sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

A PIRA


Mestre, o quê são aqueles “desenhinhos” que tem na Pira?

Salve Deus! Infelizmente, muitos já estão se esquecendo e até mesmo formando Mestres que desconhecem o significado. Já encontramos hoje Templos que sequer têm a representação correta devidamente pintada na Pira.

A Pira é nosso primeiro contato ritualístico com a Doutrina. Onde aprendemos a fazer nossa preparação e onde firmamos nosso primeiro compromisso iniciático.

Claro que nem todos são “obrigados” a saber seu significado simbólico, mas os instrutores e principalmente os presidentes, devem ter o cuidado de estar atentos para responder corretamente se são questionados.

Infelizmente este conhecimento vai se perdendo em uma pressa injustificada de “preparar” médiuns e futuros instrutores, sem o devido cuidado.

Coisas simples, básicas, e que aqueles que tem o “espírito de Jaguar” questionam, perguntam, sentem “fome” de conhecimento, devem ser respondidas! Quem chegou antes tem esta obrigação de estar preparado para responder ou para encaminhar a quem sabe responder com segurança.

Vamos a resposta:

A Pira representa o centro de controle do Templo e, ao mesmo tempo, é uma síntese da Doutrina do Amanhecer.

Colocando-nos de costas para a estátua de Jesus vemos o seguinte:

a Terra, representada pela base;

o Sol a sua esquerda e a Lua a sua direita.

No centro está colocada a Presença Divina. Essa figura não é privativa de nosso Templo e é encontrada em uso em outros grupos iniciáticos. Ela representa os 7 planos do Homem, ou seja, do Espírito encarnado na Terra com seus 7 raios de forças.

No centro, na parte espelhada, está representado o Corpo Físico, seu sistema nervoso, os 7 plexos, seus “chakras” correspondentes e o sistema circulatório do sangue.

O sangue venoso e o sangue arterial representam os pólos positivos e negativos.

O círculo maior destaca o Plexo Solar e o seu respectivo “chakra” umbilical.

As duas taças representam o sangue que fornece o ectoplasma.

As duas setas, uma subindo e outra descendo, simbolizam a macro-circulação.

Temos então representados o Micro-Cosmo, que é o Homem, e o Macro-Cosmo que representa seu Universo.

As estrelas simbolizam Mayanti e as nossas casas transitórias.
Kazagrande

6 comentários:

Salve Deus meu querido Mestre pelos seus ensina-
mentos. De facto infelizmente hoje nota-se muita
falta de conduta doutrinária, sobretudo por parte
de alguns mestres encarregues de ensinar esta be-
la doutrina.Vou confessar-lhe uma coisa muito in-
tima:não acredito na frase "mestre ensinando mes-
tre. Acredito sim que nós temos de aprender é
com esses queridos Seres de Luz, os nossos queri-
dos Mentores, temos de aprender com o nosso Sol interior... mas acredito que antes temos é de nos
entregar de corpo e alma a esta bendita doutrina,
termos a noção que cada vez que entramos num tem-
plo, não vamos trabalhar para nós ou para os pa-
cientes, mas sim pra esse Grande Simiromba de Deus, nosso Queridíssimo e Amado Pai Seta Branca.
Aí o nosso merecimento começa a ser maior. De qu-
alquer forma é sempre bom apredermos com quem sa-
be, e sempre com o propósito pedagógico, com amor
e não com desdém e arrogância que cada vez mais vem sendo apanágio em algumas casas.Enfim meu que
rido Mestre, que o Divino e Amado Mestre se com-
padeça de todos os seus filhos. Obrigado.
João Manuel
Portugal

Mestre, estou de fato encantada com esse blog. tantas duvidas encontro respostas, eu sou do vale do amanhecer e sinto um enorme prazer em participar dessa doutrina e ter contato com esse mundo que procurei incansavelmente! graças ao Pai Seta Branca aqui cheguei, bendigno todos os dias essa chance que recebi de me encontrar aqui.parabens pelo excelente trabalho!

Obrigada mestre, ate hoje eu achava que era simbolizando a força do sol é a força da lua.

Salve Deus!
concordo com você, se todo mundo meter na cabeça que vai trabalha para o pai Seta Branca e para Nosso Senhor Jesus Cristo você está adquirindo bônus para você.
Salve Deus.

Salve Deus!Mestre, obrigado pelo esclarecimento!

Nunca tinha reparado que o que simboliza a presença divina é bem parecido com o santissimo utilizado na igreja católica!!!Forças que se encontram e se entrelaçam.Salve Deus

Postar um comentário

Comente com amor! Construa, não destrua! Críticas assim serão sempre bem vindas.