança.



Aqui aproveito para uma “siesta”.



14 ÀS 16 HORAS – É ótimo período para realizações nos campos sentimental, emocional, comercial e profissional. Lembrando, é claro, da “paradinha das 15 horas” para o mantra da Iniciação, é claro).



De volta ao trabalho!



16 ÀS 16:30 HORAS –Neste período o ciclo se modifica completamente, parecendo que a Terra vai parar. Gera insegurança e uma espécie de medo! Horário de extrema vigilância!



Hora de avaliar o dia.



17 HORAS – Mais um período propício para as realizações concretas.



Neste horário já começo a reconhecer o quê ainda é verdadeiramente possível ser feito neste dia.



17 ÀS 18 HORAS – É um bom período para negócios e grandes eventos nos laboratórios e oficinas. Mas é, também, o período de esclarecimento do espírito!



Começo a planejar as reuniões do dia seguinte, o quê vou fazer amanhã.



18 ÀS 19 HORAS – Preparo-me para a Hora da transformação e da coragem! Coragem de mudar e de enfrentar a necessária mudança. As energias cósmicas atendem aos que verdadeiramente estão necessitados!



Vou para casa com a consciência de como foi meu dia. Os acertos e os erros.



19 ÀS 22 HORAS – É um período normal, sem contratempos. É bom para o Homem se realizar em negócios, amores e família, enfim, nas coisas que estão em sintonia com sua harmonia. Lembrando é claro da “paradinha das 20 horas” para o mantra da Iniciação, onde a família aproveita para orar unida quase sempre.



Agora é a hora da família em primeiro lugar!



22 ÀS 23 HORAS – Período muito ruim. Cheia de pensamentos, a alma começa a vaguear, trazendo sustos e superstições. Não há alimentação energética neste horário, hora de dormir se não estiver verdadeiramente harmonizado.



Para mim é hora de buscar a harmonia com a companheira. Conversar bastante dar atenção de qualidade que um casal precisa para permanecer unido.



23 ÀS 24 HORAS – É o período de equilíbrio do Universo, no qual o Homem, mesmo desarmonizado, passa melhor.



Eu aproveito para escrever sempre.



24 HORAS - MEIA NOITE – Abrem-se os portões dos cemitérios e os espíritos se movimentam, entrando e saindo. Este período vai até 1h30min da madrugada.



Continuo em missão de escrever até pelo menos 1h ou h30min da madrugada.



1:30 ÀS 2 HORAS – É o período da grande movimentação de pequenas amacês, de várias origens, fazendo a preparação para achegada dos Centuriões. É a HORA DA DOUTRINA, da elevação dos espíritos.



Enfim, dormir!



2 ÀS 3 HORAS – É o período da Cura e da Luz.



Dormir!



3 ÀS 6 HORAS – É o período dos Aromas das Matas, horário dos Caboclos. É bom estar dormindo durante este período. É a HORA DE RECUPERAÇÃO DE ENERGIAS.



Dormir!



Iniciados ou não, o horário da vida é um só!



Tia Neiva em 1.984 Carta do Relógio do Sol Interior. Comentários pessoais em “itálico”.



“Quando dormimos, os três reinos de nossa natureza, na sua totalidade, ficam para atender às exigências do corpo.




De vez em quando, nossa alma sai a vaguear e, conforme sua mediunidade, chega a demorar-se fora do corpo.




Passeia, vai longe, e adquire ilustrações, muitas vezes em busca da cura do próprio corpo físico.”



Tia Neiva, 1984

1 comentários:

Salve Deus!
Mestre, nada como tempo conjugado com a experiência para nos deter diante de tão preciosas orientações.É maravilhoso recordar do amor e dos cuidados de nossa querida Tia Neiva dentro deste acervo.
Cada dia me sinto mais feliz em fazer parte desta Doutrina, pois temos tudo para vivermos em harmonia e certos de que "agindo com conduta doutrinária" nada temos a temer.
Obrigado por sua disciplina, pois através dos seus escritos nos sentimos mais tranquilos e mais felizes no dia a dia.
Que Jesus lhe dê muita saúde e Paz.
Abraço fraterno.

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.